Adece instaura Câmara Setorial da Indústria Química

8 de dezembro de 2015

Tendo em vista a expressiva atuação e a importância da indústria química cearense, um novo órgão colegiado foi instaurado pelo Governo do Estado do Ceará, nesta terça-feira (8), com o intuito de alavancar o setor no Ceará. Na ocasião, o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Ferruccio Feitosa, lançou a Câmara Setorial da Cadeia produtiva da Indústria Química (CS Química), órgão consultivo para propor, apoiar e acompanhar projetos e ações visando o crescimento sustentável do setor no território local.

“Conversamos com alguns participantes da Câmara Setorial de Saúde e levantamos a hipótese de criar a CS Química para focar no setor, que possui tamanha importância na economia e na sociedade do Estado. Estamos criando um órgão colegiado, formado por entidades governamentais e não-governamentais, com o intuito de trazermos assuntos relevantes para o setor”, disse Ferruccio Feitosa.

Para representar a câmara no primeiro ano de atuação, podendo haver renovação de mandatos por mais 12 meses, foram eleitos presidente, primeiro e segundo secretários Marcos Soares (Sindquímica), Ricardo Sabadia (IEL) e Ronaldo Ferreira do Nascimento (UFC), respectivamente.

De acordo com Marcos Soares, a câmara já dá início às atividades elaborando um planejamento para os próximos nove anos. “Reunir indústria, Estado e academia é o tripé que desejávamos para dar um passo à frente. Hoje mesmo vamos sair daqui para elabor um mapa do setor químico no Estado até o ano de 2025. Temos aqui farmacêuticos, químicos e pessoas da área de tecnologia. Precisamos de todos esses atores para crescer”, disse.

Atualmente, o setor químico no Estado se ressalta principalmente na fabricação de fibras artificiais e sintéticas, defensivos agrícolas, produtos de limpeza, cosméticos, perfumaria, higiene pessoal e tintas têm destaque na produção cearense. Nas regiões Norte e Nordeste, o Ceará é referência na fabricação de tintas e medicamentos. De acordo com o presidente da câmara setorial, um dos objetivos avançar mais ainda na área de cosméticos e semeantes.

Entidades

Um total de 17 entidades compõe a Câmara Setorial da Cadeia produtiva da Indústria Química (CS Química). São elas: Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece); Associação Empresarial de Indústrias (Aedi); Banco do Nordeste do Brasil (BNB); Conselho Regional de Farmácia do Estado do Ceará (CRF-CE); Conselho Regional de Química 10a Região (CRC); Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC); Instituto Euvaldo Lodi (IEL); Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE); Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-CE); Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Ceará (Secitece); Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará (Sefaz); Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa); Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace); Sindicato das Indústrias Químicas, Farmacêuticas e da Destilação e Refinação de Petróleo no Estado do Ceará (Sindquímica-CE); Universidade Estadual do Ceará (UECE); Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade de Fortaleza (Unifor).

08.12.2015

Ana Beatriz Sugette
Assessora de Imprensa – Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece)
Telefone: (85) 3457-3330 / 98878-2018
www.adece.ce.gov.br
Twitter: twitter.com/adececeara
Facebook: facebook.com/adececeara

Ciro Câmara
Gestor de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil