Semana Nacional de Museus: equipamentos da Secult recebem programação especial com entrada franca

13 de Maio de 2016

De 16 a 22 de maio acontece a 14ª Semana Nacional de Museus, temporada cultural promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), com apoio do Sistema Estadual de Museus do Ceará, para comemorar o Dia Internacional de Museus (18/5). Durante a semana, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) anuncia a inauguração do Pátio MIS, no Museu da Imagem do Som. O novo espaço abrigará, em sua inauguração, a exposição “Orson Welles entre os povos do mar”, com 25 fotos de Chico Albuquerque, entre outras atividades. A programação especial do Pátio MIS começa no dia 18 e segue até 21, sempre às 18h, com entrada franca. Outros museus em vários municípios do Ceará também estarão com programação especial na Semana Nacional de Museus, conforme disponível no site do Ibram: http://eventos.museus.gov.br/.

“A Semana Nacional de Museus é um convite às pessoas da mais diversas regiões do Ceará a visitarem os museus e conhecerem um pouco de sua cultura e história”, destaca Carolina Ruoso, coordenadora de Patrimônio Histórico Cultural da Secult.

Durante a semana, Sobrado Dr. José Lourenço receberá uma programação com exibição de filmes, palestra e oficina, de 17 a 21 de maio. A exposição “Firmezas – Resistência Poética”, com peças do MiniMuseu Firmeza, estará aberta para visitação e a exposição “Poema das Águas” terá abertura no dia 21/5, às 10h, no equipamento localizado na Rua Major Facundo, 154, no Centro de Fortaleza.

Já o Museu do Ceará recebe, nos dias 19 e 20, a XII Semana Paulo Freire, com mesas redondas e lançamentos de livros para debater o tema “Capitalismo, Civilização e Trocas Culturais no Ceará”. O evento é realizado em parceria com o Grupo de Pesquisa Práticas Urbanas do Mestrado em História da Universidade Estadual do Ceará. O objetivo da semana formativa, que destaca a utilização dos acervos de museus é entender como o processo civilizador capitalista europeu e norte-americano modificou as relações e os meios de produção e consumo,  transformou os hábitos e costumes cotidianos e assimilou e produziu ideias que reinventaram as urbanidades não só em Fortaleza, mas, também, na cidade do Aracati, Crato Quixadá e Sobral. O diálogo servirá como base para uma próxima exposição no Museu do Ceará, intitulada “Modos à mesa: Sociabilidade e consumo no Ceará oitocentista”.

De 14 a 22, os Núcleos de Ação Educativa dos museus do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura realizam exposição, exibição de filmes, seminários e encontros sobre a Semana Nacional de Museus. No dia 20, os museus do CDMAC convidam pesquisadores para discussão do tema paisagem cultural e urbanidade em Fortaleza, às 19h.

O Museu Sacro São José de Ribamar, em Aquiraz, realiza, no dia 18, às 10h,  a abertura da exposição “Influência Indígena – Comunidade Jenipapo-kanindé – Cidade de Aquiraz – Museu Sacro”. A exposição é composta por fotografias e objetos Indígenas  que mostram a influência da cidade no cotidiano  da comunidade indígena e a sua relação com o Museu Sacro.

Outras exposições podem ser conferidas no Theatro José de Alencar, que apresenta “Olhares Diversos na Luta Antimanicomial”, com obras de diversos artistas, como J. W. Crispim, J. C. Bandeira e Marina Rodrigues, até o final do mês. A Casa de Juvenal Galeno abriga a exposição sobre literatura de cordel. Toda a programação tem entrada franca.

Inauguração do Pátio MIS, com programação especial

O Museu da Imagem e do Som inaugura o Pátio MIS, um espaço que receberá diversas programações. Para estrear o espaço no museu, a exposição “Orson Welles entre os Povos do Mar – Chico Albuquerque” terá abertura na quarta-feira, dia 18,às 18h, unindo a obra do cineasta norte-americano e 25 fotos do fotógrafo cearense, contando com a exibição do filme “It’s all true” (1993), documentário de Bill Krohn sobre a vinda de Welles ao Brasil.

No dia 19, o evento “Humberto Teixeira: celebrando 70 anos de baião e 100 de samba”, um encontro de apreciação musical com o diretor do equipamento, Dilmar Miranda. Na ocasião, será exibido o documentário “O homem que engarrafava nuvens”, sobre o compositor cearense homenageado. No dia 20, o grupo de pesquisa “Sonoridades Múltiplas”, do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará, faz uma conversa sobre a obra de Dorival Caymmi. Já no dia 21, o grupo cearense de música instrumental Marimbanda se apresenta. Toda a programação é gratuita e acontece a partir de 18h.

