Primeira audiência por vídeo é realizada no sistema penitenciário cearense

26 de setembro de 2016

A ação é um teste que pretende acelerar as audiências judiciais

Fruto de uma parceria entre a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSPDS), acontece nesta terça-feira (27), às 15h, a primeira audiência por meio de videoconferência. A audiência será conduzida pelo juiz Luiz Bessa Neto e realizará a oitiva de um interno da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, em Pacatuba.

A ação servirá de piloto para que juízes e desembargadores possam avaliar a viabilidade das audiências realizadas por videoconferência.  No início de setembro deste ano já foram realizadas pelas equipes do TJCE e da Sejus os testes de viabilidade técnica para que a primeira audiência fosse realizada. A ação faz parte do Integra, uma parceria entre Governo do Estado e Tribunal de Justiça para facilitar o acesso de informações entre as instituições.

Para Hélio Leitão, titular da Sejus, “a tecnologia vai agilizar as audiências tão aguardadas pelos internos, além de diminuir o custo com deslocamento, escolta, e outras despesas para Sejus”.

Os equipamentos para a realização da videoconferência foram cedidos pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) e os procedimentos tecnológicos nos locais da ação tiveram o apoio da Empresa de Tecnologia e Informação do Ceará (Etice).

26.09.2016

Assessoria de Comunicação
Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará
– (85) 3101-2862 www.sejus.ce.gov.br
email: ascom.sejus@gmail.com
twitter:@sejus_ce
facebook: sejusceara