#CEPacífico: Juventude em Ação chega a Fortaleza neste mês

4 de outubro de 2016

Voltado para jovens do ensino médio de escolas públicas estaduais, o programa de prevenção às drogas Juventude em Ação (JA) desembarca em Fortaleza neste mês. As áreas favorecidas são os bairros Vicente Pinzón e Bom Jardim, onde o Governo implantou territórios do Ceará Pacífico, iniciativa coordenada pela vice-governadora Izolda Cela que abrange programas, ações e projetos voltados para a prevenção da violência e redução da criminalidade, contribuindo para a construção de uma cultura de paz.

Inicialmente, cerca de dois mil estudantes do Vicente Pinzón serão contemplados. Eles estão matriculados nos seguintes estabelecimentos de ensino:  Escola de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Matias Beck, EEFM Deputado Manoel Rodrigues e EEEP Maria Ângela da Silveira Borges. Posteriormente, também deverão ser beneficiados alunos da EEFM Bárbara de Alencar, EEFM Dragão do Mar, EEFM Helenita Mota e EEFM General Murilo Borges Moreira. No momento, essas escolas passam por reformas estruturais. No Bom Jardim, serão atendidos 580 alunos matriculados no Centro de Atenção Integral à Criança e o Adolescente (Caic). O início da ação preventiva está previsto para o próximo dia 19.

A secretária Mirian Sobreira, titular da SPD, enfatiza que os benefícios do programa são multiplicados para espaços além das escolas contempladas no Vicente Pinzón e Bom Jardim, graças à formação de grupos de adolescentes voluntários, chamados de multiplicadores sociais. Eles atuarão em toda a comunidade, repassando conhecimentos sobre o uso nocivo de drogas lícitas e ilícitas e fortalecendo comportamentos saudáveis.

Enquanto não é efetivado na Capital, o JA segue em desenvolvimento no interior do Estado, alcançando 15 municípios em sua segunda etapa de implementação. O programa constitui-se num conjunto de ações que inclui a aplicação do jogo interativo ‘Na Trilha da Prevenção’ e culmina com a realização de movimentada gincana artístico-cultural com foco na prevenção às drogas. O JA envolve, ainda, a realização de oficinas de capacitação e rodas de conversa com a participação de profissionais de educação, familiares dos estudantes e lideranças comunitárias.

O principal objetivo do programa é diminuir a iniciação e o uso contínuo de drogas lícitas e ilícitas entre os estudantes. Além disso, o JA fortalece as competências, potencialidades e habilidades para a vida, bem como contribui para a cooperação entre famílias, lideranças comunitárias e escolas na ampliação de vínculos saudáveis e de relações de entre-ajuda.

04.10.2016

Fernando Brito
Repórter

Daniela Negreiros
Assessora de Comunicação da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas (SPD)
(85) 3238.5090 / 98902-7939 – comunicacao@spd.ce.gov.br / daniela.negreiros@spd.ce.gov.br