Portal da Transparência do Ceará atinge a marca histórica de um milhão de consultas

23 de agosto de 2016

 

Já são oito anos contribuindo para a cultura do controle social e transparência no Ceará. Milionésima consulta foi realizada no início da tarde desta terça-feira (23)

Com oito anos de existência, o Portal da Transparência do Ceará apresenta crescimento expressivo no número de consultas e atinge, nesta terça-feira (23), a marca de um milhão de consultas. São pessoas que buscam informações públicas sobre o Estado relacionadas à gestão administrativa, como licitações, contratos, recursos humanos, despesas, projetos, execução orçamentaria, receitas, entre outros.

 ARI0471 webPara o secretário-chefe da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), Flávio Jucá, a marca é motivo para comemorar. “Estamos bastante felizes com o alcance de um milhão de acessos no Portal da Transparência do Ceará. Isso mostra que a população cearense aprova, gosta e busca o Portal como referência para obter informações e, assim, interagir efetivamente com o Estado”, destaca.

Em 2015, a página obteve 236.653 visitas, um acréscimo de 60.923 visitas em relação ao ano de 2014, representando um crescimento anual de 35% no volume de acessos. De 2009 a 2015, o Portal da Transparência teve um crescimento acumulado de 445% no volume de acessos. De janeiro a julho deste ano, o portal já contabilizou um total de 151.393 acessos, sendo as cinco consultas mais visitadas: “Informações de Servidores”; “Contratos”; “Convênios”; “Comparativos Receitas e Despesas” e “Despesas por Nota de Empenho”.

rr ARI0416O orientador da Célula de Transparência e Ética da CGE, Marcos Almeida, lembra o destaque nacional obtido pelo Portal. “Recentemente, em uma avaliação feita pelo Ministério Público Federal, o Portal da Transparência do Ceará ficou em primeiro lugar, atingindo a nota máxima em todos os critérios avaliados, considerando os aspectos legais e as boas práticas de transparência. O resultado mostra que estamos no caminho certo, sempre preocupados em disponibilizar de forma clara e transparente as informações do Estado para o cidadão cearense”.

Ouvidoria

web MVS0493A CGE disponibiliza também outros canais de acesso à informação. Além do atendimento presencial ou por correspondência, o órgão oferece o atendimento telefônico, por meio do número 155, feito pela Central de Atendimento da Ouvidoria. Constitui-se em um dos principais canais receptores e porta de entrada das demandas de ouvidoria e de acesso à informação de todo o Estado.

A articuladora da Central de Atendimento da Ouvidoria, em Canindé, Zeneide Araújo, ressalta que o serviço contribui para o desenvolvimento do Estado. “É uma grande responsabilidade fazer o elo entre o cidadão e o Governo do Ceará. Através do número 155, que é gratuito, recebemos diariamente demandas de cearenses que ligam para fazer críticas, dar sugestões, denunciar e elogiar o Estado. Acreditamos que essa ferramenta contribui efetivamente para melhorar o trabalho da gestão estadual”, diz.

De acordo com a teleatendente da Central de Atendimento, Midiam Lima, a Central de Atendimento acaba sendo um elo não só para quem liga, mas também para quem trabalha no local. “Ao mesmo tempo em que recebemos a demanda do cidadão, que é um cliente do Estado, nós também usufruímos o serviço porque apuramos a informação para dar um retorno. Portanto, assim que obtemos a informação, repassamos uma resposta para o usuário, que pode solicitar um novo feedback caso haja insatisfação e assim também vamos nos informando”, ressalta.

web MVS0642Quem utiliza as plataformas de acesso à informação da CGE garante a eficiência do serviço e recomenda. É o caso da moradora de Canindé Nilde Sousa, de 60 anos, que sempre procura a Ouvidoria para apresentar demandas de interesse social. “Sempre utilizo o 155 e fico satisfeita com o serviço. Os atendentes são todos preparados para nos atender a população, pois sempre são educados e atenciosos conosco. Isso mostra que o Estado está preocupado com a opinião da população, que pode ligar e contribuir com demandas pessoais e de terceiros”, salienta.

Redes Sociais e Sistema de Informação ao Cidadão

 ARI0426 webNa internet, o Governo do Ceará disponibiliza mais dois canais de atendimento para os cidadãos que desejam solicitar informação: o Twitter e o Facebook. As solicitações realizadas pelas redes sociais são cadastradas por técnicos da CGE no Sistema de Informação ao Cidadão (SIC), sendo encaminhadas para os órgãos e entidades do governo responsáveis pelo assunto em questão.

web MVS0550Já o SIC é uma ferramenta informatizada dentro do Sistema de Ouvidoria (SOU) utilizado para o registro e as solicitações das demandas, com recursos e procedimentos em conformidade com a Lei de Acesso à Informação. A utilização permite ao usuário dar encaminhamento imediato da manifestação ao Comitê Setorial do órgão competente, facilitar o cadastro dos dados, possuir recurso de inclusão de anexos e possibilitar o acompanhamento de todo o andamento da manifestação.

Flávio Jucá finaliza dizendo que a transparência está disseminando-se no Brasil. “A cultura de transparência que está se desenvolvendo no país, desde o cidadão até o servidor público, deve ser propagada e explorada. Mais do que uma obrigação legal, nossos canais de comunicação são uma oportunidade para que o Estado comunique-se com a população e sirva de forma adequada a quem detém do poder, que é o povo”, concluiu.

web MVS0601

Texto:

Wiarlen Ribeiro
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Marcos Studart e Ariel Gomes / Governo do Ceará

 

 

 

 

23.08.2016

Assessoria de Comunicação da CGE – 85 3101.3474
Flávia Salcedo – Coordenadora de Comunicação ( flavia.salcedo@cge.ce.gov.br)
Camila Lins – Assistente de Publicidade ( camila.lins@cge.ce.gov.br )
Twitter: @ComunicacaoCGE
Facebook: www.facebook.com/CgeCeara

Expediente imprensa2-01