#CearádeResultados: Sertão Central recebe investimentos do Governo do Ceará

23 de setembro de 2016

 

Na sexta matéria da série Ceará de Resultados, vamos mostrar as ações do Governo do Ceará no Sertão Central

web ARI5610O terceiro hospital regional da rede de saúde estadual, o Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim, começou a operar nesta semana. A unidade iniciou o cronograma de atividades para o funcionamento pleno, que inclui várias etapas. Até o final do mês, serão validadas as condições de usabilidade da infraestrutura e dos equipamentos; em outubro, serão iniciados os atendimentos em ambulatório e a realização de exames; e assim sucessivamente até maio de 2017, quando o hospital estará em pleno funcionamento. O Hospital Regional do Sertão Central tem 209 leitos de internação geral e 60 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). São nove salas de cirurgia e 14 salas para realização de exames de imagem. O hospital conta também com um Centro de Atenção à Saúde Sexual e Reprodutiva da Mulher, com cinco salas obstétricas, com leitos PPP (pré, parto e pós-parto).

O HRSC, localizado na Rodovia CE-060, quilômetro 198 (Estrada do Algodão), vai atender 631.037 habitantes dos 20 municípios da Macrorregião de Saúde do Sertão Central: Boa Viagem, Canindé, Caridade, Itatira, Madalena, Paramoti, Banabuiú, Choró, Ibaretama, Ibicuitinga, Milhã, Pedra Branca, Quixadá, Quixeramobim, Senador Pompeu, Solonópole, Aiuaba, Arneiroz, Parambu e Tauá. O investimento para a construção do HRSC foi de R$ 147 milhões, com recursos do Tesouro do Estado e financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No total, o hospital tem área construída de 21.558 metros quadrados. O perfil de assistência do novo hospital será terciário, ou seja, fará atendimento a casos de alta complexidade, semelhante aos outros dois hospitais regionais: o Hospital Regional do Cariri e o Hospital Regional Norte, que até julho deste ano realizaram, juntos, 4.756.352 atendimentos.

 

box saude SERTAO CENTRAL-01

 

 

Segurança Pública

web 160723 RAIO QUIXADA MG 3380O Governo do Ceará instalou em Quixadá, no dia 23 de julho deste ano, uma sede do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), contemplando todos os municípios da Área Integrada de Segurança 15 (AIS 15): Senador Pompeu, Pedra Branca, Milhã, Deputado Irapuan Pinheiro, Solonópole, Ibicuitinga, Morada Nova, Quixadá, Choró, Ibaretama, Banabuiu, Quixeramobim e Jaguaretama.

Ao todo, são 52 policiais trabalhando em 24 motocicletas e duas viaturas. Os resultados já são percebidos, com o crescimento no número de abordagens, apreensão de drogas e com a redução dos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) a zero no mês de agosto em Quixadá. No ano, a região do Sertão Central apresenta queda de 2,3% no índice. Ainda este ano, a cidade de Canindé vai sediar o BPRaio, atendendo todos as cidades da AIS 13.

box raio quixada-01

 

Outra boa notícia para a região é o início das operações da Delegacia 24 Horas de Quixadá. Com a posse de 255 novos policiais civis, realizada no último dia 29 de agosto, a cidade recebeu reforço de efetivo suficiente para ampliar a operação da unidade. São dez novos profissionais – um delegado, quatro escrivães e cinco inspetores – aumentando o efetivo que, era de 19 policiais, em 53%. As cidades de Pedra Branca e Solonópole são outras da região a receber novos delegados após a recente nomeação realizada pelo governador Camilo Santana.

Segurança hídrica

web IMG 5952Adutoras de Montagem Rápida, poços profundos, pequenas barragens, chafarizes e dessalinizadores estão entre as principais ações implementadas para mitigar os efeitos da estiagem que se prolonga por cinco anos. Tradicionalmente uma das regiões de menor pluviosidade dos sertões cearense, o Sertão Central recebeu maciços investimentos no governo Camilo Santana, sobretudo na construção de mais de 700 poços. As obras são realizadas tanto nas sedes municipais, quanto em distritos e áreas rurais difusas.

