Dragão do Mar apresenta programação semanal de 29 de setembro a 4 de outubro

28 de setembro de 2015

Zefinha Invocado

 

 

Funcionamento do Dragão do Mar

 

Geral: De segunda a quinta, das 8h às 22h; e de sexta a domingo e feriados, das 8h às 23h. Bilheteria: De terça a domingo, a partir das 14h.

 

Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco: De terça a domingo, das 14h às 22h.

 

Museus e Multigaleria: terça a sexta, das 9hs às 19hs (acesso até as 18h30); sábado, domingo e feriados das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

 

OBS.: Às segundas-feiras, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura não abre cinema, cafés, museus, Multigaleria e Bilheterias.

 

Acompanhe nossa programação também pelas redes sociais:

Facebook: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Instagram: @dragaodomar

Periscope e Twitter: @_dragaodomar

E no site: www.dragaodomar.org.br

 

 

 

? 8º ENDANCE FORTALEZA

 

Realização: Academia de Dança/ Angélica Forte

Dias 29 e 30 (terça e quarta), às 19h30, no Teatro Dragão Mar. Classificação livre. Ingressos: R$ 40 e R$ 20.

 

 

 

? Lançamento Outubro Rosa

 

Rede Mama realiza lançamento oficial da Campanha Outubro Rosa e inicia suas atividades

 

A Rede Cearense de Combate ao Câncer de Mama – REDE MAMA realizará no dia 30/09 (quarta-feira), às 16h30 o lançamento oficial da Campanha Outubro Rosa 2015. Na ocasião será feita a iluminação do espelho d’água do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura na cor rosa, bem como a apresentação da programação da Campanha. Contará, ainda, com uma apresentação musical da cantora Brenda Lima, ex – paciente.

 

Na ocasião estarão presentes as representantes das 18 associações (10 do interior do estado e 08 da capital) que compõem a REDE MAMA, bem como representantes da Prefeitura e Governo do Estado.

 

Ainda segundo o INCA, no Brasil as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, o motivo mais provável é o diagnóstico tardio. Na população mundial, a sobrevivência média após cinco anos é de 61%. Acima dos 35 anos a incidência da doença cresce de forma rápida e progressiva tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Em 2013 o número de mortos chegou a 14.388, sendo 181 homens e 14.207 mulheres.

 

Programação:

16h30 às 17h – Recepção dos Convidados com apresentação Musical da cantora Brenda Lima. – Auditório

17h – Cerimonial de Lançamento e Apresentação da Campanha Outubro Rosa 2015 – Auditório

18h – Iluminação simbólica do Espelho D’água do Dragão do Mar na cor Rosa – Arena

18h15 – Coffee Break de encerramento com apresentação Musical da cantora Brenda Lima – Arena

Dia 30 de setembro, às 16h30, no Auditório do Dragão e Arena Dragão do Mar. Gratuito.

 

 

? 9º For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual

 

Com o objetivo de fomentar a cultura LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) e gerar espaços de discussão sobre a pluralidade sexual e de gênero, o 9º For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual será realizado em Fortaleza entre os dias 1 e 8 de outubro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. A programação é gratuita e reúne destaques da produção cinematográfica mundial, incluindo vários títulos inéditos no Brasil e obras exibidas em eventos prestigiosos, como o Festival de Berlim.  

                                                          

Nesta edição, o For Rainbow traz 21 curtas-metragens e seis longas de cineastas nacionais e estrangeiros para exibição na Mostra Competitiva Internacional. Dentre os selecionados, o filme brasileiro “Beira Mar”, de Matzembacher e Reolon, selecionado na 65ª edição do Berlinale, será exibido pela primeira vez no Ceará. “Yorimatã”, de Rafael Saar, eleito o melhor documentário pelo In-Edit Brasil – 7º Festival Internacional do Documentário Musical, e “Nós Duas Descendo a Escada”, de Fabiano de Souza, também estreiam em Fortaleza. O longa-metragem sul- africano “While You Weren`t Looking”, de Catherine Stewart, e “Those People”, do diretor norte-americano Joey Kuhn, são inéditos no Brasil.   

