Semace apreende em Fortaleza dois pássaros em risco de extinção

24 de agosto de 2016

Duas aves da espécie Eupsittula cactorum, conhecida popularmente como Periquito da Caatinga, foram apreendidas pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), por meio da Diretoria de Fiscalização (Difis), em Fortaleza. Os animais estavam em uma residência no Bairro de Fátima sob a responsabilidade de uma senhora, que acabou sendo multada em R$ 10.000, pelo fato dos pássaros constarem na lista da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (CITES). A ação ocorreu na última quinta-feira (18).

A Semace agiu após ser comunicada da irregularidade pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que recebeu a denúncia através de uma ligação. As aves foram encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestre (Cetas) do Ibama, localizado em Fortaleza, onde receberão os cuidados necessários para serem reinseridos na natureza.

Como o próprio nome já diz, esse tipo de periquito é muito encontrado em regiões de Caatinga, mas habita, também, áreas de Cerrado. Ele mede aproximadamente 25 cm, pesando 120 gramas. Suas características são corpo e cabeça verde amarronzado, pescoço verde oliva, asas verdes com as pontas azul royal, peito laranja, barriga amarela e contorno do olho branco. Na natureza, costumam estar em bandos de seis a oito indivíduos e vivem em média 30 anos.

Para denunciar a posse de animais silvestres adquiridos de forma irregular, a Semace disponibiliza o Disque Natureza (0800-275-2233). O serviço está disponível de segunda a sexta-feira, nos horários de 8 às 12h e de 13 às 15 horas. A autarquia garante o sigilo do denunciante.

24.08.2016

Fhilipe Augusto
Assessor de Imprensa da Semace
(85) 3101-5554/ 98605-9501
comunicacao@semace.ce.gov.br