Tocha olímpica deve passar por 15 cidades do Ceará

16 de outubro de 2015

 

O governador Camilo Santana, o ministro do Esporte, George Hilton, e o ministro das Comunicações, André Figueiredo,realizaram na manhã desta sexta-feira, o encontro preparatório de organização para o revezamento da tocha olímpica das Olimpíadas do Rio 2016 no Ceará. Na reunião, que aconteceu no Palácio da Abolição, em Fortaleza, foram discutidas ações municipais, estadual e federal para logística e segurança da passagem da tocha olímpica nas 15 cidades cearenses escolhidas para receber o símbolo. A capital Fortaleza será a porta de entrada da tocha no Estado no dia 7 de junho de 2016.

 

“Muitas são as ações que o Governo do Estado tem investido para trazer o esporte na vida, principalmente, dos mais jovens. Nós queremos transformar o Ceará em um grande polo de desenvolvimento dos esportes no Brasil. Somos orgulhosos e arretados em tudo que fazemos. Por isso, queremos mostrar para todos nossas várias vocações e talentos, dando oportunidade para os jovens e adultos que são e serão destaques em todo país”, destacou o governador Camilo Santana.

 

O Governo Federal tem organizado uma série de reuniões preparatórias em todas as capitais brasileiras, incluídas na rota de revezamento da tocha olímpica, que percorrerá cerca de 300 municípios a partir de maio do ano que vem. Nesses encontros preparatórios, são discutidas tanto a ações realizadas com a iniciativa privada, como a organização dos estados e municípios para recepcionar o evento.

 

Os municípios pré-selecionados para receber o revezamento da tocha no Ceará são Aquiraz, Aracati, Barroquinha, Camocim, Caucaia, Forquilha, Fortaleza, Granja, Irauçuba, Itapajé, Massapê e Sobral. Além destes pré-selecionados, o ministro anunciou a inclusão das três principais cidades da região do Cariri, Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha.

 

Segundo o George Hilton, ministro do Esporte, as Olimpíadas do Rio servirão para trazer o povo brasileiro para um mesmo sentimento. “A tocha deve servir para que o Brasil esteja unido com o mesmo sentimento de que vamos vencer mesmo em tempos difíceis. Precisamos dar a trégua ao sentimento de dúvidas e de pessimismo. Vamos encarar os desafios que nos cercam e levar as histórias desses atletas como exemplo para nossas vidas. Através da trajetória de perseverança e vitória, erguemos a cabeça e seguiremos em frente rumo a um Brasil de grandes conquistas”, motivou o ministro.

 

unnamed2Entre os convidados, estava presente a atleta Larissa França, eleita a melhor jogadora de vôlei de praia do mundo em 2015. “Nós estamos vivenciando um momento ímpar. Ter a emoção de disputar uma olimpíada em casa. Tivemos um ano de muitas conquistas no vôlei de praia o qual represento. Isso tudo só possível com o investimento, parceria e a estrutura dada pelas instituições. O esporte não forma apenas atletas, mas cidadãos que mudam os rumos de uma geração”, ressaltou Larissa.

 

A tocha começará o tour no Estado pela capital cearense. Para Roberto Cláudio, prefeito de Fortaleza, esta é uma oportunidade única das cidades receberem um evento de grande porte como as Olimpíadas. “Receber a tocha mostra o quanto estamos na linha de frente dos holofotes mundiais. Somos e queremos ser destaque ainda mais pela nossa hospitalidade e beleza regional. Espero que possamos receber com toda atenção que recebemos diversos eventos nacionais e internacionais”, salientou o prefeito de Fortaleza.

 

unnamed3Já no fim do evento, o ministro George Hilton fez a entrega de um certificado de “Honra ao Mérito” para o atleta de tênis de mesa em Cadeiras de Rodas, o cearense Eugênio Sales. O atleta foi homenageado pelo seu desempenho e títulos, além de integrar o programa “Bolsa-Atleta” desde o início, há 10 anos.

 

Participaram da reunião, Olavo Noleto, secretário de Assuntos Federativos da Presidência da República, os secretários Jeová Mota (Esporte), Delci Teixeira (Segurança) e Nelson Martins (Relações Institucionais), além de deputados federais e estaduais, prefeitos e secretários municipais.

 

 

Sobre a revezamento da tocha olímpica das Olimpíadas do Rio 2016

 

A Tocha chegará a Brasília, vinda da cidade de Olímpia (Grécia), no dia 3 de maio. Da capital federal ela iniciará um trajeto de 20 mil quilômetros, em comboio rodoviário, pelas cidades brasileiras. Na Amazônia e em parte do Centro-Oeste, o trajeto será por via aérea. No Ceará, a data prevista de chegada da tocha está para o dia 7 de junho. Já a chegada no Rio de Janeiro, está prevista para o dia 4 de agosto, véspera da abertura dos Jogos Olímpicos, no Maracanã. O comboio percorrerá cerca de 500 localidades, sendo cerca de 300 cidades, e que incluem as 26 capitais estaduais, além do Distrito Federal, envolvendo mais de 12 mil pessoas.

 

Qualquer um pode participar do revezamento da tocha olímpica. Basta que seja indicado por um amigo que conte o quanto a sua história faz a diferença. Para ser um condutor da Tocha, basta acessar o site do Rio 2016.

 

 

Fotos: Marcos Studart e Carlos Gibaja

 

 

16.10.2015

 

Wilame Januário
Repórter / Célula de Repoertagem

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará
Casa Civil / (85) 3466.4898