Ceará mobiliza sociedade para debate sobre a educação

6 de novembro de 2015

Com a finalidade de mobilizar a sociedade para debater sobre a educação dos próximos anos, o Ceará realiza uma programação especial. Nesta segunda-feira, dia 09, das 8h às 16h30, será realizado o I Seminário Cearense sobre o Sistema Nacional de Educação e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O evento acontece no auditório Deputado João Frederico Ferreira Gomes, no Anexo II da Assembleia Legislativa (AL). É uma realização do Fórum Estadual de Educação do Ceará e do Comitê Estadual da BNCC. A Secretaria da Educação (Seduc) é responsável pelo Comitê Estadual da Base e na terça-feira, dia 10, juntamente com o Deputado Elmano de Freitas, relator do Plano Estadual de Educação (PEE) promovem nesta terça-feira, dia 10, a partir das 14h30, no Complexo das Comissões da AL, uma Audiência Pública para falar a respeito da Base Nacional.

Seminário

Pela manhã, o debate será a respeito do Sistema Nacional de Educação, um conjunto de diretrizes, metas, recursos e estratégias de manutenção e desenvolvimento direcionadas à garantia do direito à educação nos níveis da Educação Básica e Ensino Superior. O Sistema considera todas as etapas e modalidades educativas e está relacionado, sobretudo, à garantia da universalização da educação básica obrigatória dos quatro aos 17 anos, em regime de colaboração. Agora, o Brasil tem o desafio de instituir o Sistema em dois anos, que começaram a ser contados a partir da publicação da Lei do novo Plano Nacional da Educação – PNE.

Já no período da tarde, o tema será a Base Nacional Comum Curricular que definirá o que cada estudante deve aprender em cada etapa da Educação Básica, para que possa se desenvolver como pessoa, se preparar para o exercício da cidadania e se qualificar para o trabalho. A proposta preliminar foi apresentada em setembro passado pelo MEC e encaminhada para discussão em todos os Estados. O documento foi elaborado por especialistas, sob a coordenação do MEC. Inclusive, o Ceará participou desse estudo com cinco profissionais da área educacional. Até o dia 15 de dezembro, o MEC irá receber sugestões de cidadãos, escolas e instituições interessados em contribuir na redação do texto, que é um marco importante rumo à garantia de uma educação que ofereça oportunidades iguais para todos os alunos do Brasil.

Para incentivar a participação de professores, profissionais fundamentais no sistema educacional, o Movimento Pela Base Nacional Comum lançou ontem, dia 5, uma campanha com conteúdo e informações especialmente para esse público. ?Sabemos que o processo de elaboração da Base Nacional Comum ainda está distante do cotidiano dos professores, sendo assim, precisamos informá-los e reforçar que um currículo nacional de qualidade só será feito com a participação de quem conhece os desafios da sala de aula?, explica Alessio Costa Lima, presidente da Undime nacional.

SERVIÇO:

I Seminário Cearense sobre o Sistema Nacional de Educação e a Base Nacional Comum Curricular

Data: 09/11/2015
Horário: 8h às 16h30
Local: Auditório Dep. João Frederico Ferreira Gomes – 6° andar – Anexo II – Assembleia Legislativa
Audiência Pública para falar sobre mobilização pela Base Nacional Comum Curricular

Data: 10/11/2015
Horário: a partir das 14h30
Local: Complexo das Comissões da Assembleia Legislativa

06.11.2015

Jacqueline Cavalcante
Assessora de Imprensa da Secretaria da Educação
3101.3972 / 9 – 8845.5185

 

Ana Martins
Gestora/Célula de Monitoramento

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil / 85 3466.4898