                                                                               

Este ano, a curadoria dos filmes foi feita pelo produtor, diretor e roteirista Ricky Mastro; pelo editor da revista Teorema Marcus Mello; e pela realizadora Lilia Moema Santana. Os filmes selecionados para a Mostra Competitiva irão concorrer em 13 categorias ao prêmio Açucena. O júri será presidido pela professora e cineasta Karla Holanda.  Os jornalistas André Bloc e Cynthia Garcia Calvo; o cineasta e professor Joe Pimentel; e a cineasta e roteirista Janaína Marques também integram o júri do 9º For Rainbow.  

 

O Troféu Artur Guedes será entregue aos homenageados dessa edição: a cantora e compositora Angela Ro Ro; o ator, dramaturgo e diretor teatral Ricardo Guilherme; o fotógrafo Tiago Santana; e o Instituto Inegra, uma organização social de mulheres negras que promove os valores étnicos, políticos e culturais das populações negras em uma perspectiva antirracista e feminista.

 

A Mostra Lilás é uma das novidades do 9º For Rainbow. O objetivo da mostra é sensibilizar o olhar do público para a luta das mulheres contra a lesbofobia, a transfobia e o machismo por meio da exibição de filmes que buscam desvendar como mulheres lésbicas e transexuais vivenciam suas relações amorosas, familiares e de trabalho. Toda a programação é gratuita.

 

O filme “Fome de Viver” (1983), do cineasta Tony Scott, é um dos destaques da mostra. Clássico dos anos de 1980, o longa-metragem é estrelado por Catherine Deneuve, David Bowie e Susan Sarandon. Além de “Fome de Viver”, “Flores Raras” (2013), de Bruno Barreto; “Vera” (1987), de Sérgio Toledo; “Acorda” (2005), de Roberta Marques; “Saudade de Andrea”, de Danielle Ellery; e “Receita para trazer o seu amor de volta” (2012), de Andrei Bessa, completam a programação da Mostra Lilás. O filme “Vera” será exibido em película 35 mm.

 

Nesta edição, o festival exibe também a Mostra Avante, uma sessão especial que traz quatro curtas-metragens da Avante Filmes, uma produtora de Porto Alegre liderada por Filipe Matzembacher e Marcio Reolon. Após a sessão, haverá debate com os cineastas.

 

Paralela à programação do Dragão do Mar, o 9º For Rainbow, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, irá exibir uma Mostra Educativa nos bairros Conjunto Ceará, Bela Vista, Pio XII, Grande Jangurussu, Pirambu e José Walter. As sessões serão seguidas de debates com a população sobre a temática LGBT e sobre direitos humanos.

 

Além das mostras cinematográficas, apresentações de dança, teatro e música compõem a programação do 9º For Rainbow.  Durante o festival, teremos os espetáculos “Histórias Compartilhadas”, com o ator Ari Areia, e “Balões, Eu te amo”, do grupo Cangaias Coletivo Teatral. A artista plástica Lana Benigno expõe “Uns e Outras”, uma série de retratos pintados, costurados e bordados de pessoas conhecidas e anônimas. Entre as atrações musicais, o destaque é a cantora Angela Ro Ro, que se apresenta na abertura do evento. Na festa de encerramento, a atriz Elke Maravilha divide o palco com o grupo cearense Samba de Rosas. Também animam as noites do For Rainbow os grupos The Crazy e The Dillas, além da seresta de Mariana Brandão com Mulher Barbada e Macaúba do Bandolim.

 

Realizado anualmente desde 2007 e concebido como um evento político, educativo e cultural, o festival vem se consolidando como um dos mais importantes relacionados à temática LGBT do Brasil, com uma média de público de cinco mil pessoas por ano. Segundo a diretora executiva do evento, a jornalista e cineasta Veronica Guedes, a cada ano o For Rainbow agrega um maior número de parceiros, abrangendo as mais diversas manifestações de sexualidade e promovendo um debate qualificado sobre o assunto. “Já não podemos mais dizer que o nosso público é apenas LGBT e essa é uma conquista significativa e potente na luta pela diminuição do preconceito”, afirma Veronica.

 

O For Rainbow é uma realização do Cenapop – Centro Popular de Cultura e Eco-cidadania, ONG que atua no fortalecimento das lutas populares e na disseminação de conhecimentos da realidade sócio ambiental, cultural e histórica das comunidades excluídas.  