 

Programação dos equipamentos da Secult durante a 14ª Semana Nacional de Museus

Museu da Imagem e do Som
Endereço: Av. Barão de Studart, 410
Fone: 3101-1201/1207

18/05: Abertura da exposição “Orson Welles entre os povos do mar – Chico Albuquerque”. Exibição do filme It’s all true (É Tudo verdade).

19/05: Humberto Teixeira: celebrando 70 anos de baião e 100 de samba. Encontro de apreciação musical com Dilmar Miranda. Exibição do filme “O homem que engarrafava nuvens”.

20/05: Sonoridades múltiplas: Delicado Caymmi – o som da imagem. Grupo de pesquisa do Instituto de Cultura e Arte/UFC

21/05: Música no Pátio. Pocket show do grupo instrumental Marimbanda.

Horário: a partir das 18h
Entrada Franca

Sobrado Dr. José Lourenço
Endereço: Rua Major Facundo, 154, Centro
Fone: (85) 3101-8826/ (85) 3101-8827
Funcionamento: Terça à sexta das 9h às 18h e aos sábados de 9h às 17h.
Acesso gratuito.


RSOBRADO JOSE LOURENCO17 a 19/05 – 9h às 11h30
EXIBIÇÃO DE FILME – Cineclube Sobrado para grupos agendados. Os grupos agendados discutirão temas voltados às paisagens naturais e culturais, a partir de curtas metragens. 35 vagas. Mediadora: Natália Maranhão.

17 a 19/05 – 12h às 13h30
EXIBIÇÃO DE FILME – Cineclube Sobrado: edição especial. Curtas-metragens exibidos no horário do almoço.

17 a 20/05 – 14h às 16h30
EXIBIÇÃO DE FILME – Cineclube Sobrado para grupos agendados. Os grupos agendados discutirão temas voltados às paisagens naturais e culturais, a partir de curtas metragens. 35 vagas. Mediadora: Natália Maranhão.

17 a 21/05 – 9h às 16h30
VISITA GUIADA – Mediação expositiva para grupos agendados.

20 a 21/05 – 9h às 13h
OFICINA – Introdução à Encadernação. Mediadora: Geórgia Mara. 15 Vagas. 8 horas. Público: 12 a 20 anos. Mais informações: (85) 3101-8826/ (85) 3101-8827.

21/05 – 10h
ABERTURA da Exposição “Poema das Águas”, com a fotógrafa Nívia Uchoa”

“Poema das águas” nasce de desdobramentos do projeto “Água pra que te quero! Projeto de pesquisa em livro e vídeo documentário, tendo como área de abrangência as três (3) bacias hidrográficas no Estado do Ceará: Banabuiú, Salgado e Alto Jaguaribe, ambos visam documentar e expor a partir da fotografia, vídeo e pesquisa oral a relação do ser humano com a água, a partir de uma estética artística e documental. Com isso, buscam sensibilizar a sociedade civil no sentido de contribuir para o uso racional da água, estimulando uma reflexão sobre o tema e alertando sobre práticas cotidianas de desperdício que podem ser evitadas em prol da vida do planeta. Para tanto, a pesquisa fotográfica para livro e vídeo consistiu em documentar a água e seu patrimônio imaterial, sendo utilizados como critérios de seleção: presença/ausência de corpos de água e forma de abastecimento (açudes, lagoas, rios, poços); presença/ausência de Unidade de Conservação, proximidade entre os municípios e tamanho da população.

EXPOSIÇÃO em cartaz: “Firmezas – Resistência Poética”, até 28/6

Composta por obras e peças do MiniMuseu Firmeza, fundado pelos artistas plásticos Estrigas e Nice, a exposição “Firmezas – Resistência Poética” é resultante de uma oficina em curadoria colaborativa, realizada em abril no Sobrado Dr. José Lourenço, integrada por pessoas de diferentes formações, que se complementaram e se alternaram nos trabalhos de concepção expositiva, expografia, montagem, ação educativa e identidade visual. “Firmezas – Resistência Poética” segue aberta até 28/6 com entrada franca e é uma realização da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e MiniMuseu Firmeza, com apoio do 67º Salão de Abril, Secultfor e Centro de Referência à Infância (Incere), patrocinado pela Coelce.

Museu do Ceará
Endereço: Rua São Paulo, 51 – Centro
Fone: (85) 3101.2610/ 3101.2611
Funcionamento: aberto ao público de terça-feira a sábado, das 9 às 17 horas.
Acesso gratuito

RmuseudocearáARI0816XII SEMANA PAULO FREIRE – Tema Capitalismo, Civilização e Trocas Culturais no Ceará

19/05

18h30 – ABERTURA DOS TRABALHOS: Apresentação do Projeto “Capitalismo e Civilização nas Cidades do Ceará”. Prof. Pádua Santiago (MAHIS/ UECE)

MESA 01: “Hábitos, Costumes e Práticas Letradas”. Profs. Marco Silva e Gleudson Passos (MAHIS/ UECE), Profs. Lucas Pereira, Adilson Lopes, Rafaela Lima e Taynara dos Anjos (GPPUR/ MAHIS-UECE)

20h – LANÇAMENTO DE LIVRO. Sociabilidade e Lazer: Fortaleza no início do século XX (Edições INESP), da Profª. Carla Vieira.

