Complexo fotovoltaico é discutido em audiência pública em Quixeré

1 de agosto de 2016

Oitocentos mil painéis fotovoltaicos com planta de capacidade de 210MW farão parte do projeto de implantação do Complexo Fotovoltaico Apodi, no município de Quixeré, na região do Baixo Jaguaribe. O empreendimento foi tema de discussão da audiência pública presidida pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) na sexta-feira (29), reunindo autoridades, líderes comunitários das regiões próximas, e população local. “Estamos aqui para discutir as dúvidas, anseios e críticas em relação ao empreendimento”, destacou o coordenador do Núcleo de Impacto Ambiental (Nuiam), Wilker Sales, ao dar início ao evento.

Avaliado em R$ 800 milhões, o projeto possuirá grande estrutura metálica, com sete usinas fotovoltaicas, com total de 825.300 módulos fotovoltaicos de 320,0Wp de potência, a serem implantados em área de 825 hectares. De acordo com a Kroma, a energia elétrica produzida será escoada através de uma linha de transmissão aérea, em 230 Kv, com 215 metros de extensão, a partir da Subestação Elevadora Apodi até a conexão com a Subestação de Quixeré, tendo possibilidade de gerar 544 GWh por ano. A instalação está prevista para agosto de 2017.

A audiência ocorreu no Centro Vocacional Tecnológico de Quixeré e foi validada por Wilker Sales, que presidiu o evento. Antes do momento, a equipe multidisciplinar da Semace, composta por técnicos do licenciamento e florestal, foi até o local onde o empreendimento será implantado para averiguar a área, vegetação, fauna, aspectos sociais, entre outros analisados nos estudos ambientais.

01.08.2016

 
Ana Luzia Brito
Assessora de Comunicação da Superintendência Estadual do Meio Ambiente
85 3101.5554 | 98653.8337
comunicacao@semace.ce.gov.br

Assessoria de Comunicação – Ascom
Superintendência Estadual do Meio Ambiente – Semace
Governo do Estado do Ceará
(85) 3101-5554

Expediente coordenadoria-01