 

 

Lista completa dos filmes selecionados para a Mostra Competitiva Internacional:

 

 

Curtas internacionais

                   

“1 mes y 2 días”, de Silvana Lopa (Argentina)

 “Pulsión Sangrienta”, de Gerard Tusquellas Serra (Espanha)

“Schleierhaft”, de Tim Ellrich (Alemanha)

“Shift”, de Maria Cecilia Puglesi (Estados Unidos)

“Havva”, de Guclu Aydogdu (Turquia)

“Tomorrow”. de Leandro Tadashi (Estados Unidos)

“Tant Pis”, de Bruna Rodrigues (França)

“Technical Difficulties of Intimacy”, de Joel Moffett  (Estados Unidos)

“Passionpanther”, de Anna Katalin Lovrity (Hungria)

“Résurgence Commode”, de Guillaume Levil (França)

 

 

Curtas brasileiros

 

“Chanson d’amour”, de Renata Prado (RJ)

“Noturna”, de Nivaldo Vasconcelos (AL)

“Como era gostoso meu cafuçu”, de Rodrigo Almeida (PE)

“Virgindade”, de Chico Lacerda (PE)

“De Terça pra Quarta”, de Victor Costa Lopes (CE)

“De que lado me olhas”, de Elena Sassi e Carolina de Azevedo (RS)

“Amor suspenso”, de Charles  Daves (RJ)

“Arianas”, de Hylnara Anny Vidal Oliveira (CE)

“Lovedoll”, de Debora Zanatta e Estevan de la Fuente  (PR)

“Javaporco” de Will Domingos e Leandro das Neves (RJ)

“Dudu está solteiro”, de Roberto Limberger (SP)

Longas-metragens internacionais

“Naomi Campbell”, de Nicolás Videla e Camila José Donoso (Chile, 2013)

“While You Weren`t Looking”, de Catherine Stewart (África do Sul, 2015)

“Those People”, de Joey Kuhn (Estados Unidos, 2015)

Longas-metragens brasileiros

“Beira Mar”, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon (RS, 2015)

“Nós Duas Descendo a Escada”, de Fabiano de Souza (RS, 2015)

“Yorimatã”, de Rafael Saar (RJ, 2014)

 

Programação completa www.forrainbow.com.br

 

>> De 1 a 8 de outubro > Programação: www.forrainbow.com.br > Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco > Gratuito

 

Assessoria de Comunicação: Isadora Rodrigues (9 9723.3262)

 

 

? Polifonias [Temporada de Arte Cearense]

 

Com Flor Amorosa e Mel Mattos

 

Duas bandas, dois shows.

 

Flor Amorosa // Formado por Letícia Martins (violão 7 cordas), Clarisse Aires (flauta transversal), Clara Galvão (cavaquinho), Fabi Brogliato (pandeiro, flauta e percussão) e Gigi Castro (violão 6 cordas), o Flor Amorosa comemora seus dois anos de existência com o show “A quem interessar possa”. Passeando pela sonoridade do choro, o grupo recria clássicos de Jacob do Bandolim, Ernesto Nazareth, Waldyr Azevedo, Altamiro Carrilho, Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha, mas dialoga também com a complexidade sonora de Guinga, com o choro-canção de Tom Jobim e com a erudição de Villa-Lobos (Choro n.1). Sem descuidar de seu contexto e lugar, traz também no repertório a presença do cearense Tarcísio Sardinha, assinando alguns arranjos e composição, além da nova geração representada pela obra de Agenor Pereira e Alisson Félix. O show traz figurinos de Nélida Aires e, ainda, algumas surpresas, como o texto de Clarice Lispector e trechos cantados que compõem a cena musical em construção ao longo desses dois anos. O grupo, integrado por estudantes e profissionais, também oferece aulas-show numa proposta socioeducativa, com dinâmicas de musicalização e oficinas de arte que visam a aproximação do público (sobretudo estudantil) ao universo artístico.

 

Contato: Karel Guerra 98700.6834 // 99994.0938 (koisaetaoproducoes@gmail.com)

 

+

 

Mel Mattos // A cantora Mel Mattos apresenta no Projeto Polifonias, sua mais recente pesquisa musical que resultou no CD Démodé?. O álbum será lançado até o fim de 2015 e foi Inspirado no “Cassino do Chacrinha”, por sua maneira democrática e plural de lidar com sons e estéticas.

