Outubro Rosa: servidores recebem palestra sobre prevenção do câncer de mama

21 de outubro de 2015

Servidores do Palácio da Abolição receberam na manhã desta quinta-feira (21) uma palestra sobre prevenção do câncer de mama, ministrada pelo médico oncologista e mastologista e coordenador do Comitê Estadual de Controle do Câncer no Ceará, Luiz Porto. A ação, realizada com o apoio da Secretaria da Saúde do Estado, faz parte da campanha “Outubro Rosa”.

Luiz Porto falou sobre a importância de se realizar exames com regularidade para que seja feito o diagnóstico precoce e o tratamento adequado na luta contra a doença. “As mulheres devem conhecer a estrutura das suas mamas e sempre que elas notarem algo estranho devem procurar um médico para saber de fato do que se trata”.

Ele reforçou que quanto mais cedo for feito o diagnóstico de um câncer de mama, maiores são as chances de cura. Além disso, ressaltou que o autoexame não substitui a mamografia, uma vez que pode levar até oito anos para que os sintomas se tornem sensíveis ao toque. “Se tem histórico familiar, a mulher deve seR MVS0597 consultar com um mastologista mais cedo. A partir de 50 anos, deve-se fazer exame de mamografia a cada dois anos. Esperamos que consigamos cobrir todo o Estado e que em poucos anos não tenhamos essa quantidade de óbitos por falta de tratamento na fase inicial”, explica.

A secretária executiva da Saúde do Ceará, Lilian Beltrão, explicou a dificuldade de conscientizar as mulheres a procurarem a prevenção e lembrou que o Estado disponibiliza estrutura para exames. “Nossa rede de policlínicas está preparada para realizar 300 mil tomografias por dia. Entretanto, atendemos apenas 80 mil mulheres por dia porque não temos demanda. É importante que as mulheres façam a prevenção, até para que, quando necessário, sejam encaminhadas para o tratamento adequado”, reforçou.

Outubro Rosa
Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, e corresponde a 22% dos novos casos de câncer a cada ano.

O movimento Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de promover a conscientização internacional sobre a doença e compartilhar informações sobre o câncer de mama.

Rede pública
Na rede pública de saúde do Ceará, o acesso a mamografias, um dos principais exames que ajudam no diagnóstico precoce do câncer de mama, foi ampliado nos últimos cinco anos, com a abertura das policlínicas regionais, construídas pelo Governo do Estado, e em funcionamento em 19 regiões de saúde, mantidas pelo Estado e os municípios através dos consórcios públicos.

R MVS0589Após avaliação de um profissional do Programa Saúde da Família, a paciente é encaminhada para a policlínica da sua região, onde tem acesso a consulta com um médico especializado e exame de mamografia, sem precisar se deslocar para a capital ou outras regiões mais distante de casa. Além das policlínicas, na rede pública do Governo do Estado, a população que mora no interior tem acesso a mamografias no Hospital Regional Norte, em Sobral, e no Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte.

Em Fortaleza, três hospitais e uma unidade ambulatorial da rede pública do Governo do Estado realizam mamografias: Hospital Geral de Fortaleza, Hospital Geral Dr. César Cals e o Hospital Geral Waldemar Alcântara e Instituto de Prevenção do Câncer (IPC).

Saiba onde ficam as unidades do Governo do Estado que realizam exames de mamografia:

Em Fortaleza:
Instituto de Prevenção do Câncer (IPC) – Rua Walter Bezerra de Sá, 58, Aldeota
Hospital Geral de Fortaleza (HGF) – Rua Ávila Goulart, 900, Papicu
Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) – Av. Imperador, 545 – Centro
Hospital Geral Waldemar Alcântara (HGWA) – Rua Dr. Pergentino Maia, 1559 – Messejana

No interior:
Hospital Regional Norte – Rua John Sanford, 1.500, bairro Junco
Policlínica Regional em Acaraú- Rua José Otacílio Martins Rocha, Monsenhor Edson Magalhães
Policlínica Regional em Aracati – Rua Armando Praça, 805, Várzea da Matriz
Policlínica Regional em Barbalha- Rodovia Leão Sampaio
Policlínica Regional em Baturité – Rua São José, s/n, Centro
Policlínica Regional em Brejo Santo – Prefeito João Inácio Lucena, 1800, Morro Dourado
Policlínica Regional em Camocim – Rua Paissandú, 2013, Centro
Policlínica Regional em Campos Sales – Rua José Alves de Oliveira, s/n, Alto Alegre
Policlínica Regional em Caucaia – CE 090, esquina com a Rua Coronel Correia
Policlínica Regional em Crateús – Avenida Sargento Hermínio, 851, Centro
Policlínica Regional em Icó – Rua Benjamim Constant, s/n, Centro
Policlínica Regional em Iguatu – Rua João Monteiro, s/n, Santo Antônio
Policlínica Regional em Itapipoca – Avenida Anastácio Braga, 2405, Cacimbas Cacimbas
Policlínica Regional em Limoeiro do Norte – Rua Napoleão Nunes Maia, s/n, bairro José Simões
Policlínica Regional em Pacajus – Rua Doca Nogueira, s/n, Centro
Policlínica Regional em Quixadá – Rua Juscelino Kubitschek, s/n, Alto São Francisco
Policlínica Regional em Russas – Rua Felipe Santiago, s/n, Centro
Policlínica Regional em Tauá – Rua Abgail Sidrão de Oliveira, 190, Colibris
Policlínica Regional em Tianguá – Rodovia CE 187, Centro
Policlínica Regional em Sobral – Av. Monsenhor Aluísio Pinto, s/n, Dom Expedito

21.10.2015

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel
selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898