Máquinas perfuratrizes reforçarão programa de poços profundos no interior

12 de setembro de 2016

Ao todo serão adquiridos 19 comboios, cada um com uma máquina perfuratriz, compressor e caminhão de apoio

 

As primeiras duas máquinas perfuratrizes das cinco adquiridas pelo Governo do Ceará já chegaram para reforçar o programa de perfuração de poços profundos no Interior. O governador Camilo Santana fará a entrega dos novos equipamentos que vão operar no interior do Estado.

Trata-se de mais uma ação do Governo do Ceará no sentido de mitigar os efeitos da estiagem que assola o Estado pelo quinto ano consecutivo. Essas duas máquinas são próprias para perfuração de poços em regiões de solo com embasamento cristalino, predominante nos sertões cearenses.

Ao todo serão adquiridos 19 comboios. Cada comboio é composto por uma máquina perfuratriz, um compressor e um caminhão de apoio. Esses primeiros conjuntos tiveram preço de R$ 1,8 milhão cada. Com as nova máquinas, o Governo do Ceará quer incrementar ainda mais o programa de perfuração de poços no interior do Estado. Somente neste ano de 2016 já foram construídos quase 1,2 mil poços no Ceará.

Plano de Segurança Hídrica

Uma das prioridades do Governo do Ceará tem sido intensificar e garantir recursos e estratégias para minimizar os efeitos do quinto ano consecutivo de estiagem no Estado. Em fevereiro de 2015, com foco no interior, foi lançado o Plano Estadual de Convivência com a Seca prevendo medidas emergenciais, estruturantes e complementares para cinco eixos de atuação: segurança hídrica, segurança alimentar, benefícios sociais, sustentabilidade econômica, e conhecimento e inovação. Na ocasião, também foram desenvolvidas ações e campanhas para promover o uso consciente e responsável da água.

Entre as iniciativas adotadas estão; perfuração de poços, construção de adutoras, chafarizes e sistemas de abastecimentos de água.  Vale ressaltar que  nos anos de 2015 e 2016, foram perfurados cerca de dois mil poços pela Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra), além de 330 quilômetros de adutoras.

Em junho deste ano, o governador Camilo Santana anunciou um conjunto de ações emergenciais com foco no abastecimento de água em Fortaleza e Região Metropolitana.

Medidas emergenciais do Plano de Segurança Hídrica

1 – Reforço no combate às perdas;
2 – Perfuração de poços em prédios públicos e áreas de abastecimento crítico;
3 – Perfuração de Poços no Pecém;
4 – Aproveitamento do Sistema Hídrico do Cauípe;
5 – Aproveitamento do açude Maranguapinho;
6 – Sistema de reúso da lavagem dos filtros da ETA Gavião;
7 – Implantação dos sistemas de captação pressurizada no Gavião;
8 – Uma adutora de água tratada para reforço do abastecimento de Aquiraz;
9 – Revisão da Tarifa de Contingência;
10 – Redução da oferta de água em 20% para as indústrias da RMF;
11 – Plano de comunicação, informando e ressaltando a conscientização.

12.09.2016

Assessoria de Comunicação da SRH
Henrique Silvestre /  henrique.silvestre@srh.ce.gov.br
85 – 3101.4004

Expediente imprensa2-01