Políticas sobre Drogas: Pessoas em situação de rua têm acesso à sétima arte

18 de agosto de 2016

Dentre as ações desenvolvidas no âmbito do Projeto Corre Pra Vida da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) está proporcionar o acesso a atividades artísticas e culturais para pessoas em situação de rua ou em outros contextos de vulnerabilidade social numa forma de estimular a  socialização, interação e reinserção social desse público.

Nessa perspectiva, os beneficiários do projeto terão a oportunidade de participar de duas sessões de cinema nesta quinta-feira, 18, a partir das 18 horas. Serão exibidos dois curta-metragens: “O muro é o meio”, premiado em mostra de cinema e direitos humanos; e “Crack, repensar”, produzido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O local das sessões será o ponto de acolhimento (contêiner) do Corre Pra Vida, localizado no Centro de Fortaleza, junto à Santa Casa de Misericórdia.

De acordo com a gerente técnica do Corre Pra Vida, Andréa Autran, o objetivo da iniciativa é promover momentos de cultura para as pessoas em situação de rua. Ela informa ainda que, após as exibições, ocorrerá uma roda de conversa entre o público presente e profissionais do projeto sobre a temática abordada nos filmes. “A expectativa é de que essa ação seja realizada mensalmente junto ao contêiner, atraindo cada vez mais expectadores”, completa.

O projeto

Já superou a marca de 20 mil o número de atendimentos realizados pelo Corre Pra Vida, incluindo cerca de 500 encaminhamentos. O projeto foi implementado a partir de novembro de 2015 e vem possibilitando à população em situação de rua e socialmente vulnerável o acesso a atividades de autocuidado, serviços de saúde e à Rede de Atenção Psicossocial (Raps).

No ponto de acolhimento (contêiner), instalado na área denominada de Oitão Preto, os usuários são atendidos por uma equipe de profissionais interdisciplinares e redutores de danos. O equipamento funciona de segunda a sábado, das oito às 17 horas.

Com a utilização de uma unidade móvel, profissionais do projeto realizam ações de campo, com abordagens nas ruas e em cenas de uso de drogas, repassando orientações sobre a redução de danos.

18.08.2016

Fernando Brito
Repórter

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br

www.spd.ce.gov.br
Facebook: spdceara
Twitter: @spdceara