SSPDS realiza reunião para conhecer sistema de verificação veicular da PRF

19 de agosto de 2016

Diminuir a mobilidade do crime, mapear áreas sensíveis e fortalecer o policiamento comunitário. Esses são alguns dos resultados que podem ser alcançados com a implantação do Sistema Alerta Brasil, da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O Alerta Brasil, que é um dos instrumentos para a operacionalização da Política Nacional de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos e Cargas, foi apresentado pela Superintendência da PRF no Ceará à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), à Polícia Militar, por meio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), à Secretaria Municipal de Segurança Cidadã de Fortaleza (Sesec) e à Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC), na manhã desta sexta-feira (19). A iniciativa vai de encontro ao que propõe o Pacto por um Ceará Pacífico – integração e união de esforços visando à diminuição de crimes no Ceará.

Esse foi o primeiro encontro entre os órgãos, com o objetivo de discutir a viabilidade técnica de se estabelecer um Termo de Cooperação Técnica entre o Governo do Estado, via SSPDS; a Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF), por meio da AMC e Sesec; e o Ministério da Justiça, através do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (PRF). Uma vez que a Política Nacional de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos e Cargas prevê a parceria entre a União, os Estados e os municípios para promover a implantação, a integração, a modernização e a adequação tecnológica dos sistemas de monitoramento veicular dos equipamentos e dos procedimentos empregados, com vistas à unificação de dados de interesse nas atividades de prevenção, de fiscalização e de repressão ao furto e roubo de veículos e cargas.

O Sistema Alerta Brasil, que já vem sendo utilizado há dois anos, pela PRF em todo país, permite que, por meio de imagens de câmeras de monitoramento, placas de veículos sejam analisadas e seja identificado se um carro é roubado, clonado ou, por exemplo, está com problema na documentação. Com a formalização de um Termo de Cooperação Técnica, será possível que as imagens e informações de câmeras dos órgãos convirjam para o Sistema Alerta Brasil e elas sejam processadas e disponibilizadas para os órgãos participantes.

Segundo o superintendente da PRF no Ceará, Stênio Pires, a intenção é transformar o Ceará em referência nacional na troca de informações entre os diversos órgãos que compõem o Plano Nacional. “A diretora do Departamento (de Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza) já sinalizou que quer que o Ceará seja piloto e referência para o Brasil, quiçá para o mundo”, frisou.

Saiba mais

A Política Nacional de Repressão ao Furto e Roubo de Veículos e Cargas foi instituída pela Lei Complementar Federal nº 121, de 9 de fevereiro de 2006, e regulamentada pelo Decreto 8.614, de 22 de dezembro de 2015.  

19.08.2016

Kélia Jácome,
Assessora de Comunicação,
Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS),
Governo do Estado do Ceará,
(85) 3101.6518 e 8766.0028