Dia Estadual do Medalhista de Olimpíadas Científicas é lembrado pela Assembleia Legislativa

27 de agosto de 2016

Sessão solene homenageou estudantes da rede estadual que obtiveram medalha de ouro em olimpíadas brasileiras para escolas públicas

 

Estudantes da rede estadual que obtiveram medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática para Escolas Públicas (OBMEP) e na Olimpíada Brasileira de Física para Escolas Públicas (OBFEP) receberam homenagem da Assembleia Legislativa do Ceará, nesta sexta-feira (26). Os jovens foram reconhecidos em sessão solene, em alusão ao Dia Estadual do Medalhista de Olimpíadas Científicas, instituído em 2016. Na cerimônia, o secretário da Educação, Idilvan Alencar, também foi condecorado, em virtude dos serviços prestados à frente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), entre os anos de 2015 e 2016
.

Para Clarisse Farias Lopes, medalhista de ouro na OBFEP e estudante da 1ª série do Ensino Médio no Colégio Militar do Corpo de Bombeiros, a premiação é um indicativo de que o empenho nos estudos vale a pena. “Minha vida nunca foi fácil, sempre tive que batalhar muito pelo que quero. O resultado foi muito bom, mais não significa que eu sou melhor do que os outros, ou que esse é o meu limite. É muito importante saber que estou no caminho certo”, salienta a jovem.

Matheus Louro Filomeno, colega de sala de Clarisse, também obteve medalha de ouro na competição. “O prêmio é mais um incentivo para continuar estudando e conseguir mais conquistas. Meus professores sempre me motivaram, dizendo que, quanto mais eu estudasse, mais conhecimento ganharia”, ressalta.

Outro destaque da educação pública estadual é a jovem Lynda Hillary dos Santos, que cursa a 2ª série do ensino médio na Escola de Ensino Médio (EEM) Joaquim Magalhães, de Itapipoca. A estudante foi medalhista de ouro na OBMEP. “Para mim, conseguir o ouro significa que eu sou capaz de conseguir o que eu quiser. A OBMEP me mostrou que eu ainda tenho muito o que aprender, e isso me fez gostar mais de Matemática, que hoje está entre as minhas disciplinas favoritas”, diz a aluna, lembrando que desde o 7º ano do ensino fundamental vem participando da competição.

O secretário da Educação, Idilvan Alencar, frisou que o Ceará não é destaque, apenas, em olimpíadas de Física e de Matemática. “Tive a oportunidade de ver o Ceará de fora, como presidente do FNDE. Somos destaque na alfabetização de crianças, inspirando programas nacionais nessa área, assim como no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”, observa.

“Temos 115 Escolas de Educação Profissional e 26 Escolas de Tempo Integral, sendo que outras 30 desta modalidade serão implementadas no próximo ano. Temos muito ainda a fazer, mas, estamos dando resposta às demandas sociais”, analisa o secretário. “Rogo que todos os estudantes tenham em mente a questão da cooperação, do respeito à diversidade, da ajuda ao próximo e da cultura de paz, além de muito sucesso profissional”, finaliza o secretário.

Durante a sessão solene desta sexta, também foram homenageados os estudantes do Colégio Militar de Fortaleza e de escolas das redes municipais cearenses que apresentaram bons resultados nas duas competições. Alunos de instituições de ensino particulares que tiveram êxito na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) e na Olimpíada Brasileira de Física (OBF) também foram agraciados.

fotosalunos

26.08.2016

Assessoria de Comunicação da Seduc
imprensa@seduc.ce.gov.br

Expediente imprensa2-01