Hospital César Cals prepara municípios no Método Canguru

20 de janeiro de 2016

Eliane Pereira Izidório foi transferida de Várzea Alegre para o Hospital Geral Dr. César Cals, unidade da rede pública do Governo do Estado, no dia 8 de dezembro de 2015. Ela deu à luz uma menina, prematura de sete meses. Após o nascimento, Bruna Carla foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, onde permaneceu até o dia 15 de janeiro, quando foi transferida para o Método Canguru do HGCC, referência estadual.

Quando receber alta hospitalar e retornar para Várzea Alegre, Eliane não precisará mais voltar ao Hospital César Cals para fazer o acompanhamento de sua filha, como verificação do peso, altura, amamentação, entre outros aspectos. Na atenção básica da sua própria cidade, conhecida como a cidade mais alegre do país, os profissionais poderão executar todas as recomendações da terceira etapa do Método Canguru, que é o acompanhamento após a alta. Tudo isso só será possível porque desde o ano passado, o Hospital César Cals, em parceria com o Ministério da Saúde, passou a promover os cursos de capacitação para os profissionais das Unidades Básicas de Saúde do interior do Estado e de vários bairros de Fortaleza.

Em 2016, novas capacitações já estão programadas para os profissionais da atenção básica e, com isso, favorecer o atendimento às mães e aos recém-nascidos em suas próprias comunidades, bairros da capital e municípios. Os cuidados executados nas unidades básicas permitem mais comodidade aos pais e evitam o deslocamento até uma unidade terciária, especialmente nos casos em que os pais moram em locais mais distantes. ?Os bebês não precisam mais sair de suas cidades, de seus bairros para receber o atendimento?, reforça Natércia Bruno, enfermeira responsável do Canguru.

O Cuidado Compartilhado, que é o nome dado à capacitação, trabalha temas como sinais de alerta do bebê prematuro, amamentação, postura e cuidados em geral com o recém-nascido. No ano de 2015, foram capacitados 82 profissionais da atenção básica, em três edições, realizadas nos meses de maio, com a participação do Ministério da Saúde, agosto e outubro. Para este ano, estão programadas oito novas edições, sendo quatro no primeiro semestre e quatro no segundo. A expectativa é de que 200 profissionais sejam capacitados. As datas serão definidas em breve, logo após a composição de cada turma. Os participantes são indicados pelas próprias unidades básicas e Secretarias Municipais de Saúde.

Já os profissionais que atuam no Método Canguru do HGCC também passarão por capacitações, que constantemente são realizadas na unidade, devido à complexidade dos bebês nascidos no hospital. Primeiros socorros, reanimação, aleitamento materno, postura e a história do método serão alguns dos temas a serem trabalhados. O objetivo é tornar os profissionais do HGCC ainda mais preparados no método e assim desenvolverem melhor as suas competências, permitindo um atendimento cada vez mais humanizado e especializado.

Foto: Assessoria de Comunicação do HGCC

20.01.2016

Assessoria de Comunicação do HGCC
Wescley Jorge
ascom@hgcc.ce.gov.br / 85 3101.5323
Facebook.com/HospitalGeralCesarCals
Twitter: @Hosp_CesarCals

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br    / 85 3466.4898