Governo do Ceará entrega escola de educação profissional em Sobral

30 de setembro de 2016

A nova unidade conta com 12 salas de aula, auditório, biblioteca, blocos pedagógico, administrativo e laboratórios específicos para os cursos técnicos

 

r MVS4457O Governo do Ceará entregou, nesta quinta-feira (29), a 113ª Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP), localizada em Sobral, a 220 quilômetros de Fortaleza.  “A inauguração desta escola é muito simbólica para todos os moradores da região. Uma escola padrão, com laboratórios e equipamentos de excelência. Por isso, só motivo de orgulho”, disse a vice-governadora Izolda Cela durante a inauguração da terceira unidade de ensino profissional do município.

r MVS4424Com o nome dado em homenagem ao precursor do ensino profissional no Ceará e fundador da Escola Profissional São José, em Sobral, a EEEP Monsenhor José Aloísio Pinto vai oferecer os cursos técnicos integrados ao ensino médio com duração de três anos e funcionamento diário em tempo integral, das 7h às 17h. A partir de 2017, serão ofertados os cursos de segurança no trabalho, produção de moda, redes de computadores e finanças.

r MVS4364A nova unidade conta com 12 salas de aula, auditório, biblioteca, blocos pedagógico e administrativo, laboratórios específicos para os cursos técnicos oferecidos, além dos de Línguas, Informática, Ciências e Matemática.  O investimento total é de R$ 8,4 milhões, contando com recursos estaduais utilizados na construção, compra de equipamentos e de mobiliário. O prédio tem um andar térreo e mais dois andares, numa área construída de 4.487,20 metros quadrados.

r MVS4443Segundo o secretário da Educação, Idilvan Alencar, a nova escola tem um padrão de modernidade referência em todo o País. “Temos o que há de mais moderno e melhor em termos de estrutura para o ensino profissionalizante. É um orgulho saber que já formamos cerca de 46 mil jovens para o mercado de trabalho com um modelo revolucionário de ensino. É um grande esforço do Estado que nos faz galgar novos horizontes e novos desafios”, destacou o secretário.

r MVS4388Para a aluna do segundo ano de Logística, Abia Rodrigues, de 16 anos, ter mais escola profissionais é uma oportunidade para alcançar novos horizontes. “Eu vivencio, há quase dois anos, a experiência de estudar em uma escola de tempo integral que possui a estrutura ideal que a gente precisa. Por isso, é muito bom ver novas escolas como esta que está sendo inaugurada, com a mesma estrutura das que nos é oferecido. Só eu sei o quanto é importante dar essa oportunidade de conseguir entrar em uma escola com esse padrão de ensino e tecnologia”.

Homenageada pelos estudantes das duas escolas profissionais da região, a vice-governadora Izolda Cela disse que este modelo de educação tem sido motivo de orgulho para o Estado. “Fico maravilhada ao ver e ouvir os depoimentos de todos esses alunos. São jovens dedicados, com alto poder de criticidade e desenvolvimento. Saber que estão podendo usufruir dos ensinamentos da sala de aula para suas vidas, compreender e maximizar o seus potenciais, é de um orgulho sem tamanho. Só nos dá ainda mais vontade de seguir trabalhando cada vez mais na política de educação para todos os cearenses”, ressaltou.  

Escolas de educação profissional

r MVS4366As Escolas Profissionais foram implementadas com a finalidade de integrar o Ensino Médio à Educação Profissional, dando oportunidade aos jovens de complementarem seus estudos, além de promover a formação para o mundo do trabalho.

A rede oferta 53 cursos técnicos para 90 municípios cearenses. Em todo o Estado, são 48 mil jovens atendidos nas 115 Escolas Profissionais em funcionamento. De 2010, ano de formação das primeiras turmas da educação profissional, a 2015, foram formados 46 mil técnicos nas EEEPs, sendo que 60,8% dos concludentes encontram-se inseridos no mercado de trabalho ou estão cursando o Ensino Superior.

30.09.2016

Wilame Januário
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará

Expediente imprensa2-01