 

Para o show no Dragão, Mel Mattos presenteará o público com uma grande audição desta vasta pesquisa e mostrará a miscigenação dessa sonoridade musical resgatando clássicos da música popular e também novos experimentos.  Os arranjos e gêneros trarão uma mistura que sintetiza, principalmente, um Brasil que se transforma pelos acessos das pessoas a outras culturas. Por isso, a cantora intitulou esse novo momento de sua carreira, como parte da Música Global Brasileira – MGB, que vai para além de rótulos.

 

Com todo seu carisma, Mel convida o público para ouvir sua MGB, que terá desde Samba com guitarras de Jazz, Arroxa com Clássico, Tango com rock e brega, reggae com xote, guitarradas do Pará com soul e por aí vai.

 

Contato: Dado Fernandes (85) 986058181 ou Gigi Borges (99825-0000)

 

>> Dia de 2 de outubro de 2015, às 20h, no Anfiteatro. Gratuito. Livre

 

 

? 5° TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará

 

(Programação geral e sinopses de espetáculo com a assessoria do Festival)

 

Um público bem especial vai marcar a abertura do 5° TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará, que começa na próxima sexta-feira, dia 02 de outubro, em Fortaleza. Na plateia do Teatro Dragão do Mar, bebês e crianças com no máximo 4 anos de idade, cada um acompanhado por um adulto. Em cena, a Companhia La Casa Incierta, criada pelo diretor teatral espanhol Carlos Laredo e pela atriz brasileira Clarice Cardell.  Atualmente residente em Brasília, o grupo é precursor em Teatro para bebês, na Espanha, onde realizou oito edições do Ciclo Internacional de Teatro para a Primeira Infância “Rompiendo el Cascarón”. O espetáculo é “A Geometria dos Sonhos”, com apresentação no dia 02 (sexta-feira) às 9h e 10h30 e no dia 03 (sábado) às 16h e 17h30.

 

Com o tema “Lugar de criança é em todo lugar”, o 5° TIC acontece de 2 a 12 de outubro em Fortaleza e de 9 a 11 em Sobral, com atrações do Brasil, Argentina, Espanha, França e Japão. Em Fortaleza o TIC acontecerá no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Theatro José de Alencar, CAIXA Cultural Fortaleza, Sesc Senac Iracema, Estoril, Bom Jardim e, em Sobral, no Theatro São João.

 

O festival apresenta narrativas pertinentes à família contemporânea, buscando revelar as inovações do teatro infantil, com espetáculos de alta qualidade que quebram paradigmas e inspiram novas iniciativas. Apresentada pela Vivo e com o patrocínio do Governo Federal, CAIXA, Cagece e Coelce, esta edição do TIC terá 40 apresentações de programação 100% gratuita, com sessões especiais para creches e escolas e com audiodescrição e intérpretes de libras, democratizando o acesso à cultura para a infância, conquistando novas plateias e fidelizando o público.

 

INTERNACIONAIS EM CENA – O TIC recebe este ano cinco atrações internacionais. Além da Cia La Casa Incierta, o festival recebem do Japão o artista Senmaru Maruichi, da companhia Edo-Daikagura, que explora técnicas de malabares tradicionais do país. Da França vem a Cia Blizzard Concept, com a “Ópera de Cabelos Secos”, uma obra leve e límpida, apesar de perturbadora, intelectualizada e às vezes primitiva. Também da França vem a Cia Act2, com o espetáculo de dança “Miravella”, que transporta o público a um mundo primitivo onde formas e movimentos conduzem às nossas origens e exploram nosso lado animal. “Molavin” é o espetáculo do ator, palhaço, diretor e professor Tato Villanueva, da Argentina, que desenvolve sua carreira com trabalhos que mesclam clown, palhaço, teatro de rua e diferentes técnicas circenses.

 

NACIONAIS – Artistas do Ceará, Pernambuco e São Paulo se apresentam nesta edição do TIC. De São Paulo, Chica e Olga Ateliê de Criações apresenta “Em Busca do Ingrediente Secreto”. De Pernambuco, o festival recebe o show das Fadas Magrinhas, musical que mistura brincadeiras, sapateado, dança e circo, e a Cia Meias Palavras, com dois espetáculos, “As Travessuras de Mané Gostoso” e “Seu Rei Mandou”. Antes de cada apresentação, a Cia Meias Palavras, fará no Sesc Senac Iracema um espaço de leitura, com a intenção de promover e partilhar com as crianças, pais e espectadores os livros de literatura que serviram e servem de inspiração para as criações de seus espetáculos.

