Em carta proposta por Camilo, governadores do Nordeste defendem o Ministério da Cultura

19 de Maio de 2016

Durante o Encontro dos Governadores do Nordeste, realizado em Maceió (AL), gestores assinaram carta proposta por Camilo Santana contra a extinção do Ministério da Cultura

R13233070 1764613300437922 2510205436258736254 nO governador Camilo Santana propôs nesta quinta-feira (19), durante o 4o Encontro dos Governadores do Nordeste, em Maceió (AL), uma carta dos gestores em defesa do Ministério da Cultura. O documento, que foi prontamente aceito pelos nove governadores da região, será entregue ao Governo Federal.

“Não podemos retroceder nas políticas construídas ao longo de 31 anos de existência do Ministério. A cultura é o principal vetor de criação de uma sociedade orientada para a convivência, o sentido de justiça e o respeito às diferenças”, citou o governador Camilo Santana, ao apresentar a proposta aos demais governadores do Nordeste.

Na carta (íntegra abaixo), os governadores manifestam-se contra a extinção e pelo fortalecimento das políticas construídas durante as mais de três décadas de existência do Ministério da Cultura.

Segurança e economia

Durante o encontro, os governadores trataram ainda sobre a proposta de uniformização dos índices de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que busca uma visão real e técnica dos números de homicídios registrados em cada estado da federação, possibilitando uma política nacional e uniforme de prevenção e combate ao crime.

Além disso, o evento, que contou com a presença de secretários estaduais de Fazenda, tratou temas como o apoio ao projeto de renegociação da dívida dos estados com ampliação de carência; autorização para a contratação de novas operações de crédito; e apoio à possibilidade de utilização de depósitos judiciais como enfrentamento da crise fiscal, entre outros.

Além de Camilo Santana e do anfitrião Renan Filho, participaram do encontro os governadores Paulo Câmara (PE), Jackson Barreto (SE), Robinson Faria (RN), Rui Costa (BA), Wellington Dias (PI), Ricardo Coutinho (PB) e Flávio Dino (MA). O primeiro Encontro dos Governadores do Nordeste foi realizado em novembro de 2014, em João Pessoa. No ano passado foram realizados eventos em Natal e Teresina.

Veja íntegra da Carta dos Governadores do Nordeste em Defesa do Ministério da Cultura

No texto, a carta cita que “Os Governadores dos Estados do Nordeste, signatários nesta carta, manifestam-se em defesa da integridade do Ministério da Cultura – contra sua extinção e pelo fortalecimento das políticas construídas ao longo de seus 31 anos de existência, com ênfase no Sistema Nacional de Cultura e no Plano Nacional de Cultural, marcos institucionais importantes para construção do pacto federativo entre a União, estados e municípios brasileiros em torno da democratização do acesso aos bens e serviços culturais, bem como do fomento às artes e da preservação e promoção do patrimônio cultural e da memória brasileira em toda sua diversidade”.

 
Maceió, Alagoas em 19 de Maio de 2016.

José Renan Vasconcelos Calheiros Filho
Governador de Alagoas

Rui Costa dos Santos
Govenador da Bahia

Camilo Sobreira de Santana
Governador do Ceará

Flávio Dino de Castro e Costa
Governador do Maranhão

Ricardo Vieira Coutinho
Governador da Paraíba

Paulo Henrique Saraiva Câmara
Governador de Pernambuco

José Wellington Barroso de Araújo Dias
Governador do Piauí

Robinson Mesquita de Faria
Governador do Rio Grande do Norte

Jackson Barreto de Lima
Governador de Sergipe

 

 

RFullSizeRender

 

 

 

19.05.2016

Thiago Cafardo
Porta-voz / Governo do Ceará

Assinatura coornenadoria matérias