Cagece alerta para o mau uso da rede de esgoto

24 de Fevereiro de 2016

As fortes chuvas que caíram nos últimos meses em Fortaleza, aliadas ao mau uso da rede de esgotamento sanitário, impõem à Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) o desafio de garantir o bom funcionamento da rede coletora de esgoto. Quando lançados indevidamente nas redes coletoras, as águas pluviais e os resíduos sólidos sobrecarregam o sistema e geram obstruções e extravasamentos em vias públicas. Somente em 2015, a Companhia realizou cerca de 90 mil desobstruções de esgoto, uma média de 250 desobstruções por dia.

Desse total, cerca de 81 mil desobstruções foram executadas somente na capital e outras nove mil nos municípios do interior, operados pela Companhia.

A Cagece tem se empenhado para monitorar e atuar em todas as ocorrências, porém, a colaboração da população é importante para garantir o bom funcionamento da rede. Para evitar ocorrências, é necessário que a população esteja atenta, evitando despejar resíduos sólidos ou escoar a água da chuva na rede de esgotamento.

Realizar a interligação do imóvel à rede também é outra forma de evitar problemas, uma vez que é importante dar um destino adequado ao esgoto produzido pelos imóveis.  

SAIBA MAIS

É comum as pessoas confundirem rede de esgotamento sanitário com a rede de drenagem, fazendo, assim, uso inadequado desses sistemas. Enquanto a rede coletora de esgoto, de responsabilidade da Cagece, recolhe o esgotamento sanitário das residências e o direciona até uma rede de tratamento, a rede de drenagem, de responsabilidade das prefeituras municipais, promovem o escoamento de águas provenientes de chuva.

24.02.2016

Assessoria de Comunicação da Cagece
Leonardo Costa / 85 3101.1826 / (85) 3101.1834 / 85 8878.8932 Leonardo Costa
comunicacaocagece@gmail.com

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará
Casa Civil / 85 3466.4898