CE Pacífico: Pacto apresenta ações à comunidade do Vicente Pinzon

5 de março de 2016

 

 

 

20160305122329  MG 8676

 

Ação contou com inauguração de novo Batalhão da PM, Delegacia 24 horas, ordem de serviço para saneamento básico e lançamento da Copa Ceará Pacífico. População entregou ainda documento com contribuições para ação no território

 

“Aqui estão alguns levantamentos que nós, como comunidade – junto com todas as instituições -, achamos relevantes. Nos reunimos aqui no Mirante toda quarta-feira e agora temos a oportunidade de dar nossa colaboração. Porque entendemos que as melhorias só podem surtir efeito com a participação de toda a sociedade”. O relato é de Rafael Viana, coordenador do projeto ‘Âncora’ e um dos líderes da juventude no território do Vicente Pinzon, em Fortaleza, que entregou neste sábado (5) ao governador Camilo Santana a Matriz de Prioridades do “Pacto por um Ceará Pacífico” implantadas na região.

 

O Vicente Pinzon foi instituído como o primeiro território de atuação, sendo o projeto-piloto para 2015. A iniciativa abrange programas, projetos e ações voltadas para a prevenção da violência e redução da criminalidade. Com o objetivo de construir uma cultura de paz em todo o território cearense, opera a partir de políticas públicas interinstitucionais de prevenção social e segurança pública. A meta é a melhoria do contexto urbano, por meio de ações que possibilitem o monitoramento e a avaliação contínua da sociedade, criando as condições de acolhimento das populações mais vulneráveis e o enfrentamento da violência. 

160305 CEARA PACIFICO VP MG 2380Ao lado da vice-governadora, Izolda Cela, e do prefeito de Fortaleza, Roberto Cládio, o governador Camilo falou como se deu a implantação do Pacto no Estado. “Isso não surgiu da cabeça apenas do governador e do prefeito. Houve todo um trabalho feito por uma equipe, que definiu cinco áreas de Fortaleza. Essa é a área piloto que conta com um conjunto de ações, tudo discutido com a comunidade. Porque nenhuma política é sólida se não for construída com a comunidade, ouvindo os desejos e anseios de quem vive naquele local”, salientou.

 

Camilo Santana falou também sobre as melhorias que estão sendo realizadas pelo Estado, no sentido de prevenir a violência. “Compreendemos que a ação na redução da violência é uma ação de prevenção. Vamos aumentar a presença da polícia, em parceria com a Guarda Municipal de Fortaleza; ampliar o monitoramento de equipamentos eletrônicas; instalar novas bases móveis e fixas na região; urbanizar a área, com nova iluminação e melhorar a pavimentação das ruas. Enfim, um conjunto de ações que trabalharemos no sentido de prevenir a violência”, enfatizou.

 

A coordenadora estadual do Pacto por um Ceará Pacífico, a vice-governadora Izolda Cela, destacou que a experiência de Fortaleza vai ser o modelo para outros municípios. “Só temos a condição de construir o Pacto por um Ceará Pacífico porque temos a parceria das prefeituras municipais, pois não seria possível a implementação da ideia se não fosse o empenho de cada gestor. Essa ideia é uma experiência que pode ser replicada para outros lugares com segurança se trabalharmos bem”, pontuou.

 

O prefeito Roberto Cláudio, destacou que a integração de políticas e de instituições é a ação mais eficiente para obter bons resultados na segurança pública. “A integração de políticas, no qual tive o privilégio de ser parceiro, colocará a população de Fortaleza em mãos seguras, responsáveis, de quem estão de fato preocupados em criar uma política de curto e longo prazo, séria e consistente, de segurança pública para prevenir mortes e promover paz no seio das famílias. Vamos continuar trabalhando para mostrar que esse exemplo pode ser levado para outras cidades”, afirmou.

 

Na ocasião, Camilo Santana assinou o contrato para ampliação do sistema de abastecimento de água e implantação da rede de esgoto no bairro Vicente Pinzon. Serão realizadas 300 ligações de água e 1.201 ligações de esgoto. A previsão de conclusão das obras, que teve o investimento de R$ 2.140.452,75, é para o segundo semestre. A aposentada Liduína Maciel, de 67 anos, gostou da novidade e disse está satisfeita com o benefício. “Esperei tanto por isso e agora vou ter direito de receber água na minha casa. Isso é motivo de alegria não só pra mim, mas pra toda comunidade”, agradeceu.

 

20160305140528  MG 8929 webOutra ação foi o lançamento da Copa Ceará Pacífico, envolvendo competições esportivas entre 12 escolas do território. A intenção é a de que sempre uma unidade educacional da região região permaneça aberta com atividades culturais e esportivas aos fins de semana.

 

Para a professora e diretora da Escola de Ensino Fundamental e Médio Matias Back, Virgínia Vilagran, essa integração é necessária para a construção de uma cultura de paz e deve ser disseminado nas escolas. “Estamos levando o conceito de Ceará Pacífico para os nossos alunos. É uma necessidade que víamos para a construção de uma cultura de paz. Antes cada um ficava em seu quadrado e agora todos juntos, integrando políticas de educação, saúde e segurança se estimulam e trabalham isso com os estudantes”, disse.

