Festival Internacional de Dança de Fortaleza começa nesta quinta-feira (23)

21 de junho de 2016

Com 2.800 artistas cearenses, bailarinos, coreógrafos e maitres de dança de 13 estados brasileiros e de três países convidados (Argentina, Uruguai e Suíça), a XVI edição do Festival Internacional de Dança de Fortaleza e Itinerante do Ceará – Fendafor começa nesta quinta-feira (23), com a Mostra Competitiva,  e segue até 3 de julho. A abertura oficial do Fendafor 2016 será no dia 29, às 18h, nos Jardins de Burle Marx (Palco do Mercado da Dança) do Theatro José de Alencar. Também acontecerão apresentações diárias no palco principal do TJA, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). O evento é uma realização da ONG Bailarinos de Cristo, Amor e Doações (BCAD), dirigida pela bailarina e coreógrafa Janne Ruth, e conta com o apoio da Secult. A programação completa já pode ser conferida no site oficial do Fendafor: http://www.fendafor.com.br/.

Como ressaltam os organizadores, o Fendafor está entre os maiores festivais de dança do Brasil e é o maior em ação social do Estado, tendo como foco um programa de formação pedagógica para bailarinos, pensadores, produtores culturais, mostra de dança e circulação de espetáculos em cidades de todo o Ceará.

Entre os convidados deste ano está o casal de primeiros bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Cícero Gomes e Karen Mesquita. Sandro Fernandes, Alef Albert e Mel Oliveira, respectivamente bailarinos e solista do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, também fazem parte do festival, assim como Gizela Vaz, fundadora e diretora do Festival Internacional de Dança de Goiás e presidente do Conselho Brasileiro de Dança. Guivalde Almeida, maitre e diretor da Companhia Brasileira de Danças Clássicas de São Paulo, também está entre os convidados.

Abertura oficial e atividades de formação

Na abertura oficial do Fendafor, no dia 29, serão homenageados com o Troféu Fendafor de Responsabilidade Cultural personalidades de destaque nas artes cênicas. Entre eles, Sandro Borelli, coreógrafo e pesquisador; Davi Alenquer, bailarino, figurinista e maquiador; Alex Neoral, bailarino, coreógrafo e diretor da Focus Cia de Dança.

Apesar de a abertura oficial ser no dia 29, as atividades do Festival começam no dia 23, às 9h30, com a Mostra Competitiva de Solos, Duos e Trios. A Mostra Competitiva oferecerá bolsas de estudo em escolas nacionais e internacionais, prêmios em dinheiro e passagens aéreas para o CBDD 2017 – Festival Internacional do Conselho Brasileiro de Dança, no Rio de Janeiro. O Festival Internacional de Goiânia também vai indicar bailarinos para a edição de 2017.

O Mercado da Dança (nos jardins do Theatro José de Alencar) terá apresentações diárias a partir das 15h. A partir das 17h acontecem as Mostras Competitivas, com mais de 400 apresentações.

O Festival vai promover ainda duas residências e 17 cursos, gratuitos, com 600 vagas, para bailarinos e artistas cearenses. Os cursos serão ministrados na Escola de Ballet Janne Ruth, na Vila das Artes, Cuca Jangurussu e em outras escolas parceiras do evento.

As atividades ofertadas pelo festival para os bailarinos cearenses são gratuitas, permitindo a inclusão de um maior número de participantes em todas as modalidades. Desde a sua fundação o festival tem contribuído para a popularização da dança no Estado, unindo talentos e oportunidades.

Programação ampla e diversa

Durante os 10 dias do evento, o público vai ter a oportunidade de conferir espetáculos das diversas linguagens da dança, do popular ao clássico; do amador ao profissional; da infância à terceira idade. Simultaneamente às apresentações serão realizados cursos, oficinas, workshops, mostra de vídeo dança, seminários, palestras, conferências e rodas de conversa.

21.06.2016

Assessoria de Comunicação da Secult
Dalwton Moura / 85 98699-6524 / 85 3101-6761
secultmkt@gmail.com