Medula óssea: Hemoce intensifica cadastro de doadores

14 de dezembro de 2015

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em parceria com o Hospital Universitário Walter Cantídio, já realizou 254 transplantes de medula óssea, desde 2008, ano em que foi realizado o primeiro no Estado. Este ano, o Ceará superou a meta de cadastro de doadores de medula óssea. Foram aproximadamente 17 mil pessoas cadastradas no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome), um sistema criado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), para registrar as informações de possíveis doadores. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 15 mil voluntários, anualmente.

Para ampliar ainda mais as chances dos pacientes que aguardam na fila de espera por um transplante de medula óssea, o Hemoce realiza a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea, que vai até o dia 21 de dezembro. Na programação, além da mobilização para o cadastro de doadores de medula óssea em todas as unidades da hemorrede, a semana encerrará com uma confraternização natalina para os doadores, pacientes e a equipe médica de transplantes de medula óssea. O evento, organizado pelo Hemoce em parceria com o Hospital Universitário Walter Cantídio, acontecerá na próxima segunda-feira, 21, às 8h, no auditório do hemocentro coordenador, Av. José Bastos, 3390, Rodolfo Teófilo.

A chance de encontrar um doador compatível é uma em 100 mil. O advogado, William Pereira, 42, é um deles. Ele se cadastrou como doador de medula óssea em 2010 na unidade do Hemoce em Juazeiro do Norte. Este ano, foi surpreendido com a ligação do Redome informando a compatibilidade. “Eu me senti extremamente feliz por saber que a minha atitude ia ser decisiva pra salvar a vida de outra pessoa que naquele momento dependia da minha doação para sobreviver”, diz.

Para o processo de doação, a coleta da medula pode acontecer de duas maneiras: por punção direta na região da bacia, um procedimento que leva cerca de 40 minutos, ou por coleta na veia do braço em um equipamento chamado de máquina de aférese, como foi o caso do doador Willliam. “Eu não tive problema algum, foi um processo fácil, praticamente sem dor, além dos médicos e enfermeiros estarem a todo o momento me acompanhando. Eu acho que meu único arrependimento foi de não ter me cadastrado antes”, afirma.

Cada vez que um voluntário se dispõe a ser um possível doador de medula óssea, aumentam-se as chances de compatibilidade com pacientes que precisam de transplante de medula no mundo inteiro, já que as informações no Redome integram a rede internacional de registros de doadores de medula óssea.  Atualmente, o Ceará tem cerca de 150.200 doadores cadastrados. A chance de encontrar um doador compatível fora da família é mais difícil.  Por isso a importância de aumentar o número de cadastro e de pessoas voluntárias dispostas a fazer a doação.

Mais de 200 transplantes de medula óssea

O Ceará fez o primeiro transplante de medula óssea em 2008, ano em que iniciou a parceria entre o Hemoce e o Hospital Universitário Walter Cantídio, com a realização de transplantes de medula óssea autólogo – quando a medula transplantada é do próprio paciente. Em 2013, foi possível também oferecer à população o transplante alogênico, quando o tecido transplantado provém de outra pessoa, o doador. Neste ano, no dia 1º de dezembro, foi realizado com sucesso o primeiro transplante de aplasia medular do Ceará. Em sete anos, 254 transplantes de medula óssea foram feitos no Estado. Só este ano, o Ceará fez 73 transplantes de medula óssea. Desse total, 63 autólogos e 10 alogênicos. Dos doadores cadastrados no Redome, pelo Hemoce, 22 pessoas já fizeram a doação de medula e salvaram vidas de pacientes em países como França, Portugal, Estados Unidos e Argentina.  

Transplantes de medula óssea

2008 – 3
    

2009 – 7
    

2010 – 14
    

2011 – 17
    

2012 – 26
    

2013 – 56
    

2014 – 62
    

2015 – 73

 

O que é necessário para doar:

Para ser um doador de medula óssea é simples. Basta ter entre 18 e 55 anos de idade, estar bem de saúde, não ter tido câncer e apresentar documento de identidade e comprovante de endereço. O cadastro será concluído com a assinatura de um Termo de Consentimento e a coleta de uma amostra de sangue (10 ml). Esta amostra será enviada para um laboratório especializado onde será feito os exames necessários. Os resultados são enviados para o Redome. Sendo constatada a compatibilidade entre doador e receptor, o Hemoce e o Redome entram em contato com o voluntário para que sejam feitos os próximos exames e a doação de medula óssea possa acontecer.

Onde se cadastrar como doador de medula óssea:

HEMOCE – FORTALEZA
Av. José Bastos, 3390 – Rodolfo Teófilo – Fortaleza-CE
Horário de Funcionamento:
7h30min às 18h30min, de segunda à sexta-feira
8h às 16h, aos sábados
8h às 13h, aos domingos

POSTO DE COLETA -IJF
Rua: Barão do Rio Branco, 1816 – Centro – Fortaleza-CE
Horário de Funcionamento:
7h30min às 18h30min, de segunda à sexta-feira
13h às 17h30min, nos sábados, domingos e feriados

PRAÇA DO FERREIRA  – ATÉ DIA 30 DE JANEIRO
Centro de Fortaleza
8 às 16h, de segunda a sexta-feira e 8 às 14h aos sábados
NO INTERIOR DO ESTADO DO CEARÁ

HEMOCE – CRATO
Rua Coronel Antônio Luís, 1.111 – Bairro: Pimenta
Horário de Funcionamento:
7h às 17h30min, de segunda à sexta-feira
7h às 11h30min, nos sábados

HEMONÚCLEO DE JUAZEIRO DO NORTE
Rua Beata Maria de Araújo, 30 – Bairro: Romeirão – Juazeiro do Norte/CE
Horário de Funcionamento:
7h às 17h30min, de segunda à sexta-feira
12h às 17h30min, nos sábados

HEMOCE – IGUATU
Rua: Edilson de Melo Távora, s/n – Bairro: Vila Centenário – Iguatu/CE
Horário de Funcionamento:
7h às 18h, de segunda à sexta-feira

HEMOCE – QUIXADÁ
Av. Plácido Castelo, s/n – Bairro: Centro – Quixadá/CE
Horário de Funcionamento:
7h às 17h30min, de segunda à sexta-feira
7h às 12h e 13h às 16h30min, aos sábados

HEMOCE – SOBRAL
Rua Jânio Quadros, s/n – Bairro Santa Casa – Sobral/CE
Horário de Funcionamento:
7h às 18h, de segunda à sexta-feira
7h às 12h, aos sábados

Assessoria de Imprensa do Hemoce
Natássya Cybelly
Contato: (85) 3101-2308
E-mail:  natassya.chagas@hemoce.ce.gov.br / imprensahemoce@gmail.com

14.12.2015
    

Governo do Estado do Ceará
Coordenadoria de  Imprensa – Casa Civil
Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil / 85 3466.4898