 

DUAS ESTREIAS – Duas companhias cearenses estreiam espetáculos no 5° TIC: “Ogroleto”, do Pavilhão da Magnólia, grupo que comemora 10 anos de atividade em 2015, e “A Fábula do Monturo Velho”, da Trupe ‘Caba de Chegar, que festeja 25 anos de atuação no teatro de rua. Também do Ceará se apresentam nesta edição o Coletivo Cambada com “Quem tem medo do escuro?” e Teatro Máquina, apresentando “João Botão”.

 

FILMES – Uma parceria entre TIC e o comKids traz ao festival filmes de curta-metragem do Brasil, Alemanha e Argentina, reconhecidos por sua qualidade. O comKids é uma iniciativa para a promoção e a reflexão sobre os conteúdos digitais, interativos e audiovisuais de qualidade para crianças e adolescentes, a partir de pressupostos de responsabilidade social, desenvolvimento cultural e economia criativa no Brasil e na Ibero América. A mostra acontecerá de 10 a 12 (sábado a segunda), no Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco.

 

FORMAÇÃO – Como um dos eixos de ações do festival, a troca de saberes acontece por meio de oficinas, workshops e palestras gratuitas destinadas a profissionais das artes para a infância. O programa de formação conta com Oficina de Teatro para Bebês, com Carlos Laredo (Espanha); Workshop ComKids – Conteúdos Audiovisuais, Digitais e Interativos para a Infância, com Beth Carmona e Vanessa Fort (SP); Palestra Mídia e Infância, com Beth Carmona (SP); Conversas da Ribalta – Bate-papo com elenco da Cia Meias Palavras (PE); Workshop de Percussão para Crianças, com As Fadas Magrinhas (PE); e Workshop de Os Desafios do Teatro Infantil, com Pavilhão da Magnólia (CE).

 

25 ANOS DO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – Esta edição faz uma referência aos 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que defende os direitos da criança, entre os quais, o acesso à cultura. O 5º TIC convoca às crianças a ocuparem o seu lugar na sociedade e reconhecerem-se como cidadãos de direitos, como o direito ao brincar, à convivência familiar e comunitária e à cultura.  São direitos assegurados no ECA, cujo aniversário poderia ser celebrado com a devida alegria se o lugar da criança tivesse saído mais do papel e invadido a sociedade e os poderes governamentais. Porém, o TIC acredita que este sonhado lugar das crianças está garantido. Ele está em um lugar onde tudo é possível: o teatro.

 

FESTIVAL TIC – Criado em 2011, o TIC promove novas formas de pensar e fazer a arte para a infância, com a proposta de quebrar velhos paradigmas e preconceitos em torno dessa linguagem que a perseguem há anos. A quinta edição é apresentada pela Vivo, tem como patrocinadores Governo Federal, CAIXA, Cagece e Coelce. Apoio Cultural: Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura. Parceria: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e Porto Iracema das Artes. É uma realização do Instituto Seara de Cultura e Desenvolvimento e promoção da Invento Produções Culturais.

 

SERVIÇO – 5º TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará – De 02 a 12 de outubro em Fortaleza e de 09 a 11 em Sobral. Informações: (85)3048.6077 / fest.teatroinfantil@gmail.com. Site: www.festivaltic.com.br. t: @inventocultural. f: TIC – Festival de Teatro Infantil do Ceará.

 

ENDEREÇOS – CAIXA Cultural Fortaleza: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema – Fortaleza. Tel: : (85) 3453-2770. Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura: Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema – Fortaleza. (85) 3488-8600. Theatro José de Alencar: Rua Liberato Barroso, 525, Praça José de Alencar, Centro – Fortaleza. (85)3101.2583. SESC SENAC Iracema: Rua Boris, 90 – Praia de Iracema – Fortaleza. Tel: (85) 3252-2215. Estoril: Rua dos Tabajaras, 359 –  Praia de Iracema. Theatro São João (Sobral): Praça São João, nº156– Centro – Sobral. Tel: (88)3611-2430.

 

ATENDIMENTO À IMPRENSA:

 

DÉGAGÉ – Assessoria de Imprensa do TIC

Sônia Lage e Eugênia Nogueira

85-3252.5401 / 99989.587 (Sônia)

degage@degage.com.br / degagecomunica@gmail.com

t: @degage_imprensa / f: degageassessoria

Setembro /2015

 

ALGUNS LINKS DE VIDEOS. MAIS VIDEOS NO ARQUIVO EM ANEXO.

 

NOME DO ESPETÁCULO: Ópera de Cabelos Secos

https://www.youtube.com/watch?v=w3TEAaIejck&feature=youtu.be

 

NOME DO ESPETÁCULO: Em Busca do Ingrediente Secreto

https://www.youtube.com/watch?v=O4_8CXXbwi8

 

NOME DO ESPETÁCULO: Senmaru Maruichi

https://www.youtube.com/watch?v=6EW-ECEDZrk

 

NOME DO ESPETÁCULO: Molavin

https://www.youtube.com/watch?v=2a9Xgvy-Jaw

 

 

? Pôr do Som – Música de Câmara no Dragão

 

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura apresenta ao público uma programação para encher de boas vibrações o fim de tarde por aqui. É o projeto semanal Pôr do Som – Música de Câmara no Dragão que, todos os sábados, às 17h, traz em apresentação gratuita um grupo de instrumentistas da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (Osuece), na Arena Dragão do Mar.  Nesta edição, confira o Clarinete Brasileiro de Giltácio Santos.

 

No Pôr do Som, os grupos de câmaras (música erudita composta para um pequeno grupo de instrumentos ou vozes) oriundos da OSUECE, com formações variadas, mostrarão um repertório variado de música de concerto de câmara de vários compositores cearenses, brasileiros e de outras nacionalidades. Serão apresentados até canções imortalizadas pelo cinema e músicas que compõem as trilhas de jogos de videogame, entre outras surpresas. Confira a programação do mês:

 

>> Todos os sábados, às 17h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.

 

Contato: Alfredo Barros (9651-8563 / 8818-0120 / alfredo.barros@uece.br)

 

 

? Encontro Cearense de Malabarismo

 

Realização: Espaço Harmônico e Companhia Plural de Artes Cênicas

 

Venha curtir música eletrônica, aprender malabares sob as orientações de monitores e ainda assistir a um show de malabares de fogo.

 

>> Dia 3 de outubro de 2015, das 17h às 20h30, na Praça Almirante Saldanha. Gratuito.

 

 

? Circula no Ponto [Temporada de Arte Cearense]

 

Espetáculo teatral A Triste Partida

 

Cia Deus Baco de Teatro

 

“A Triste Partida” é uma comédia com texto resultante das oficinas de teatro e poesia do Ponto de Cultura Talento Jovem de Acopiara/CE. Retrata a história de uma família que é obrigada a deixar sua terra em busca de melhores condições de vida no sul do país.  

 

O texto “A Triste Partida” é baseado em poemas de Patativa do Assaré e do Cordelista Moreira de Acopiara. O espetáculo traz músicas cantadas pelos próprios jovens, coreografias e poesias que encantam o público por onde passa.

 

O espetáculo foi vencedor de cinco prêmios no XXII FETAC – Festival de Teatro Amador de Acopiara, realizado em outubro de 2011, e surgiu como representação cênica crítica das dificuldades sofridas pelos nordestinos em consequência da seca.

 

>> Dia 3 de outubro de 2015, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite. Gratuito.

 

Contato: 88 9624.2107

 

 

? Lançamento Prêmio da Música Underground

 

Noite de lançamento com os grupos condecorados em 2014

 

O Prêmio da Música Underground Cearense é uma premiação de música alternativa cearense que dará reconhecimento público ao mérito dos artistas da música fora do eixo e dos padrões comerciais predominantes no Ceará. O Prêmio MUCE teve sua primeira edição em 2014, no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

 

O evento foi idealizado pelo músico, produtor cultural e apresentador Cleyton Canino, guitarrista e vocalista da banda autoral Canino Song, na estrada desde 1998, e realizado com o apoio de seus parceiros nesta segunda edição, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e o CCBNB. O Prêmio MUCE tem o objetivo de exaltar através do reconhecimento público e resgatar o orgulho dos artistas, músicos, grupos musicais, produtores artísticos e de toda a sociedade cearense pela sua produção musical alternativa cearense e seus atores.

 

 

Links:

 

Compacto da noite https://www.youtube.com/watch?v=MFZZx7LSUJs

Lançamento do prêmio MUCE 2014 https://www.youtube.com/watch?v=RNoBXzEH6P0

>> Dia 3 de outubro, das 19h30 às 23h30, no Anfiteatro. Gratuito. 18 anos.