Somente Boa Viagem recebeu 162 poços profundos. Pedra Branca, outro município bastante castigado pela estiagem, já teve perfurados 76 poços entre zonas rurais e sede municipal. Encravados em área de solo com embasamento cristalino, os municípios da região têm pouca água subterrânea, o que agrava ainda a situação e obriga a construção de poços em série.

Uma forma de driblar a escassez de água subterrânea é a instalação de chafarizes nos poços que apresentam pequenas vazões. Dessa forma, poços que antes eram descartados devido às baixas vazões, hoje estão recebendo chafarizes para o aproveitamento de pouca água ali existente. Somente em Boa Viagem, foram instalados 51 equipamentos entre zonas rurais e dese municipal. Em toda a região, foram 209 equipamentos instalados.

Além de escassa, a água subterrânea encontrada nos sertões do Ceará contém sais em excesso. Para garantir o aproveitamento dessa água salobra para o consumo humano, a região já foi beneficiada com a implantação de 27 dessalinizadores. Os equipamentos purificam a água, tornando-a própria para o consumo.

Barragens

Comunidades rurais de Canindé, Madalena, Quixeramobim, Santa Quitéria e Senador Pompeu foram beneficiadas com a construção/recuperação de pequenas barragens. As obras destinam-se principalmente a produtores rurais da chamada agricultura familiar. No total, mais de 170 famílias poderão contar com água para abastecimento, dessedentação animal e pequena irrigação.

Em Canindé, as comunidades de Cacimba Nova (maio/2016) e Jacurutu (junho/2016) receberam barragens. Moradores dos assentamentos Raposa e Várzea da Cruz (set/2016), e Picos de Cima (Ago/2016), em Madalena também foram beneficiados com barragens. Madalena (Paus Brancos), Senador Pompeu (Amanaju) e Quixeramobim (Recreio) também receberam barragens.

Adutoras

web IMG 5972As sedes municipais de Quixeramobim e Ibicuitinga tiveram o fornecimento de água normalizado graças à construção, em tempo recorde, de Adutoras de Montagem Rápida. Quixeramobim, após ter exaurida sua principal fonte hídrica – a Barragem de Quixeramobim – foi beneficiada com uma adutora de 60,1 quilômetros, que leva água do Açude Pedras Brancas até a estação de tratamento da cidade. Foram investidos mais de 32 milhões na construção da obra.
Ibicuitinga também recebeu adutora que garante atualmente o abastecimento da sede municipal. São 27,1 quilômetros de tubulação, beneficiando 13,5 mil moradores da cidade. A obra recebeu investimentos de R$ 6,85 milhões.

Educação

O Sertão Central cearense vem recebendo investimentos na área de educação por parte do Governo do Ceará. Um dos projetos beneficiados é o de expansão da rede escolar que prevê 22 novos espaços escolares. A população dos municípios que integram essa área terá 10 Escolas de Ensino Médio, quatro Centros de Educação Infantil, seis Escolas Estaduais de Educação Profissional e duas quadras. Serão investidos R$ 94.050.175,51

As escolas e ginásios recebem recursos do Governo do Ceará e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). Já os CEIs são financiados pelo Tesouro Estadual, por empréstimo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e com contrapartida do município.

Ensino Médio

Para atender uma reivindicação histórica pela construção de escolas de ensino médio destinadas aos jovens assentados, a atual gestão garantiu a construção de três escolas nos assentamentos de Santana do Cal, Logradouro e Conceição, localizados no município de Canindé. Outras três unidades também estão previstas para Quixeramobim, em Canaã, Canafístula e Belém. Também contarão com Escolas de Ensino Médio os municípios de Caridade, General Sampaio, Itatira e Paramoti.

Escolas Profissionais

Os municípios de Boa Viagem, Canindé, Caridade, General Sampaio, Senador Pompeu e Itatira serão beneficiados, cada um, com uma Escola Estadual de Educação Profissional.

Ginásios

Estão programadas as construções de dois ginásios em Canindé, no Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) José Ademir e em General Sampaio, na Escola Edite Alcântara.

