Diálogos Culturais: desenvolvimento da cultura é discutido em Sobral

15 de outubro de 2015

O auditório principal do Centro de Educação a Distância, no bairro Derby, em Sobral, ficou lotado, na tarde desta quarta-feira (14), para o “Diálogos Culturais – Vale do Acaraú”, promovido pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), com a participação de artistas, produtores, secretários de Cultura e articuladores culturais de 18 dos 20 municípios da região.

 

O secretário da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio, e diversos integrantes da equipe da Secult dialogaram diretamente com a comunidade artística e cultural das várias cidades do Vale do Acaraú, debatendo as ações e os projetos da Secult, colhendo sugestões, críticas e contribuições e discutindo prioridades para a política cultural do Estado.

 

Participaram dos debates secretários de Cultura dos municípios de Sobral, Varjota, Forquilha, Coreaú, Cariré, Reriutaba, Groaíras, Meruoca, Santana do Acaraú, Pacujá e Frecheirinha. Outras cidades da região também contaram com representantes no evento, aberto com falas do secretário da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio, da secretária da Cultura de Sobral, Eliane Leite. O encontro contou com transmissão ao vivo, pelo site da Secult (www.secult.ce.gov.br) e pela página da Secretaria no Facebook.

 

O prefeito de Sobral, Clovodeu Arruda, ressaltou a satisfação em receber o encontro e parabenizou a Secult pela iniciativa. “A Secretaria acerta na proposta, que não é levar cultura para o Interior. É animar a vasta produção cultural e artística que já existe no Interior. Aqui somos vários municípios na região, e foi necessário você vir aqui, Guilherme, com os Diálogos Culturais, pra gente poder debater juntos políticas para a cultura, para todo os municípios da região”, declarou.

 

Agradecendo pela acolhida de todos aos Diálogos Culturais, Guilherme Sampaio destacou a necessidade e a disposição para promoção de ações conjuntas, inclusive reestruturando o Fórum de Cultura do Vale do Acaraú. “Temos a necessidade de um espaço permanente de diálogo também aqui na região, como teremos em outras. Precisamos estar juntos, colaborar uns com os outros”, ressaltou o gestor, citando a possibilidade de formação de consórcios entre os municípios, para otimização dos recursos e ampliação das ações da política cultural.

 

O secretário destacou o compromisso assumido pelo Governo do Estado em elevar o investimento em cultura para o equivalente a 1,5% do orçamento do Executivo estadual, sintetizou as ações da pasta até o momento e ressaltou que todos os editais lançados até o momento pela Secult contaram com recursos reajustados no percentual da inflação e tiveram pagamentos liberados em três semanas após celebrado cada convênio. Também enfatizou a permanente oferta de programação de qualidade, formada em sua maioria por artistas cearenses e contando com entrada franca, nos 15 equipamentos culturais da Secult.

 

Novas ações da Secult

 

Guilherme apontou ainda novas ações da Secult que beneficiarão municípios da região, como o Birô Ceará Criativo, o projeto “Circula Ceará” (que promoverá espetáculos de teatro, circo, música e dança em Alcântaras, Frecheirinha, Sobral e Varjota), o Programa de Formação em Artes Cênicas (que atuará em Sobral) e o Programa de Modernização de Bibliotecas e Implementação do Setor Braille, contemplando bibliotecas nos municípios de Graça, Groaíras, Santana do Acaraú e Sobral, em parceria com o Ministério da Cultura.

 

 

Debates simultâneos

 

Nesta edição, o “Diálogos Culturais” contou com uma metodologia diferenciada. Os participantes da reunião na cidade de Sobral foram divididos, inicialmente, em três grupos. O primeiro é composto por integrantes de ONGs, Pontos de Cultura e instituições de ensino superior. O segundo, por representantes de secretarias, fóruns, conselhos e fundações de cultura. O terceiro, por profissionais da Cultura, artistas, técnicos, grupos, coletivos e mestres da Cultura.

 

Após as reuniões em grupo, os participantes voltaram ao auditório, trazendo propostas, dúvidas e sugestões para o debate com o secretário Guilherme Sampaio e a equipe da Secult.

 

Respondendo a perguntas, o secretário apontou que o prazo de inscrição do Edital Mecenas do Ceará não será prorrogado, em decisão tomada para garantir que os produtores possam começar a captação de recursos ainda em 2015) e garantiu a realização do Festival Música na Ibiapaba 2015, demanda apresentada pelos participantes do “Diálogos”.

 

 

Artistas e produtores: participação intensa

 

A Banda de Música de Sobral, sob regência do maestro Diego Melo, recepcionou o público dos Diálogos Culturais. Muitos artistas e produtores atenderam ao chamado e participaram das discussões. Entre eles, os músicos José Brasil, Jhow do Hip-hop, Edu Asaf, Kelly Brasil, Régis Brito e Kaleb. Jardel, do movimento junino. O comunicador Adonias Alves. A produtora cultural Maria Carvalho. Telma Mendes, integrante do Instituto Ecoa.

 

Também participaram agentes da cultura como Marcelo (presidente da Associação de Arte e Cultura Flor de Mandacaru, de Cariré), Francisco Silva (do Instituto Teias da Juventude), Romualdo Teixeira, produtor cultural, e Breno, integrante da ONG Projeto Vida.

 

 

Próxima edição no Vale do Jaguaribe, dia 29/10

 

A próxima edição do “Diálogos Culturais” acontece no Vale do Jaguaribe, sediada no município de Russas, no dia 29/10. O evento também contará com transmissão ao vivo, pelo site e pelo Facebook da Secult, e com uma grande reunião de secretários de Cultura, artistas, produtores e articuladores de toda a região.

 

 

15.10.2015

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará
(85) 3101.6761

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias

  

Governo do Estado do Ceará
Coordenadoria de  Imprensa – Casa Civil