Qualificação da Atenção Primária destaca condições crônicas de saúde

28 de março de 2016

O Projeto de Qualificação da Atenção Primária à Saúde no Ceará (QualificAPSUS) reunirá na terceira oficina, nos dias 31 de março e 1º de abril, o número inédito de 400 participantes, entre secretários municipais e coordenadores municipais da atenção primária de 162 municípios, além de coordenadores e técnicos das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES), assessores técnicos do nível central da Secretaria da Saúde do Estado e representantes de instituições convidadas. A oficina ocorrerá em novo local: Romanos Hotéis Evento e Turismo (Rua Padre Pedro de Alencar, 2230, Messejana). O QualificAPSUS realizou em janeiro as oficinas 1 e 2, com os temas “Atenção Primária à Saúde: fundamentos, gestão e avaliação da qualidade” e “Processos básicos na Atenção Primária à Saúde: territorialização, cadastramento e diagnóstico local”. Na terceira oficina os participantes se debruçarão sobre as condições crônicas na Atenção Primária à saúde.

Essas condições de saúde envolvem, além das doenças crônicas, as doenças infecciosas persistentes, as condições ligadas à maternidade e ao período perinatal, as condições ligadas à manutenção da saúde por ciclos de vida, os distúrbios mentais de longo prazo, as deficiências físicas e estruturais contínuas, as doenças metabólicas e a grande maioria das doenças bucais. A terceira oficina do Projeto QualificaAPSUS Ceará propõe esse tema com o objetivo de subsidiar a reorganização da atenção às condições crônicas na atenção primária à saúde. A oficina abordará a organização de alguns macroprocessos básicos, com destaque para a identificação de subpopulações com riscos individuais biopsicológicos e a estratificação por estratos de risco, a partir das orientações contidas nas diretrizes clínicas.

Até o dia 1º de julho de 2016 ocorrerão mais três oficinas e três capacitações complementares, nos meses de março, abril, maio e junho. As seis oficinas previstas serão intercaladas com a tutoria para a aplicação dos conteúdos teóricos na prática diária das equipes da atenção primária na unidade básica de saúde. Os participantes das oficinas farão a replicação dos conteúdos nos municípios, com o apoio das Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES), e atuarão como tutores na reestruturação da atenção primária. O Projeto QualificaAPSUS Ceará vai subsidiar a reorganização do modelo de atenção, a partir da reestruturação da Atenção Primária nos municípios e, consequentemente, da implantação e implementação das Redes de Atenção.

O processo de implantação do novo modelo de atenção à saúde no Ceará contará com o Instrumento para Avaliação da Qualidade na Atenção Primária à Saúde, que atribuirá os selos bronze, prata e ouro às equipes de saúde que alcançarem os padrões de qualidade esperados das unidades básicas de saúde. O instrumento de avaliação vai possibilitar a verificação do estágio de desenvolvimento alcançado pelas unidades de saúde, identificar e corrigir as não conformidades, bem como desenvolver planos para melhoria contínua. Serão definidas unidades laboratórios em que serão implantadas as mudanças estruturais e processuais com a participação de tutor externo.

Consulte as listas de participantes e inscrições validadas:

Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES)
Facilitadores

Instituições convidadas
Municípios
Secretaria da Saúde do Estado (Nível Central)

Mais informações com o Núcleo de Atenção Primária da Coordenadoria de Políticas e Atenção à Saúde (NUAP/COPAS): (85) 3101.5265/ 3488.2135 / 3101.5155

28.03.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira
selma.oliveira@saude.ce.gov.br  / 85 3101.5221 / 3101.5220

Giselle Dutra e Wania Caldas
Gestoras de Célula / Secretarias e Conteúdo

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br  / 85 3466.4898