 

Unidade Integrada de Segurança (Uniseg)

 

As atividades realizadas pelo Pacto por um Ceará Pacífico no território do Vicente Pinzon se estenderam no período da tarde, com a inauguração da Delegacia 24 horas e do Batalhão da PM. Camilo Santana e Izolda Cela conheceram as dependências dos equipamentos que atenderão a região. Com seis delegados, sete escrivães e 26 inspetores da Polícia Civil, a unidade de segurança deu início aos trabalhos na região. Já o Batalhão possui 220 policiais militares, oferecendo serviços diferenciados de proatividade, como o Ronda Escolar, o Grupo de Apoio às Vítimas de Violência e o Grupo de Segurança Comunitária.

 

20160305134717  MG 8883 webConselho Comunitário de Defesa Social – CCDS

 

No início da manhã, Camilo Santana, Izolda Cela e Roberto Cláudio receberam centenas de colaboradores do Conselho Comunitários de Defesa Social (CCDS) para apresentarem o “Pacto por um Ceará Pacífico” e ouvir os anseios da população. O CCDS é formado pelos mais diversos segmentos representativos de um bairro, cujo principal objetivo é participar, ativamente, na solução dos problemas de segurança de sua comunidade, apoiando e auxiliando a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

 

Camilo Santana fortaleceu o engajamento dos conselheiros como disseminadores de Paz. “É a continuidade de todas essas ações que vão garantir que o Ceará seja efetivamente Pacífico. A participação dos conselhos comunitários é fundamental para dizer ao Governo o que de fato é preciso para garantir paz em nosso Estado”. Já Izolda Cela disse que “é preciso integrar as políticas e fazer uma série de encontros de trabalho, para definir as prioridades e saber de fato o que a população precisa”.

 

A conselheira Eliana Silva, do bairro de Fátima, disse que a importância de compartilhar experiências é fundamental para o desenvolvimento do projeto na comunidade, além de fortalecer as ações de Governo no bairro. Já a conselheira Francisca Maria Duarte Lima, da Barra do Ceará, falou que a comunidade precisa ser ouvida. “No momento em que se propõe a ter um Ceará Pacífico é muito importante o governador ouvir a comunidade e saber o que nós pensamos. Eu acredito no Pacto por um Ceará Pacífico”, concluiu.

 


160305 CEARA PACIFICO VP MG 3179 webCeará Pacífico e os eixos de atuação

 

Visa a construção de uma cultura de paz no Estado do Ceará, envolvendo ações integradas nas áreas de Segurança Pública e Defesa Social, Justiça e Cidadania; Direitos Humanos; Educação; Ciência e Tecnologia; Saúde; Política sobre Drogas; Trabalho e Desenvolvimento Social; Cultura; Esporte; Juventude; Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, definidos em planos de trabalho, com a participação de outros poderes instituídos, sociedade civil e iniciativa privada. A ação atua em três eixos de atuação:

 

– Segurança Cidadã e Justiça: envolve ações como o reforço de efetivo policial e a implantação da Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) no bairro.

 

– Qualidade de Vida e Desenvolvimento Urbano: engloba iniciativas como a reforma da Praça do Mirante, a urbanização da encosta do Morro Santa Terezinha e a construção de novos espaços sociais, como escolas, centros comunitários e praças.

 

– Prevenção Social e Oportunidades para a Juventude: trabalha medidas que impeçam a criminalidade através de capacitação e oportunidades para os jovens.

 


160305 CEARA PACIFICO VP MG 2554Urbanização do Morro Santa Terezinha

 

Em novembro de 2015, Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza assinaram ordem de serviço para a urbanização e requalificação do Morro Santa Terezinha, em mais uma atividade da Agenda Fortaleza. O projeto prevê a requalificação da área, com a implantação de 30.000m² de amplo gramado com irrigação, drenagem, guarda-corpo da escadaria com corrimão e um calçadão de 3.918m². A urbanização vai facilitar o acesso e garantir um novo espaço de lazer, além do muro de contenção ecológico em concreto, onde serão plantadas espécies características de jardins verticais.

 

Já no fim do primeiro semestre de 2015, a nova Praça do Mirante foi totalmente revitalizada e entregue à população. A praça com mais de 4 mil m² conta agora com piso intertravado, acessibilidade, guarda-corpo, mobiliário urbano, lixeiras de coleta seletiva, paisagismo e nova iluminação. O anfiteatro também foi restaurado. O investimento total foi de aproximadamente R$ 400 mil.

 

A obra de construção da escadaria do Morro Santa Terezinha, que estava completamente abandonada há quatro anos, também foi concluída no início deste ano. Em janeiro deste ano, a obra de construção da escadaria do Morro Santa Terezinha foi retomada pela Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza, onde foram construídos 160m de degraus de concreto, guarda-corpo e calçadas de acesso à comunidade. No local também foi instalada iluminação branca, revitalizando o espaço e garantindo maior segurança aos moradores da área. As duas obras, tanto a drenagem como a de reconstrução das escadas, tiveram custo total de R$ 350 mil.

 

05.03.2016

 

Fotos: Tiago Stille e Carlos Gibaja

 

Wiarlen Ribeiro
Repórter / Célula de Reportagem

 

Ciro Câmara
Gestor de Célula / Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br  / 85 3466.4898

 

 

expediente