Obra de escola profissional é assinada durante festejos de 59 anos de emancipação de Bela Cruz

24 de fevereiro de 2016

Com aporte financeiro de R$ 12 milhões, a nova escola vai contar com disciplinas da base comum, além das disciplinas relacionadas aos cursos técnicos desenvolvidos para o ensino profissional.

RwwMarcando os festejos de 59 anos da cidade de Bela Cruz, na região norte do Estado, a 245 km da Capital, o governador Camilo Santana foi ao município para assinar a ordem de serviço para a construção da nova Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Júlio França. “Quero, primeiramente, dar os meus parabéns a todo o povo batalhador, trabalhador e talentoso do município de Bela Cruz pelos seus 59 anos de emancipação. Não foi por acaso que viemos trazer a ordem de serviço para esta escola profissional. Escolhi o exato dia dos festejos da cidade para anunciar que estamos fazendo grande mudanças na educação do Estado, com ações inovadoras e maior participação e adesão das nossas crianças e jovens cearenses. Somos de uma geração que acredita na mudança do nosso país através da educação e que este é o grande e principal caminho”, ressaltou o governador do Estado.

eCom aporte financeiro de R$ 12 milhões, oriundos dos Governos Estadual, Federal e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), a nova Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Júlio França vai abrigar alunos e professores que já estudam e trabalham numa escola adaptada para receber o programa estadual de educação profissional na cidade. Assim, a nova unidade vai contar com disciplinas da base comum, ou seja, previstas no currículo do ensino médio, as disciplinas relacionadas com cada um dos cursos técnicos desenvolvidos nas escolas. Inclui ainda a parte diversificada com conteúdos voltados para o Desenvolvimento Pessoal e Social, Contexto das Relações do Trabalho, conteúdos de Empreendedorismo, metodologia da Aprendizagem Cooperativa no horário de estudo, entre outros.

Nova estrutura para futuros empreendedores

bPara a aluna do segundo ano da EEEP Júlio França, Ana Paula Moraes, de 15 anos, o novo prédio vai dar ainda mais estrutura e condições para um ensino de qualidade. “Não há felicidade maior do que receber, no dia do aniversário de emancipação de nossa cidade, a notícia de que minha escola agora terá a estrutura equipada e adequada para a educação profissional. Eu curso o segundo ano de Contabilidade e o novo prédio nos dará ainda mais ânimo, facilitando o nosso aprendizado”, destacou a aluna.

cCom a mesma euforia, o estudante do segundo ano, Davi Santos, de 15 anos, era só alegria ao falar do que espera das novas dependências que a escola vai ganhar. “Essa era a escola que a gente sempre pediu. Com ainda mais conforto, condições de aprendermos de uma forma mais prática e estruturada. Com isso, percebemos que o Governo do Estado está preocupado com a nossa estabilidade, com o nosso futuro e o de nossa cidade também”, comentou o aluno.

Com o objetivo de integrar o Ensino Médio à Educação Profissional, além de promover a formação para o mundo do trabalho, as escolas profissionais dão a oportunidade aos jovens de complementarem seus estudos, inserindo-os no mercado de trabalho. A rede oferta 52 cursos técnicos para 88 municípios cearenses na Capital e no interior. Em todo o Estado são mais de 40 mil jovens atendidos.

Educação aliada ao desenvolvimento

Segundo o prefeito da cidade de Bela Cruz, Carlos Antônio Vasconcelos, a nova escola é a certeza de trazer ainda mais valorização a economia e ao desenvolvimento local. “Estou feliz por estarmos todos juntos para festejar a nossa independência e, ainda mais, para receber a assinatura da ordem de serviço dessa obra que já é tão esperada pelos jovens e pais belacruzenses. Esse documento é a certeza de que podemos oferecer ainda mais desenvolvimento, emprego e renda para o nosso município e região”, disse animado o prefeito.

O governador Camilo Santana ainda aproveitou para destacar algumas das diversas ações que são realizadas pelas escolas profissionalizantes. “Toda a estruturação pedagógica e cursos dessas escolas profissionais são pensadas aliando as vocações da região. Essa escola não deixa a desejar a nenhuma escola particular do Brasil. Nela, há um diferencial, pois o governo dá uma bolsa de estágio de seis meses para se ter a vivência em uma empresa afim ao seu curso”, destacou o executivo estadual.

Para o evento, estiveram presentes a secretária executiva Dalila Saldanha, da Secretaria da Educação (Seduc); o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque; os deputados estaduais Robério Monteiro e Sérgio Aguiar, prefeitos, secretários e vereadores da região, além de coordenadores, professores e alunos da rede pública estadual de ensino.

Foto: Tiago Stille

24.02.2016

Wilame Januário
Repórter/ Célula de Reportagem

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado Ceará
Casa Civil / 85 3466.4898