 

 

? Sax in Cena [Circuito de Música Erudita]

Primeiro quarteto de saxofones profissional do Ceará, o Sax in Cena apresenta obras de compositores franceses e peças de Alberto Nepomuceno.

>> Dia 4 de outubro de 2015, às 18h, no Auditório. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia).

 

 

? Lançamento de Disco [Temporada de Arte Cearense]

Dona Zefinha

CD Invocado que só!

O programa Lançamento de Discos, da Temporada de Arte Cearense do Dragão do Mar 2015, promove o lançamento-show Invocado que Só! no Dragão, da Banda Dona Zefinha. O show terá a participação especial da cantora e dançarina Fanta Konatê, da Guiné Conacri, e do compositor e cantor Messias Holanda, mito do forró orgânico cearense, homenageado na ocasião pelo projeto Invocado, dentro do propósito de curtir e pensar a música brasileira na atemporalidade dos seus intercâmbios afetivos e de diversidade inventiva.

 

Diante da crise no mercado fonográfico, a circulação do disco no Brasil passou a ser reforçada com a produção de CDs voltada ao apelo promocional de shows, mas nessa busca adaptativa vem ganhando corpo também as publicações que unem textos e fonogramas, como é o caso do livro-cd Invocado – Um jeito brasileiro de ser musical (Armazém da Cultura), de Flávio Paiva, com ilustrações musicais interpretadas pela Banda Dona Zefinha.

 

O espetáculo Invocado no Dragão, que será apresentado no domingo, dia 4/10, às 19h30, no Anfiteatro do Dragão do Mar, dialoga com música, dança, circo, teatro e literatura e tem direção musical do produtor paulistano André Magalhães e direção artística de Orlângelo Leal. A entrada tem o preço de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e o livro-cd Invocado – um jeito brasileiro de ser musical (Armazém da Cultura), de Flávio Paiva, com 256 páginas, incluindo CD acústico gravado pela Banda Dona Zefinha, estará à venda no local por R$ 55.

 

O jornalista Maurício Kubrusly, incentivador do Projeto Invocado, e que viu no Itaú Cultural a mais recente apresentação da Banda Dona Zefinha na capital paulista, com as participações das cantoras Suzana Salles e Fanta Konatê e sua Troupe Djembedon, escreveu no Facebook: “O melhor espetáculo em São Paulo em muitos anos…”.

 

Em Fortaleza, o repertório do Invocado no Dragão segue também com base nas músicas do CD, que é a capa do livro, em um divertido e reflexivo cancioneiro, que se estende de Alberto Nepomuceno a Abidoral Jamacaru, passando por Messias Holanda, Petrúcio Maia, Evaldo Gouveia, Neo Pinel, Luís Fidelis, Xerém, Flávio Paiva e Orlângelo Leal. E, claro, com um algo mais ao vivo de Messias Holanda.

 

>> Dia 4 de outubro de 2015, às 19h30, no Anfiteatro. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia).

 

Contato: Casa de Teatro Dona zefinha (3459-0096 / 99867-0007 / marciozefinha@gmail.com)

 

 

 

// PROJETOS SEMANAIS DO DRAGÃO

 

 

? Fuxico no Dragão

 

Atrações artísticas e uma feirinha com vinte expositores de produtos criativos agitam as tardes de domingo no Dragão.

Todo domingo, das 16h às 20h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.  

 

 

? Feira Dragão Arte

Feira de artesanato fruto da parceria com Sebrae-CE e Siara-CE.

Todas as sextas, sábados e domingos, das 17h às 22h, ao lado do Espelho D’Água. Acesso gratuito.  

 

 

? Brincando e Pintando no Dragão do Mar

Brincadeiras e atividades infantis para todas as idades orientadas por monitores.

Todos os domingos, das 16h às 19h, na Praça Verde. Acesso gratuito.

 

 

? Planeta Hip Hop

Grupos promovem exibições de dança e música hip hop.

Todos os sábados, às 19h, na Arena Dragão do Mar.

 

 

 

// VISITE NOSSAS EXPOSIÇÕES

 

? Exposição Desface // Projeto Peliverso: Livro de Cabeceira – Arco II [Temporada de Arte Cearense]

 

Por Felipe Camilo

Depois de preencher corpos de mulheres com poemas de Manoel de Barros, Jáder de Carvalho e Paulo Leminski, o fotógrafo Felipe Camilo ilustra textos de diários e post de Facebook de seus modelos nas paredes de casas abandonadas de Fortaleza e outros lugares ermos.

