SPD conclui monitoramento do PFMC até o final do mês

25 de julho de 2016 # # # # #

Programa de prevenção às drogas contemplou 38 iniciativas comunitárias em 18 municípios cearenses

 

Técnicas da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) concluem, até o final desta semana, o trabalho de monitoramento de entidades que tiveram projetos contemplados pelo programa de prevenção às drogas Fortalecendo Minha Comunidade (PFMC). O objetivo é avaliar a execução e desenvolvimento das atividades previstas em cada projeto selecionado.

 

A ação já ocorreu em entidades localizadas em 13 municípios cearenses. Esta semana, será concluída com visitas aos municípios de Horizonte, Eusébio, Ocara, Maranguape e Caucaia, num total de nove instituições. O trabalho será efetivado por uma equipe da Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (Copod) da SPD.

 

Em sua primeira edição, o PFMC contemplou 38 projetos elaborados por ONG’s, associações de moradores e instituições não públicas que têm atuação comunitária e desenvolvem atividades na perspectiva da promoção da cidadania e prevenção ao uso abusivo de álcool e outras drogas. As instituições estão distribuídas em 18 municípios cearenses.

 

O PFMC proporcionou apoio técnico e financeiro às iniciativas comunitárias, sem o repasse direto de recursos. As entidades contempladas receberam materiais, bens e serviços para a realização das atividade propostas. Os projetos beneficiados foram divididos nos seguintes eixos temáticos: atividades de esporte e lazer na comunidade, atividades artísticas e culturais e atividades de desenvolvimento comunitário e geração de renda.

 

A secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Aline Bezerra, explica que o PFMC foi desenvolvido visando ao fortalecimento dos fatores de proteção do território e da rede social de apoio na prevenção ao uso de drogas. O público beneficiado na primeira edição chega a 200 pessoas por projeto contemplado com o programa ao longo de quatro meses de execução.

 

A titular da SPD ressalta que o PFMC viabiliza a integração entre os serviços da Rede de Atenção à Saúde e os equipamentos comunitários, formando uma rede de suporte social solidária, inclusiva, corresponsável e protagonista da produção de cuidado e da atenção psicossocial aos usuários em cada um dos territórios favorecidos. Lembra, ainda, que o programa vem proporcionando o envolvimento de uma população de, pelo menos, 7.600 pessoas nos municípios contemplados em atividades de promoção da cidadania e prevenção ao uso de drogas.

 

25.07.2016

Fernando Brito
Repórter

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spdc.ce.gov.br