Tecnova-CE: empresas beneficiadas participam de encontro na Secitece

20 de julho de 2016 # # # # # # # # # # # #

Objetivo foi mostrar o resultado das visitas de acompanhamento técnico e apresentar os novos passos do projeto

Representantes das 29 empresas participantes do Programa de Apoio à Inovação Tecnológica nas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Ceará (Tecnova-CE) participaram de encontro na manhã desta terça-feira (19) no auditório da Secitece.

A reunião foi conduzida pelo secretário adjunto da Secitece, Francisco Carvalho, coordenador do Tecnova no Ceará, e contou com a presença da coordenadora técnica do programa Tecnova-CE, Ana Kécia Rocha; da gerente executiva da Fundação ASTEF, Eveline Viana; da vice-presidente da Rede de Incubadoras do Estado do Ceará – RIC, Sueli Vasconcelos e do gerente da Unidade de Inovação e Tecnologia do Senai, Regis Rafael Tavares.

O objetivo foi apresentar o resultado das visitas de acompanhamento técnico, realizadas de 27 de junho a 18 de julho, e apresentar os novos passos do projeto.

Em fase de conclusão dos projetos, o Tecnova-CE foi criado para apoiar a inovação de empresas de micro e pequeno porte cearenses, por meio da disponibilização de recursos de subvenção econômica da ordem de R$ 20 milhões, oriundos da Finep e Governo do Estado.

Sueli Vasconcelos parabenizou os inovadores e empreendedores por aceitarem o desafio de colocar novos produtos e serviços no mercado. “É muito difícil nessa era ser competitivo sem inovar. Inovação não é só pesquisa, é fazer negócios, transformar as ideias em resultados”, afirma.

Para Eveline Viana, além do aporte tecnológico é preciso lembrar a grande contribuição social que um programa como o Tecnova-CE traz para a sociedade. “São 29 empresas abrindo postos de trabalho, tirando as pessoas da rua, contribuindo não só com o aspecto econômico mas também com o social. Temos que nos sentir orgulhosos, porque esse programa é um sucesso”, comemora.

Resultados

Das 29 empresas visitadas no último mês, quatro já concluíram o desenvolvimento dos seus projetos: Atlanta, Cândido Couto, Diógenes Bayde e RAV Soluções Tecnológicas.

O Tecnova é executado em 19 estados brasileiros. Um dos grandes diferenciais do Tecnova-CE é a qualidade do acompanhamento. “Temos uma equipe dedicada exclusivamente para o acompanhamento das empresas, com uma metodologia inovadora de acompanhamento”, explica Ana Kécia.

Segundo ela, esse é um dos motivos do reconhecimento que o Tecnova-CE tem tido nacionalmente. “Recebemos ligações e visitas de diversos estados que vêm aqui para aprender a resolver os problemas”, aponta.

O secretário adjunto Francisco Carvalho vai além e diz que a secretaria tem estudado parcerias para apoiar as empresas a colocarem seus produtos no mercado. “Queremos que o Tecnova-CE tenha continuidade e que permita apoiar essa segunda etapa de mercado. O secretário Inácio Arruda está indo a Brasília para negociar o Tecnova II”, revela.

O prazo para conclusão dos projetos é 4 de dezembro de 2016 e em segunda convocação 13/12. Até lá, a Secitece, por meio da coordenação do Tecnova-CE deverá realizar uma mostra tecnológica dos produtos Tecnova-CE e confeccionar um catálogo impresso com os resultados do programa.

20.07.2016

Secretaria da Ciência,Tecnologia e Educação Superior – Secitece
Emilia Augusta Bedê – Coordenadora de Comunicação
Simplicia Sinibaldi

Assinatura coornenadoria matérias