20/05

18h30 – MESA 02: “Cultura Material, Controle Social e Governamentalidade”. Profs. Pádua Santiago e Erick Araújo(GPMAHIS-UECE), Profs. Ana Paula Gomes, Cláudia Vidal, Gleiciane Nobre e Patrícia Marciano (GPPUR/ MAHIS-UECE).

20h – LANÇAMENTO DE LIVRO. Lançamento do 13º Volume dos Cadernos Paulo Freire:Capitalismo, Civilização e Trocas Culturais no Ceará

Museu Sacro São José de Ribamar
Endereço: Praça Cônego Araripe, 22 – Aquiraz
Fone: (85) 3101.2818/ 3361.2535
Funcionamento: Terça-feira a sábado, das 9h às 17h
Acesso gratuito

Rmuseus josé de ribamar 649118/05 – 10h

ABERTURA da exposição “Influência Indígena”: Comunidade Jenipapo-kanindé – Cidade de Aquiraz – Museu Sacro

A exposição é composta por fotografias e objetos Indígenas  que mostram a influência da cidade no cotidiano  da comunidade indígena e a sua relação com o Museu Sacro.

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC)
Endereço: Centro Dragão do Mar, Rua Dragão do Mar 81, Praia de Iracema
Fone: (85) 3488.8600

14/05 a 22/05
EXPOSIÇÃO – Os Núcleos de Ação Educativa dos museus do CDMAC realizam exercício de curadoria conjunta com obras dos seus acervos para realização de uma exposição que abordará as questões da Semana de Museus.

17/05 a 22/05 – 16h às 18h
EXIBIÇÃO DE FILME – Os Núcleos Educativos do Museu de Arte Contemporânea do Ceará e do Museu da Cultura Cearense realizam curadoria e mostra diária de filmes que se relacionam com o tema paisagens culturais.

17/05 a 22/05 – 9h às 18h
OFICINA – Os educadores dos museus do CDMAC desenvolverão ao longo da Semana de Museus atividades de produção artística nas quais o público poderá pensar sobre paisagem cultural a partir de sua cidade.

17/05 a 22/05 – 9h às 17h
VISITA GUIADA – Os educadores do Museu da Cultura Cearense realizarão mediações educativas com grupos agendados que refletirão a ideia de paisagem cultural a partir do ambiente sertanejo na exposição “Vaqueiros”.

17/05 – 15h às 17h
ENCONTRO – Os Museus do CDMAC convidam artistas e moradores das comunidades próximas ao Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura para uma conversa sobre as histórias que envolvem seu entorno.

19/05 – 14h às 18h
SEMINÁRIO – Os educadores dos museus do CDMAC apresentam o resultado de estudos acadêmicos nos quais relacionam suas áreas de formação com o tema da 14ª Semana de Museus.

20/05- 19h às 21h
MESA REDONDA – Os museus do CDMAC convidam pesquisadores para discussão do tema paisagem cultural e urbanidade em Fortaleza.

Theatro José de Alencar
Endereço: Rua Liberato Barroso, 525 – Praça José de Alencar – Centro
Fone: (85) 3101.2596

Exposição “Olhares Diversos na Luta Antimanicomial”
Local: Galeria Ramos Cotoco – Anexo do Theatro José de Alencar
Data: De 6 a 31 de maio de 2016
Horário de Visitação: Terça a Sexta: 09 às 18h e
Sábado e Domingo: 14 às 18h

O Fórum Cearense da Luta Antimanicomial, em parceria com o Theatro José de Alencar, realiza a exposição coletiva “Olhares Diversos na Luta Antimanicomial”, trazendo as obras de J W Crispim, J C Bandeira, Marina Rodrigues, Sandra Barros e José Edmar. A exposição segue até 31/05,  na Galeria Ramos Cotoco do TJA e tem entrada franca. Com curadoria de Raimundo Lima, “Olhares Diversos na Luta Antimanicomial” é uma exposição de pinturas e objetos de artistas que vivenciam o limite da existência. O sofrimento é transmitido em matéria prima para a criação artística, gerando potência de vida.

PRESS-RELEASE – SECRETARIA DA CULTURA DO ESTADO DO CEARÁ – SECULT

Entrevistas/mais informações:
(85) 3101-6761 / Lucas Benedecti, Paula Candice
secultmkt@gmail.com
Fotos: Secult/Divulgação/Felipe Abud

13.05.2016

Coordenação de  Comunicação da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará
Dalwton Moura / 85 3101.6761

Assinatura coornenadoria matérias