Seduc discute pautas prioritárias em reunião com gestores da Rede Estadual

29 de fevereiro de 2016

Escolares regulares em tempo integral, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, integração do ensino profissionalizante na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Estes são alguns dos temas dialogados entre os gestores da Rede Estadual de Educação na primeira reunião do Comitê Executivo de 2016, que ocorreu na última semana de fevereiro.

O Comitê faz parte do modelo de gestão da Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) e conta com reuniões bimestrais entre todos os coordenadores de áreas e gestores das Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes) e Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor), com a participação dos secretários titular, adjunto e executivo da Educação.

Combate ao Aedes nas escolas

Com o lançamento do Plano Estadual de Combate ao mosquito Aedes aegypti na Educação, os coordenadores das Credes e Sefor declararam como positivo o envolvimento das comunidades escolares nas ações de conscientização. Conforme relataram, a maioria das escolas está contando com o apoio das Secretarias Municipais de Saúde e das Regionais da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) nas atividades. Segundo o titular da Educação, Maurício Holanda, o momento é também uma oportunidade de mostrar aos estudantes que é possível levar o aprendizado da escola para o dia a dia.

“Se a educação tem que fazer sentido para vida e estar contextualizada, o combate ao mosquito não é assunto apenas da Biologia e deve ser tratado de forma transversal em todas as disciplinas. Mas essa não é a nossa única responsabilidade. Temos que mobilizar os nossos jovens a serem cidadãos, tomando para si a sua corresponsabilidade pelo bem-estar comum, de modo que cada aluno seja também um agente na sua casa e na dos seus vizinhos”, defende Maurício.

O secretário destacou, ainda, a importância de todos os professores e alunos realizarem o curso virtual sobre o combate vetorial do Aedes aegypti, disponibilizado no Avasus – uma plataforma de aprendizagem do Sistema Único de Saúde (Sus) – até o fim de março, pois abril é considerado o mês de maior incidência dos casos de dengue.

Escolas regulares em tempo integral

Segundo Maurício Holanda, a Secretaria da Educação do Ceará está sendo desafiada a construir um plano de universalização do tempo integral em todas as escolas estaduais em até dez anos. Em 2016, 26 escolas regulares já oferecem a jornada prolongada para os alunos do 1º ano do Ensino Médio. Além disso, 112 Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEPs) já oferecem uma jornada escolar ampliada com cursos técnicos.

“Já está bem claro que os países mais desenvolvidos oferecem a jornada ampliada para os jovens na escola e estamos ficando para trás. Devemos planejar essa ampliação, com atenção especial para os municípios mais populosos e nas regiões com mais casos de violência, para que a escola seja um espaço que contribua para uma cultura de paz nessas comunidades”, explica o gestor.

Para o coordenador da Sefor, Jefferson Queiroz, após a fase de adaptação e apresentação da proposta à comunidade escolar, o tempo integral tem sido bem avaliado pelos professores, estudantes e pais. “A proposta de disciplinas eletivas mexeu com o protagonismo do aluno e a possibilidade do professor participar diretamente da construção do currículo. Recebemos ideias fantásticas como, por exemplo, aulas de violino, francês, cultura popular ou cinema. Nossas escolas estão conscientes de que esta é a oportunidade de construir um currículo inovador e até uma nova escola, próximo ao ideal que temos, abrindo um leque de possibilidades”, diz Jefferson.

Integração da Educação Profissionalizante e Educação de Jovens e Adultos

Em 23 escolas estaduais que oferecem a Educação de Jovens e Adultos (EJA) de nível médio presencial, já está em andamento um projeto piloto que integra o ensino profissionalizante nesta modalidade. A experiência está sendo realizada em parceria com o Projeto e-Jovem, que oferece qualificação na área de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).

Além das disciplinas de base comum, o estudante, durante a 1ª série do Ensino Médio, possui uma disciplina de “Preparação para o Trabalho e Prática Social” e, a partir da 2ª série, os alunos escolhem entre informática ou técnicas administrativas e vendas.

Segundo Maurício, há grande demanda de qualificação profissional para o público da EJA. “Além de inovarmos inserindo a educação para o trabalho, uma das nossas metas é a ampliação da oferta de EJA em todo o estado. Para isso, precisamos criar estratégias para motivar as pessoas, especialmente os jovens, a voltar a estudar”, argumenta.

Outros espaços de diálogo na gestão

Além do Comitê Executivo, há, no calendário anual da Seduc, a realização de reuniões trimestrais com os coordenadores das Credes por macrorregiões, com a participação de um dos secretários da Pasta para ouvir e debater temas de nível tático. Além destes espaços de gestão, existem reuniões de colegiados (semanais) e fóruns de orientadores por áreas (trimestral).

Uma das metas para 2016, é a participação dos secretários nas reuniões das Credes, com os diretores de escolas, para promover a troca de experiências e o diálogo direto com as comunidades escolares.

“É muito importante enxergarmos os espaços da educação onde ela se dá no seu dia a dia. Queremos visitar as escolas para termos contato direto com diretores, professores e estudantes. É importante abrir esse canal de diálogo para, inclusive, quebrarmos essa sensação que possa haver de que estamos distantes da realidade ou mergulhados em burocracias”, disse o secretário adjunto, Armando Simões.

Na visão de Pedro Sampaio, coordenador da Crede 9, de Horizonte, “esse contato com os gestores escolares é fundamental e é um dos pedidos que sempre ouvimos dos diretores. Inclusive, quando houver agenda da gerência superior nos municípios, como inaugurações ou assinatura de ordens de serviço, seria interessante aproveitar a ocasião para visitar uma escola”, reitera Pedro.

29.02.2016

Assessoria de Comunicação da Seduc
Caroline Avendaño / (85) 3101-3972 | 98893-6983
imprensa@seduc.ce.gov.brwww.seduc.ce.gov.br | www.fb.com/EducacaoCeara

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará
Casa Civil / 85 3466.4898