Juventude em Ação segue mobilizando estudantes cearenses

28 de setembro de 2016

Em sua segunda segunda fase, iniciativa beneficia jovens do ensino médio de 16 municípios do Estado

 

A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD) avança com a efetivação do programa de prevenção às drogas Juventude em Ação (JA) no interior do Estado. A ação é desenvolvida junto a estudantes do ensino médio de escolas da rede pública estadual, envolvendo, ainda, o corpo docente, familiares e a comunidade no entorno. Em sua segunda fase, o JA está sendo aplicado em 28 estabelecimentos de ensino de 16 municípios cearenses, beneficiando cerca de 16 mil estudantes.

Nos municípios de Redenção e Jaguaribe, os alunos das escolas Adolfo Ferreira, Cornélio Diógenes e Adolfo Ferreira se preparam para iniciar a mobilização social em outras instituições escolares. Em Aquiraz, os estudantes da Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP) Alda Façanha se organizam para realizar a Passeata da Prevenção.

No município de Beberibe, os estudantes das escolas Ana Facó e Francisca Moreira estruturam o Dia D da Prevenção, com a participação de seus familiares. Já em Itapipoca, os alunos das escolas Murilo Serpa e Rita Aguiar estão envolvidos na produção de diferentes expressões artísticas e culturais. No Eusébio, as rodas de Terapia Comunitária Integrada (TCI) acolhem os desafios do cotidiano dos familiares dos alunos da Escola Eusébio de Queiroz. Em Maranguape, na EEEEP Salaberba, os estudantes estão refletindo as habilidades para vida como fatores de proteção ao uso de drogas.

O programa JA engloba sete etapas, numa movimentada ciranda de prevenção. Tudo começa com a aplicação do jogo Na Trilha da Prevenção, um atividade lúdico-pedagógica onde os jovens são convidados a interagir de maneira acolhedora / respeitosa para pensar, criticamente, sobre a temática da prevenção e outras inquietações e desafios do cotidiano. Posteriormente, os frutos da vivência com o jogo são transportados para diferentes expressões artísticas, como redação, cartaz, dança, jingle e outros. O exercício valoriza as potencialidades de expressão dos jovens, encorajando-os a se tornarem sujeitos proativos e colaborativos na prevenção ao uso de drogas.

A secretária Especial de Políticas sobre Drogas, Mirian Sobreira, diz que a expectativa é de levar o programa JA, paulatinamente, para escolas do ensino médio da rede pública estadual em todos os municípios cearenses.

A lista de localidades contempladas na segunda fase do JA é a seguinte: Viçosa do Ceará, Massapé, Beberibe, Eusébio, Crato, Icó, Jaguaribe, Cedro, Várzea Alegre, Itapipoca, Maranguape, Acopiara, Fortaleza (bairros Vicente Pinzón e Bom Jardim, áreas do Ceará Pacífico), Horizonte, Aquiraz e Redenção.

O JA proporciona, entre outros benefícios, a diminuição da iniciação e do uso contínuo de drogas lícitas e ilícitas entre os estudantes, o favorecimento do protagonismo juvenil nas comunidades, a conscientização sobre direitos e deveres na direção de ações proativas e cidadãs e a socialização de conhecimentos sobre drogas e seus efeitos para a saúde física, mental e social.

28.09.2016

Fernando Brito
Repórter

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 98902.7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br

www.spd.ce.gov.br
Facebook: spdceara
Twitter: @spdceara

Expediente imprensa2-01