Centro Dragão do Mar recebe concerto especial em homenagem a Humberto Teixeira

27 de fevereiro de 2016

Com apoio da Secult e transmissão pela TVC, show na Praça Verde do Dragão terá entrada franca

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), e a Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (Osuece) realizam neste domingo (28), às 17h, na Praça Verde, um grande concerto em homenagem ao compositor cearense Humberto Teixeira, parceiro musical de Luiz Gonzaga e teórico do baião. Com entrada franca, o show “Humberto Teixeira – Viva a Memória do Doutor do Baião” apresentará arranjos executadas pela orquestra, sob regência e direção artística do maestro Alfredo Barros, e contará com os cantores Adelson Viana, Calé Alencar, Marcus Caffé, Paulo Belim e Marina Cavalcante, representantes de diferentes gerações da cena musical cearense. O show conta com a parceria do Museu da Imagem e do Som do Ceará (MIS-CE, também equipamento da Secult), da TVC, que fará transmissão ao vivo do concerto, e da Koisa & TAO Produções Artísticas.

 

Cearense nascido no Iguatu, em 1915 – mesmo ano de uma das mais devastadoras secas que o Ceará já viu -, Humberto Cavalcanti Teixeira partiu no rumo do Rio de Janeiro para, junto de Luiz Gonzaga, formatar e inserir o Baião e todo seu sertão na Indústria Cultural do País, nas décadas de 1940 e 1950. Nesse movimento, o poeta de Asa Branca ajudou a compor também um dos painéis mais ricos e diversificados da música brasileira.

 

Teórico e ideólogo do baião, Teixeira foi muito mais que o parceiro brilhante de Luiz Gonzaga. Foi um músico respeitável, que merece ser conhecido em razão das iniciativas que tomou, da luta pelos direitos autorais, pela atuação política (foi deputado federal pelo Ceará, eleito em 1954) e por conta de um sem número de composições gravadas por vários intérpretes. Em 2015, o poeta de Iguatu completou centenário de nascimento.

 

O concerto

Osuece-9 REDIMPartindo dessa relevância, a obra do músico ganha o palco com a interpretação inspirada dos instrumentistas da Osuece, que, sob a regência do maestro Alfredo Barros, executará quinze arranjos elaborados especialmente para as vozes convidadas, intercalados com outros apenas instrumentais. “A ideia é formar público para a apreciação e conhecimento dos compositores e músicos que fundamentam nossa identidade cultural”, define o maestro.

 

Com abertura declamada do poeta e escritor Braúlio Bessa, o show contempla uma variedade de canções, muitas das quais imortalizadas na voz do Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Entre elas estão: Estrada de Canindé, Tenha Dó de Mim, Paraíba/Juazeiro, Assum Preto, Kalu/Dono dos Teus Olhos, Légua Tirana, Adeus Maria Fulô, Mangaratiba, Lá no meu pé de serra, Xanduzinha, Baião de São Sebastião, Qui Nem Jiló e Asa Branca.

 

Durante a execução das obras, projeções de imagens ligadas à biografia de Humberto Teixeira conversarão com os acordes entoados, dando ao concerto ainda mais variedade e beleza. Muitas das fotos projetadas, inclusive, foram feitas especialmente para o concerto, assinadas pelo fotógrafo Felipe Abud, da equipe da Secult, a partir do acervo de Humberto Teixeira, recentemente adquirido pelo Museu da Imagem e do Ceará (MIS).

 

SERVIÇO

Show Humberto Teixeira ? Viva a Memória do Doutor do Baião

Quando: dia 28 de fevereiro de 2016 (domingo)

Hora: 17h

Onde: Praça Verde do Centro Dragão do Mar, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).

Entrada franca. Transmissão ao vivo pela TVC.


27.02.2015

Assessoria de Imprensa da Secult
Dalwton Moura – (85) 3101-6761
dalwton.moura@secult.ce.gov.br

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br  / 85 3466.4898