Saúde cria novo serviço para atender pacientes ostomizados

28 de janeiro de 2016

Os pacientes ostomizados terão um novo e único local para recebimento das bolsas coletoras. A partir desta segunda-feira, 1º de fevereiro, a distribuição será feita no Centro de Saúde Meireles, que fica na Avenida Antônio Justa, 3113, das 7 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. O novo Programa de Atenção à Pessoa Ostomizada está sendo implantado pela Secretaria da Saúde do Estado para garantir atendimento integral a todos os ostomizados intestinais e urinários. Além de fornecer as bolsas coletoras, assegura acompanhamento e atendimento por uma equipe multiprofissional e especializada, que inclui médico proctologista, enfermeira, nutricionista, assistente social e psicólogo.

A coordenadora do programa, Yara Lanne Santiago, que é especialista em estomaterapia e mestre em cuidados clínicos, informa que o novo serviço, concentrado no Centro de Saúde Meireles, facilita e qualifica a assistência aos ostomizados. “Os ostomizados intestinais e urinários vão receber todos os cuidados num só lugar. Terão orientações sobre o uso adequado das bolsas e sobre o autocuidado. Receberão orientações nutricionais”. E mais: após avaliação médica, pacientes com condições de reversão do estoma serão encaminhados, através da Central de Regulação, a cirurgias para fechamento da colostomia no Hospital José Martiniano de Alencar, da rede pública do Governo do Estado, no Centro de Fortaleza.

Com a implantação do Programa de Atenção à Pessoa Ostomizada, a Secretaria da Saúde do Estado segue as diretrizes nacionais estabelecidas pelo Ministério da Saúde na oferta e organização dos serviços especializados prestados aos ostomizados. As diretrizes estão em conformidade com a Política Nacional de Saúde das pessoas com Deficiência e o decreto número 5296/04, a partir do qual os ostomizados são considerados pessoas com deficiência física. No Ceará, estão cadastrados no Programa de Atenção à Pessoa Ostomizada 1.800 pessoas.

Ostomizada é a pessoa que passou por uma cirurgia para fazer no corpo uma abertura ou caminho alternativo para a saída de fezes ou urina, e também para ajudar na respiração ou na alimentação. O nome da cirurgia que cria essa abertura ou orifício no abdômen ou na traqueia é estoma.

Mais informações pelo telefone (85) 3101.1446

28.01.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br/ 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br    / 85 3466.4898