#CarnavalCE: SAMU faz Operação Carnaval e alerta sobre trotes

5 de fevereiro de 2016

Nesta sexta-feira (5), o Serviço de Atendimento Móvel e Urgência do Ceará (SAMU 192 Ceará), da rede pública do Governo do Estado, inicia a Operação Carnaval 2016 com o alerta de que ninguém deve utilizar o serviço para trotes, que prejudica quem de fato precisa de atendimento. No feriado de natal e no feriado de ano novo foram 680 trotes telefônicos, 30 vezes mais do que o natal e o ano de 2014, com um total de 22 trotes. “É importante alertar à população sobre a seriedade do problema. Com o trote, o serviço pode deixar de atender um caso com risco de morte porque a ambulância é deslocada para uma ocorrência falsa”, afirma João Vasconcelos, diretor do SAMU 192 Ceará.

Segundo Vasconcelos, o número de trotes telefônicos não é maior ainda devido ao trabalho de avaliação realizado pela equipe de atendimento da central de regulação para cada chamada recebida. “Por causa do filtro feito pela equipe da central de regulação, 80% dos trotes não se concretizam. A equipe é treinada a fazer perguntas específicas que ajudam na identificação do trote”, diz. Em 2015, o SAMU 192 Ceará foi acionado 202.421 vezes, sendo 181.152 atendimentos pela base regional do Eusébio e 21.269 pela base regional de Juazeiro do Norte. Do total de acionamentos, 47.970 foram de atendimentos com regulação médica (23,7% do total de ligações) e 35.877 eram trotes, ou seja, 17,7% das ligações. “Os trotes ocupam o serviço, com perda de tempo dos profissionais, descolamentos desnecessários dos veículos e podem comprometer os verdadeiros atendimentos de urgências médicas”, fala.  

Durante os seis dias da Operação Carnaval 2016, que se encerra na Quarta-feira de Cinzas, dia 10, um transporte médico aéreo mais 98 ambulâncias darão cobertura às chamadas de urgência e emergência para atender aos 4,6 milhões de habitantes dos 128 municípios que têm cobertura do serviço no Estado. Serão deslocadas 79 Unidades de Suporte Básico e 19 Unidades de Suporte Avançado (UTIs móveis) para atendimento e mobilizados 420 profissionais diariamente, por plantão: 52 médicos, 52 enfermeiros, 158 técnicos de enfermagem e 158 motoristas socorristas.

O atendimento do SAMU Ceará 192 funciona todos os dias da semana e todas as horas, até de madrugada. O Samu presta socorro em qualquer lugar. O paciente pode estar na residência, no local de trabalho, em vias públicas. Basta ligar para o 192. A ligação é gratuita. Quando o Samu recebe a ligação, um médico regulador faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente ou a pessoa que fez a chamada sobre as primeiras ações que podem ser tomadas, como a prestação dos primeiros socorros ou a imobilização das vítimas, dependendo da gravidade do caso. Em casos graves, o paciente é transferido de uma ambulância com UTI. O médico comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos ou Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24hs) e assim garante atendimento rápido com menos riscos de sequelas e redução de óbitos ao socorro precoce.

O serviço realiza atendimentos de naturezas diversas, como a vítimas de acidentes de trânsito, de ferimentos por arma de fogo e armas brancas, quedas, choque elétrico, afogamento e intoxicação. Atende, ainda, pacientes vítimas de infarto agudo do miocárdio, de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e crises convulsivas e realiza atendimento pré-hospitalar de pacientes com insuficiência cardíaca e crise diabética. Também é acionado para a realização de atendimento de casos gineco-obstétricos, como trabalho de parto e aborto; atua no atendimento médico de urgências psiquiátricas; efetua transferências hospitalares de pacientes graves que necessitam de remoção em UTI móvel entre os municípios.

05.02.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br/ 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898