Regimento de Polícia Montada treina futuros oficiais da PMCE

16 de março de 2016

Um total de 188 alunos participam do Curso de Formação de Oficiais. Um semestre de instruções termina em junho.

RCFO PM - CAVALARIA - POLICIAMENTO MONTADO - AESP 3Os 188 alunos do Curso de Formação Profissional para a Carreira de Oficiais da Polícia Militar do Ceará (CFPCO/PM) participam de treinamento nas instalações do Regimento de Polícia Montada (RPMon) Coronel Moura Brasil. A instrução faz parte do cronograma de atividades acadêmicas desenvolvidas pela Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) com o intuito de desenvolver competências cognitivas, operativas e atitudinais dos futuros oficiais, que estão tendo a oportunidade de estudar os aspectos teóricos, práticos e doutrinários de atuação do policiamento montado.

RCFO PM - CAVALARIA - POLICIAMENTO MONTADO - AESP 1Segundo o instrutor da disciplina, tenente coronel Ghiorgiony Franklin, que já foi comandante do RPMon, esse é o contato inicial do novo militar com a montaria e proporciona ao aluno vivenciar um pouco do cotidiano do Regimento. “Essa é uma instrução em que o aluno aprende tanto o manejo básico do cavalo, o posicionamento do cavaleiro, o encilhamento, a higienização do animal, como o que se usa no policiamento em si, quais os equipamentos de segurança e em que terrenos ele pode e deve ser usado. Aqui, o aluno aprende o básico sobre a montaria. Essa é uma oportunidade para ele sentir como é estar sobre o animal”. O coronel ressalta a importância desse conhecimento especializado para o novo policial. “É fundamental que o oficial possua noções de policiamento montado, porque mesmo que ele nunca venha a servir aqui na nossa Cavalaria, um dia ele poderá chegar a ter situações em que ele precise comandar uma tropa mista, com homens montados, homens de motocicleta, homens de viatura. Então se faz necessário que ele tenha um conhecimento básico para saber empregar tecnicamente e corretamente a doutrina do policiamento montado”, afirma.

Antes das instruções práticas, os candidatos acompanharam aulas teóricas estudando assuntos como a relação homem cavalo; o cavalo no contexto da segurança pública; missão, conceitos e características do policiamento ostensivo montado; aspectos históricos do surgimento da cavalaria como unidade da força pública do Estado, e outras peculiaridades desse processo de policiamento.

Para o aluno do Grupo 3, Felipe Azevedo, que já é soldado da Polícia Militar, a disciplina é uma oportunidade de aprofundar os conhecimentos. Ele conta que já trabalhou no Regimento Montado e elogia a matriz proposta para o curso de oficiais. “Eu já sou policial, e quando eu fiz meu curso de formação, em 2009, era em moldes um pouco diferentes de hoje. A Academia tem uma proposta inovadora, que é essa proposta de integração. O que eu posso dizer aos meus colegas é que aproveitem bastante as atividades práticas, tenham bastante atenção nas aulas ministradas para tirar o máximo de conhecimento, de proveito de cada ensinamento, para que isso seja um reflexo positivo futuramente, quando formos tenentes da Polícia Militar”, pontua.

O curso de formação de oficiais tem duração de três semestres e abrange instruções teóricas e práticas de diversas modalidades de policiamento. Este é o último semestre da capacitação, que segue até o mês de junho.

Fotos: Leandro Freire

16.03.2016

Assessoria de Imprensa da AESP
Samara Amaral
samara.amaral@aesp.ce.gov.br    / (85) 3484.1909

Assessoria de Comunicação da SSPDS
Kélia Jácome
kelia.jacome@sspds.ce.gov.br     / (85) 3101.6517

Ciro Câmara e Wania Caldas
Gestores de Células / Secretarias e Conteúdo
ciro.camara@casacivil.ce.gov.br    / (85) 3466.4896

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado Ceará
Casa Civil / 85 3466.4898