 

A exposição “Desface” é o segundo arco de produção do projeto Peliverso: Livro de Cabeceira e está em cartaz na Multigaleria do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, no mês de setembro. O projeto foi selecionado pelos Editais Culturais 2015/2016, do Instituto Dragão do Mar, e compõe a Temporada de Arte Cearense do Dragão.

 

Por meio de sobreposições, associações, justaposições entre casas, quintais e cemitérios, a série de imagens sugere uma bioficção, um passeio quase desinteressado do artista que flana através daquilo que os fotografados descrevem como fragmentos de ‘suas vidas’. Em meio a faces em retratos, a proposta da exposição é disfarçar para revelar.

 

A exposição é uma realização do Coletivo Pã, Trama de Olhares e Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Acesso Gratuito.

 

Em cartaz até 30 de setembro, na Multigaleria. Visitação: terça a sexta-feira, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

 

 

? A Conversa Infinita [Criadores em Cena]

 

A exposição surge a partir de um diálogo com a obra homônima de Maurice Blanchot. No livro, o autor aborda o cansaço como experiência-limite que rearticula toda a ideia de experiência. “Como o cansaço pode montar armadilhas, reconfigurando nosso modus operandi”, numa sociedade hiper-acelerada, monitorada e controlada, marcada pela depressão e pelo estresse?

 

O trabalho é uma zona de confluência entre as várias trajetórias do artista-realizador, Alexandre Veras, atravessadas pela mais intensa delas: a formação dentro do projeto Criadores em Cena, do Porto Iracema das Artes. A partir dessa experiência de criação colaborativa, foram constituídos métodos de formação ligados ao fazer prático e teórico, onde a transversalidade é peça chave de aprendizado em um processo de invenção ético-estético.

 

Em cartaz até dia 11 de outubro, no Museu de Arte Contemporânea do Ceará.

 

 

? Vaqueiros

 

Exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro.

Exposição de longa duração.

 

 

? Sobrenaturezas Sobnaturezas

 

Une os acervos do Museu da Cultura Cearense e do Museu de Arte Contemporânea para apresentar um recorte da arte popular cearense, marcada pela riqueza e diversidade do seu artesanato e forte expressão do imaginário social.

 

Traz 67 trabalhos de artistas como Racar, Antonio Bandeira, Nino, Manoel Graciano, Mestre Chico, Beto, Abraão Batista, Cícera Lira, Luiz Hermano, Mestre Alencar e Chico da Silva.

 

Exposição de média duração.

 

 

? A Palavra e o Traço

 

Com curadoria da historiadora Valéria Laena, retrata vida e obra do arquiteto, urbanista e compositor cearense Fausto Nilo. Autor de mais de 400 composições interpretadas por grandes nomes da música brasileira – como Moraes Moreira, Gal Costa e Fagner –, Fausto Nilo é também o responsável, junto de Delberg Ponce de Leon, pelo projeto arquitetônico do Centro Dragão do Mar. A vernissage terá ainda apresentação musical em homenagem ao artista.

 

Exposição de média duração.

 

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DOS MUSEUS

 

Terça a sexta-feira, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30).

 

 

// PLANETÁRIO

O Planetário Rubens de Azevedo é um espaço de entretenimento e formação pedagógica através de caráter transdisciplinar em Astronomia. Atualmente, o Planetário está realizando sessões de sexta a domingo, com sessões às 19h e 20h.

 

Sessões às sextas, aos sábados e domingos:

19h – Sessão: O ABC do Sistema Solar – sessão infanto-juvenil

20h – Sessão: Origens da Vida – sessão juvenil-adulto

Ingressos: R$ 8 e R$ 4 (meia). Não é recomendada a entrada de crianças com menos de 7 anos sem o acompanhamento do adulto responsável.

 

 

28.09.2015

 

Luar Maria Brandão
Assessoria de Comunicação
Instituto Dragão do Mar (Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Centro Cultural Bom Jardim e Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho)
Telefones: 85 3488.8625/ 8970.8081

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias

 

Coordenadoria de  Imprensa do Governo do Estado do Ceará
Casa Civil