Aproximadamente 1.000 gaiolas utilizadas no tráfico de animais são destruídas

28 de janeiro de 2016

Nesta quarta-feira (27), Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), Polícia Militar e Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) se reuniram em uma área militar no município de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, para destruir quase 1.000 gaiolas.

Todo esse material foi apreendido fruto do trabalho realizado no Ceará pelas três instituições nos últimos cinco meses no combate ao tráfico de animais. A multa para quem é pego cometendo esse tipo de infração é de R$ 500 por unidade. Caso a espécie encontrada esteja inserida na lista oficial de risco ou ameaça de extinção o valor sobe para R$ 5.000 por animal.

Canal de denúncia

A Semace possui um serviço telefônico para receber denúncias de infrações ambientais em todo o estado. Trata-se do Disque Natureza, que funciona através do número 0800-275-2233. As ligações podem ser realizadas em dias úteis, entre 8 e 12h e das 13 às 15 horas. A autarquia pede que seja fornecido o maior número de informação possível do infrator e do local. Há, também, o e-mail atendimento.fauna@semace.ce.gov.br para comunicar irregularidades ocorridas especificamente com animais silvestres. O sigilo do denunciante é garantido.

28.01.2016

Fhilipe Augusto
Assessor de Imprensa da Semace
(85) 3101-5554/ 98605-9501
comunicacao@semace.ce.gov.br

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado Ceará
Casa Civil / 85 3466.4898