SEMA apresenta proposta de regulamentação do Parque do Cocó na Assembleia Legislativa

6 de Maio de 2016

A Secretaria de Meio Ambiente do Ceará (SEMA) apresentou o projeto de regulamentação do Parque do Cocó na tarde desta sexta-feira (6), em audiência pública conjunta da Assembleia Legislativa e da Câmara de Vereadores de Fortaleza. O evento ocorreu no Complexo das Comissões, através da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido da Assembleia Legislativa, atendendo a requerimento dos deputados Dra. Silvana (PMDB), Renato Roseno (Psol) e Elmano Freitas (PT). Pela Câmara de Vereadores, compuseram a mesa os vereadores João Alfredo (Psol) e Deodato Ramalho (PT). A audiência contou com a participação de diversos ambientalistas.

O secretário de Meio Ambiente, Artur Bruno, voltou a defender a proposta de criação de uma Unidade de Conservação, no modelo mosaico, na bacia do Cocó, que pretende criar uma rede de áreas protegidas de 2.907,44ha. Ele ressaltou a ampla disposição para o diálogo do governo. “Estamos ouvindo todas as entidades e comunidades interessadas, no sentido de formatarmos a proposta mais democrática possível”, explicou o secretário.

A proposta determina um mosaico de subunidades dispostas da seguinte forma: 1.050,85ha do Parque Estadual do Cocó; 146,40ha da ARIE Estadual das Dunas do Cocó; 157,00ha da ARIE do Rio Cocó; 1.019,49ha da APA da Sabiaguaba; 467,61ha do Parque Natural Municipal de Sabiaguaba; 37,80ha do Parque Linear Adahil Barreto; 15,72ha da ARIE Municipal Dunas do Cocó e 12,57ha da ARIE das Dunas da Cidade 2000. Para se ter uma ideia, será um dos maiores parques urbanos de todo o mundo, superando o Ibirapuera, em São Paulo (221ha), e o Central Park (341ha), em Nova York.

Haverá ainda outras duas audiências com líderes comunitários. Uma será marcada na Sabiaguaba, onde há maior número de moradores, e a outra envolverá as comunidades do Tancredo Neves, Cidade 2000 e Cordeiro. Participaram do debate representantes o titular do Ministério Público Federal (MPF), Alessander Sales e representantes da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), da Universidade Federal do Ceará (UFC), do Movimento SOS Cocó, do Movimento Pró-Árvore, entre outros.

06.05.2016

Demétrio Andrade
Jornalista
085.8814.8286
@demetrioandrade
/DemetrioFarias

Assinatura coornenadoria matérias