Programa Criando Oportunidades edifica novas vidas através de curso de culinária

23 de agosto de 2016

 

Cursos profissionalizantes gratuitos ocorrerão em 10 comunidades terapêuticas que prestam serviço à SPD

 

A oportunidade surgiu e eles pretendem agarrá-la. É tempo de, literalmente, colocar a mão na massa e escrever uma nova história de vida. São 40 homens e mulheres, a maioria jovens, que se envolveram com drogas e, agora, só pensam em mudar de vida e voltar ao convívio social. O aprendizado de um novo ofício é o caminho para alcançarem esse objetivo, é a porta que se abre para um amanhã diferente.

Acolhido nas Comunidades Terapêuticas (CTs) Grão de Mostarda e Vida Manará, o grupo foi beneficiado com o Programa Criando Oportunidades, que, este ano, chega a um total de 10 CTs cearenses que prestam serviço à Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD). O benefício é viabilizado graças a parceria firmada entre a pasta e a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS).

A integração das pastas estaduais proporciona a oferta de cursos profissionalizantes gratuitos numa forma de promover a reinserção social e profissional de usuários de drogas em tratamento, um dos eixos fundamentais de atuação da SPD. Em 2016, serão favorecidos 200 acolhidos em CTs que estão distribuídas por Fortaleza, Região Metropolitana (RMF), Cariri e Zona Norte do Estado.

Nas CTs Grão de Mostarda e Vida Manará, situadas nos municípios de Aquiraz e Eusébio, respectivamente, será oferecido aos acolhidos o curso ‘Doces e Salgados’. O início da atividade aconteceu na tarde da segunda-feira, 22. A primeira unidade abriga apenas homens, enquanto a segunda acolhe somente mulheres. Igor Costa, 27 anos; Zaquel Lima, 24; e Josias Medeiros, 24; já colocaram a mão na massa.

“Um não, a gente recebe toda hora. Então, precisamos correr atrás do sim, que é uma nova oportunidade na vida”, disse Igor, que já foi empresário e teve a carreira interrompida a partir do contato com as drogas. Zaquel era comerciário, Josias era consultor de vendas. Os dois também prometem abraçar a nova profissão e trilhar um novo caminho na vida, distante das drogas. Os demais favorecidos na CT Grão de Mostarda não escondem a mesma vontade e determinação.

Márcia Vasconcelos, 21 anos; Rosângela Matoas, 41; Dayane Patrício, 26; e Rafaela Rodrigues, 26; compõem o grupo de 20 mulheres acolhidas na CT Vida Manará que farão o curso ‘Doces e Salgados’. “Agora, a gente vai sair daqui com uma nova profissão. Não vamos deixar essa oportunidade passar. Vamos por a mão na massa e, assim, mudar de vida. As drogas vão ficar no passado”, afirmaram, entusiasmadas.

Os cursos nas CTs terão duração de 100 horas/aula. Nas demais unidades serão ofertados os cursos de mecânico de motos, eletricista predial, masseiro, cabeleireiro e reparador de aparelhos domésticos. Hoje, esses ofícios apresentam uma maior demanda por profissionais especializados no mercado de trabalho.

As aulas serão ministradas por instrutores das ONGs Organização Barreira Amigos Solidários (Obas), Instituto para o Desenvolvimento Tecnológico e Social (Idear) e Centro de Formação e Integração Social (CFIS). Ao final, os beneficiados receberão certificado de conclusão. Uma articulação da SPD com o Sistema Nacional de Emprego/Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) viabilizará a inserção dos novos profissionais no cadastro de empregos e geração de renda.   

A apresentação do projeto ‘Criando Oportunidades’ na CTs Grão de Mostarda e Vida Manará contou com a presença da secretária da SPD, Aline Bezerra Câncio. Os alunos também recepcionaram o representante da STDS, assistente técnico João Leidson; e os instrutores. Na ocasião, a secretária desejou sucesso a todos e pediu empenho no aprendizado. “Vocês estão dando o primeiro passo para uma vida nova. Sigam firmes nessa caminhada”, enfatizou, lembrando ainda que a ocupação durante o tratamento da dependência química evita a ociosidade dos acolhidos e reduz novas possibilidades de uso de drogas. 

Favorecidas

Além das CTs Grão de Mostarda e Vida Manará, também serão beneficiadas com os cursos do Programa Criando Oportunidades, em 2016, as seguintes unidades: Fazenda Esperança Sagrada Família (Fortaleza), Caverna do Adulão (Itaitinga), Ágape (Maracanaú), Fazenda Esperança (Pacatuba), Catarina Labouré (Aquiraz), Atos (Caucaia), Aliança da Misericórdia (Barbalha) e Fazenda Esperança (Sobral). Toda a execução será acompanhada e supervisionada pela Coordenadoria de Políticas sobre Drogas (Copod) da SPD.

23.08.2016

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 | 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br

Expediente imprensa2-01