Adagri realiza fiscalização de viveiros em Fortaleza e Limoeiro do Norte

15 de julho de 2016 # # # # # # # #

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará, Adagri,  concluiu hoje, 15/7, duas ações de controle do cancro cítrico no estado do Ceará. A primeira ação foi realizada em viveiros na região metropolitana de Fortaleza, com a erradicação de mudas que apresentaram laudo positivo de cancro cítrico,  um tipo de doença bacteriana que provoca lesões nos ramos, nas folhas e nos frutos, acarretando uma queda na produção de espécies cítricas (laranja, limão e tangerina).

Na região de Limoeiro do Norte, os fiscais da Adagri também estão fazendo a prospecção em áreas de produção de citros. De acordo com o gerente de Avaliação de Risco da Agência, Daniel Aguiar, em caso de suspeita da doença, os fiscais  interditam as plantas e/ou mudas, realizam a coleta oficial de amostras enviando para laboratório oficial credenciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para análise.

Esse processo de análise pode durar até 30 dias, período em que estas as mudas não podem ser comercializadas. Daniel Aguiar informa ainda, que em caso resultado positivo para a doença, os fiscais retornam às propriedades, aprendem e fazem a destruição das mudas.

A realização dessas ações é feita por Fiscais Estaduais Agropecuários da Adagri, com o apoio da SFA/MAPA e do Batalhão de Policiamento do Meio Ambiente – BPMA. Além da erradicação na região metropolitana e da prospecção da doença em Limoeiro de Norte, os fiscais da Adagri estão fazendo um trabalho de educação sanitária junto aos produtores e viveiristas para melhor controle da mesma em nosso estado. As atividades de prospecção de pragas fazem parte da rotina dos fiscais na vigilância fitossanitária no estado do Ceará.

15.07.2016

Assessoria de Comunicação da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará – Adagri
Sonara Capaverde / ​(85) 988182643 / (85) 996742505

Assinatura coornenadoria matérias