Saúde prepara região de Sobral para enfrentamento à microcefalia

25 de janeiro de 2016

Nesta quarta-feira, 27 de janeiro, a Secretaria da Saúde do Estado realiza em Sobral o “Simpósio Estadual para Vigilância Epidemiológica e Assistência de Microcefalia e Arboviroses”, no Centro de Eventos, das 8h às12h30min. É uma preparação dos médicos e enfermeiros para o enfrentamento à dengue, Chikungunya e Zika que atendem nos hospitais e Unidades Básicas de Saúde da macrorregião Norte. Além de médicos e enfermeiros, participam do simpósio coordenadores e técnicos da vigilância epidemiológica das cinco regiões que formam a macrorregião – Sobral, Acaraú, Camocim, Crateús e Tianguá.

Para a preparação dos profissionais, a Secretaria da Saúde do Estado leva até a macrorregião Norte uma equipe de especialistas, incluindo neonatologista, geneticista, neurogeneticista, obstetra, infectologista, biólogo, epidemiologista. “Microcefalia congênita” é um dos temas abordados no simpósio pelo neurogeneticista do Hospital Infantil Albert Sabin, André Luis Santos Pessoa. “Como reconhecer casos de crianças afetadas pela zika intraútero?” é outro tema, que será destacado pela neonatologista e geneticista Erlane Marques Ribeiro, também do Hospital Infantil Albert Sabin. Mais quatro temas estão na programação do simpósio – ver abaixo.

A PROGRAMAÇÃO

27 de janeiro de 2016 | Sobral, Ceará

8 às 8h30min | Acolhida e abertura
Secretaria da Saúde do Estado do Ceará
Daniele Rocha Queiroz Lemos (Supervisora do Nuvep/Coprom/Sesa)

8h30min às 9h20min | Zika em gestante e Proposta de vigilância universal da gestante com zika vírus
Manoel Martins Neto (Professor da UECE e obstetra do Hospital Geral Dr. César Cals)

9h20min às 10h |  Manejo clínico da dengue, chikungunya e zika
Antonio Afonso Bezerra Lima (Infectologista e presidente do Comitê Estadual de Investigação
dos Óbitos por Dengue)

10 às 10h30min | Enfrentamento da microcefalia no Estado do Ceará – Protocolo
Antonio Afonso Bezerra Lima

10h30min às 10h50min | Intervalo

10h50min às 11h20min |  Ferramentas disponíveis e perspectivas para o controle do Aedes aegypti
Luciano Pamplona de Góes Cavalcanti (Professor da Faculdade de Medicina da UFC)

11h20min às 12h | Microcefalia congênita
André Luis Santos Pessoa (Neurogeneticista do Hospital Infantil Albert Sabin)

12 às 12h30min | Como reconhecer casos de crianças afetadas pela zika intraútero?
Erlane Marques Ribeiro (Neonatologista e geneticista do Hospital Infantil Albert Sabin)

25.01.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br/ 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br    / 85 3466.4898