Estado e Capital registram maiores chuvas no ano

21 de janeiro de 2016

As precipitações de chuva apresentada nas últimas 24 horas foram as maiores deste ano no Ceará e em Fortaleza, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). No Estado, foram registradas chuvas em 146 municípios e a média estadual diária atingiu os 28,9mm. No boletim da última terça-feira (19), a chuva foi mais generalizada, chegando a banhar 167 cidades, mas com menor intensidade menor, com média diária de 19,5mm para todo o Ceará.

portal TS2066No ranking das maiores chuvas registradas nesta quinta-feira (21), por municípios, os índices mais elevados foram registrados em Crateús (166mm), Amontada (155mm), Trairi (150mm), Granja (116,7mm) e Amontada (115mm). Em Fortaleza, a chuva foi de 95mm, a maior registrada neste ano na Capital.

Segundo a Funceme, as precipitações foram causadas pela atuação do Vórtice Ciclônico de Altos Níveis que traz condições favoráveis às chuvas desde o início da semana. Os meteorologistas frisam que esse sistema é típico da pré-estação chuvosa (dezembro e janeiro) e que as boas precipitações desta quinta-feira não têm influência na quadra chuvosa oficial do Ceará (entre fevereiro e maio).

portal TS2072Vale lembrar que nesta quarta-feira (20) a Funceme divulgou previsão climática apontando probabilidade de 65% para chuvas abaixo da média entre fevereiro e abril de 2016. As chances de chover em torno da média são de 25% e há 10% de probabilidade de chover acima da média no próximo trimestre. Até sábado (23), a previsão da Funceme é de permanência da atuação do Vórtice Ciclônico, trazendo chuvas para todas as regiões do Ceará.

Defesa Civil
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Ceará (Cedec-CE) realiza o monitoramento nos 184 municípios do Estado, para melhor gerenciar as situações de risco e responder de modo eficiente um possível desastre em território cearense. O órgão trabalha em parceria com o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), da Secretaria Nacional de Desefa Civil, que enviou nesta quinta-feira (21) três alertas para o Ceará: dois em Fortaleza e um em Maranguape.

Na Capital, o órgão nacional identificou risco de deslizamento e inundação. Já em Maranguape, na Região Metropolitana, o Cenad apontou risco de deslizamento. No município de Caucaia, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil vem monitorando áreas de risco, onde vivem cerca de 12 mil pessoas, e apresentou demanda de lonas plásticas e água potável, para se prevenir no período chuvoso.

21.01.2016

Assessoria de Comunicação da Funceme
Guto Castro Neto – (85) 3101.1099 ou 98814.4194
comunicacao@funceme.br

Wiarlen Ribeiro
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Tiago Stille / Governo do Ceará

Ciro Câmara e Sabrina Lima
Gestores de Célula / Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898