Centros de Educação Infantil

Os municípios de Itatira, Quixeramobim, Quixadá e Senador Pompeu terão Centros de Educação Infantil (CEI). O espaço escolar tem capacidade para atender até 208 crianças entre 0 e 5 anos. O prédio oferta quatro salas de aula, laboratório de informática, refeitório, cozinha, berçário, fraldário, dormitório, copa, recepção e playground.

Desenvolvimento social

A capacitação profissional executada pelo projeto Primeiro Passo, da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), que cria oportunidades de inclusão social e profissional para adolescentes e jovens, oriundos da rede pública de ensino, possui 432 jovens em processo de qualificação na região.

 

box desenvolvimento social SERTAO CENTRAL-01

 

Outro projeto da STDS, o Criando Oportunidades, tem como público prioritário setores com dificuldade de inserção no mercado de trabalho. São 360 pessoas em processo de qualificação em 13 municípios: Quixadá (80), Ibicuitinga (40), Paramoti (40), Banabuiú (20), Choró (20), Deputado Irapuan Pinheiro (20), Pedra Branca (20), Piquet Carneiro (20), Quixeramobim (20), Solonópole (20), Boa Viagem (20), Canindé (20) e Caridade (20).

Já o Garantindo Acessibilidade, que qualifica profissionalmente o trabalhador com deficiência, beneficia, atualmente, 38 pessoas em Pedra Branca e Quixeramobim. A cidade de Caridade vai receber ainda um Polo de Convivência Social, com investimento de R$ 721.008,20, através do Programa de Apoio a Reformas Sociais II (Proares II), com meta de atendimento de 500 famílias.

Mais ações

– Infraestrutura

web MG 4902Atualmente cerca de 201,36 km da malha viária encontram-se em obra no Sertão Central, sendo 155,36 km de pavimentação e 46 km de restauração. Com investimentos do Tesouro do Estado e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) de R$ 188.023.722,01. Outros 35,40 km da rodovia CE 371, trecho entr. BR-226 (Milhã) – Betânia – Deputado Irapuan Pinheiro, foram licitados com previsão de início das obras de restauração até o final do segundo semestre.

Entre os trechos em execução, contemplados pelo Programa Viário de Integração Logística – Ceará IV, estão: rodovia CE-266, Entr. CE-371 (Roldão) – Entr. CE-153/368 (Banabuiú); rodovia CE-371, Dep. Irapuan Pinheiro – Entr. CE-060 (Acopiara); rodovia CE-166, Entr. BR-226 – Entr. CE-363 (Senador Pompeu) – Entr. CE-275 (Piquet Carneiro); rodovia CE-166, Entr. CE-060 (Quixeramobim) – Encantado; rodovia CE-060, Entr. CE-363 (B) (Mombaça) – Entr. CE-371 (B) (Acopiara). No período de 2015 e 2016, até o momento, foram concluídas aproximadamente 123,61 km de malha viária, com aporte financeiro de R$ 73.446.781,74.

– Prevenção ao uso de drogas

As cidades de Quixeramobim e Pedra Branca congregam as principais ações desenvolvidas pela Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) na região. O programa Fortalecendo Minha Comunidade, que envolve a parceria com entidades comunitárias, capacitou 200 pessoas em Pedra Branca para a prevenção ao uso de drogas, em ação conjunta com a Associação Beneficente Caminhos da Sabedoria. Já Quixeramobim também teve 200 pessoas beneficiadas com a entrega de insumos para projetos de combate às drogas, via Associação Comunitária dos Atletas de Bicicross e Cooperativa Regional dos Assentados de Reforma Agrária do Sertão Central do Ceará.

Já o Juventude em Ação, para estudantes do ensino médio, realizou atividades de prevenção em duas escolas de Quixeramobim (Dr. José Alves e Humberto Bezerra), favorecendo 745 estudantes. Para complementar, o projeto Juventude do Futuro, voltado para estudantes do ensino fundamental I e II e seus familiares, executa dois programas na região, com 300 alunos beneficiados.

 

 

 

23.09.2016

Fotos: Carlos Gibaja e Ariel Gomes / Governo do Ceará

Expediente imprensa2-01