Projeto ‘Enem Não Tira Férias’ inicia atividades para alunos da rede pública estadual

6 de julho de 2016

Nesta quarta-feira (6), a titular da CGD, Socorro França, ministrou a aula inaugural do projeto na Escola Estadual Justiniano de Serpa, em Fortaleza

 MVS83441Cerca de 120 alunos participaram, na manhã desta quarta-feira (6), da aula inaugural do projeto “Enem Não Tira Férias”, ministrado pela controladora Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), Socorro França, na Escola Estadual Justiniano de Serpa, em Fortaleza. A ação, realizada pela Secretaria de Educação, terá atividades que reúnem aulões e práticas de redação voltados para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016.

A titular da CGD ministrou a palestra, com ar de bate papo bem descontraído, com o tema “Liberdade de expressão sem ferir a integridade moral do outro”, abordando questões sobre princípio da razoabilidade, direitos humanos, dignidade, humanização e  MVS83481violência. “Fico encantada e ainda mais empolgada quando dou aula para esses jovens. É um resgate da minha raiz de professora. Além disso, ver que todos estão aqui, prestando atenção e participando, mesmo de férias e em um dia chuvoso, é muito gratificante”, ressaltou Socorro França.   

Entre os estudantes presentes na palestra estava Ytalo Ribeiro, de 18 anos, aluno do terceiro ano do ensino médio da Escola Estadual Justiano de Serpa. “Ter eventos como esse é de suma importância, pois integram alunos e professores aos profissionais de referência. Dessa forma, podemos debater assuntos importantes para a preparação do Enem 2016, além de ampliar nossos conhecimentos. Esse suporte que nos dão para a capacitação do Enem aumenta mais ainda a nossa vontade de ingressar no curso dos nossos sonhos em uma universidade pública”, disse o estudante.

“Enem não Tira Férias”

A ação “Enem não Tira Férias” faz parte do projeto “Enem Chego Junto, Chego Bem”, que tem como finalidade mobilizar e preparar os estudantes da rede estadual para o Exame. Ao todo, cerca de 180 escolas estão com atividades e mais de 96 mil estudantes devem participar em todo o Estado. Os aulões seguem até o próximo dia 21 de julho. Para participar do projeto, o aluno precisa estar matriculado na rede estadual e, caso sua unidade de ensino não desenvolva o projeto, pode comparecer a uma escola que funcione como polo.

Jovens cearenses nas universidades

Em 2007, foram aprovados 707 alunos da rede pública para universidades públicas. Esse número passou para 3.105 em 2014. Já a entrada na universidade pública ou particular através de vestibular ou do ProUNi saiu de 4.787 naquele ano e alcançou, em 2014, 11.403 alunos. Os números relativos ao Enem 2015 ainda serão divulgados pelo MEC.

06.07.2016

Wilame Januário
Repórter/Célula de Reportagem

Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará

Expediente coordenadoria-01