Saúde aposta na comunicação para alertar sobre animais peçonhentos

8 de julho de 2016

O Ceará registra este ano 1.869 acidentes por animais peçonhentos, com três vítimas fatais até o início do mês de julho. Em todo o ano passado foram 3.976 acidentes registrados. Durante todos os dias do ano é preciso ter cuidado com os animais peçonhentos. Em julho, período das férias escolares, da exploração de trilhas, da poda do cajueiro e, também, do acasalamento e reprodução das cobras, os cuidados devem ser redobrados.

Há registros de acidentes com animais peçonhentos em municípios das diferentes regiões do Estado, o que mostra que os perigos ocorrem indistintamente em ambiente urbano, no sertão, nas serras e no litoral. A melhor forma de evitar os acidentes com cobras, escorpiões, aranhas e outros bichos peçonhentos é a prevenção. Para alertar a população, a Secretaria da Saúde do Estado está lançando uma campanha de informação, com linguagem clara e direta, orientando como se proteger, os primeiros socorros e ainda o que não fazer em casos de acidentes, como sugar o local da picada e arranhões e colocar areia.  A publicação ressalta que os animais peçonhentos podem matar.

 

folder digital animais peconhentos julho2016 site 002

 

 

Baixe aqui o arquivo para impressão.

 

 

08.07.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Assinatura coornenadoria matérias