Secretaria das Cidades apresenta projeto do Teleférico de Barbalha ao ICMBio

4 de dezembro de 2015

    O secretário adjunto das Cidades, Quintino Vieira, reuniu-se em Brasília, na manhã desta quinta-feira (3), com o Sérgio Brant, diretor do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)  para tratar sobre a construção de um teleférico no município de Barbalha. O equipamento tem como objetivo estimular o crescimento da atividade turística, possibilitando novas oportunidades para o desenvolvimento regional da região Sul do Ceará. Para tratar das questões envolvendo o meio ambiente, também esteve presente o superintendente estadual do Meio Ambiente, Ricardo Araújo Lima.

    Durante o encontro, o secretário apresentou o projeto do teleférico para o diretor do Instituto e solicitou autorização de uso de terras da União da Floresta Nacional do Araripe (Flona). O ICMBio se comprometeu a analisar o pedido e responder o mais breve possível para o Estado do Ceará.

 

    Teleférico de Barbalha

    O Teleférico de Barbalha pretende interligar a Vila do Caldas ao Mirante do Cruzeiro de onde pode-se contemplar o Vale do Salamanca, Centro Histórico de Barbalha, além de permitir uma vista privilegiada da encosta da Chapada do Araripe.

    Com uma capacidade prevista de transportar 660 pessoas por hora, a estação de embarque tem seu ponto inicial no antigo Hotel Balneário da Vila do Caldas e desembarca no Cruzeiro localizado no alto da Chapada, perfazendo um percurso de 550 metros com desnível de até 146 metros.

    Localizado no Distrito do Caldas no município de Barbalha, o equipamento se apresenta como um meio de transporte de passageiros sustentado por cabos, sendo que estes por sua vez são sustentados em torres. Ele representa um meio capaz de proporcionar a interação e a contemplação da rica paisagem local.

    A intervenção do Teleférico do Caldas está totalmente inserida na Área de Proteção Ambiental (APA) da Chapada do Araripe e contida parcialmente na Flona, apenas na área destinada ao mirante e estação superior.

    SERVIÇO:

    O que o projeto contempla:

    – Estações de embarque e desembarque;

    – Passarela (Com 183m² de extensão);

    – Espaços de Contemplação (Equipados com bancos, lixeiras, totens informativos e binóculos);

    – Observatório (Destinado à observação de pássaros nativos da Chapada do Araripe);

    – Mirante (Com área aproximadamente de 177,20m²).

04.12.2015

Assessoria de ComunicaçãpSecretaria das Cidades
Sabrina Lemos: 3207-5249/ 9.8603.0556

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil / 85 3466.4898
comunicacao@casacivil.ce.gov.br    / 85 3466.4898