#MêsdasCrianças: Primeira infância é tema de simpósio nesta quinta-feira (6)

6 de outubro de 2016

Palestras e trocas de experiências sobre educação e saúde infantil fazem parte da programação do I Simpósio da Primeira Infância, que será realizado nesta quinta-feira (6), e na sexta-feira, na Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), vinculada da Secretaria da Saúde do Estado. O evento é uma parceria da ESP/CE, por meio da Diretoria de Pós-Graduação em Saúde (Dipsa), e do Curso de Mestrado Profissional na Saúde da Criança e do Adolescente da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Participarão estudantes e profissionais que atuam no segmento da primeira infância.

Segundo Anamaria Cavalcante e Silva, gestora da Dipsa, o simpósio tem o objetivo de apresentar para a comunidade científica e profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS), trabalhos e pesquisas desenvolvidas pelos mestrandos e docentes do Mestrado Profissional na Saúde da Criança e do Adolescente da UECE, além das experiências bem-sucedidas do sistema de saúde e educação do Ceará no segmento da Primeira Infância, tais como Trevo Quatro Folhas (Sobral), Cresça com seu Filho (Fortaleza) e Infância Primeiro Lugar (Ceará). “O simpósio foi idealizado em função da importância que a Primeira Infância hoje representa no campo da neurociência. Há um consenso no conhecimento científico que esse é um período essencial no desenvolvimento do indivíduo”, destaca.

O Simpósio da Primeira Infância terá como palestrantes os médicos Jayme Murahovschi, especialista por proficiência em gastroenterologia pediátrica, de São Paulo, e Sophie Eichmann, especialista em neurologia pediátrica, de Pernambuco. O evento foi planejado junto à equipe do Mestrado Profissional na Saúde da Criança e do Adolescente da Uece para comemorar os 15 anos de criação do Mestrado. “O Simpósio será uma forma dos mestrandos e docentes da Uece interagirem com a sociedade acadêmica e profissionais de saúde”, diz Anamaria Cavalcante e Silva.

banner simposio infancia esp

Primeira Infância

De um modo geral, chama-se Primeira Infância o período que vai desde a concepção do bebê até o momento em que a criança ingressa na educação formal. Isso quer dizer que a Primeira Infância engloba a gestação, o parto e os primeiros anos de vida da criança. Como o início da educação formal não se dá na mesma idade em todos os países, há diferentes noções do final da Primeira Infância. No Brasil, consideramos que a Primeira Infância acaba quando a criança completa seis anos de idade. É um período muito importante para o desenvolvimento da criança e as experiências dessa época são relevantes para o resto da vida, mesmo aquelas que acontecem durante a gestação e enquanto o bebê é pequeno, ainda não sabe falar e nem tem memória apurada dos fatos que acontecem à sua volta.

Programa Mais Infância Ceará

O programa é dividido em três pilares: “Tempo de Crescer”, “Tempo de Brincar” e “Tempo de Aprender”. O Tempo de Crescer compreende que o desenvolvimento infantil requer uma abordagem integral e visa à construção de uma rede de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários através de serviços e formações que contemplem profissionais, pais e cuidadores.

O “Tempo de Brincar” foca nos benefícios da brincadeira para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional das crianças, além do convívio familiar, da socialização e de sua integração à cultura de sua comunidade. O intuito é construir e revitalizar espaços públicos que garantam o direito da criança ao brinquedo e a brincadeira. Já o “Tempo de Aprender” entende a escola como direito de todos, buscando atender a meta de universalizar a oferta de pré-escola e ampliar a oferta de creches.

Confira a programação de outubro.

06.10.2016

Assessoria de Comunicação e Marketing da ESP/CE
Marcos Saudade
( ascom@esp.ce.gov.br)
Twitter: @espce
Facebook: espce

Expediente imprensa2-01