Seas apresenta gestão do Sistema de Atendimento Socioeducativo do Ceará em encontro com o Sistema de Justiça

31 de outubro de 2016

A Superintendência de Atendimento Socioeducativo do Ceará (Seas) participou, na manhã desta segunda-feira (31), do VII Encontro da Magistratura, do Ministério Público e da Defensoria Pública da Criança e do Adolescente do Estado do Ceará. O evento que está sendo realizado na sede da Associação Cearense do Ministério Público (ACMP) tem como tema principal o Sistema de Atendimento Socioeducativo do Ceará.

Na abertura de palestras, o superintendente da Seas, Cássio Franco, discutiu o tema “Desafios do Sistema Socioeducativo e as hipóteses de intervenção judicial” e comentou sobre a sua experiência como gestor, dando destaque para o formato de reestruturação que atualmente está sendo inserido no Sistema Socioeducativo do Ceará.

Durante seu discurso, Cássio reiterou a importância da criação da Seas há três meses, destacando todos os setores organizacionais e administrativos que estão sendo instaurados para organizar um novo modelo de gestão. “Toda a estrutura organizacional e administrativa da Superintendência só tem razão de ser e existe para que os centros socioeducativos possam garantir direitos e expressar em toda sua plenitude o que recomenda e no que determina a nossa legislação pátria e também as normativas internacionais”, explicou.

Ainda na palestra o superintendente contextualizou o trabalho da Seas na intervenção de duas unidades socioeducativas do Ceará, com o aval e parceria com o Sistema de Justiça, que foram especificamente no Centro Educacional Patativa do Assaré e o Canindezinho, para a partir daí fazer um marco de mudanças positivas. Todas as 16 unidades do Ceará passarão por intervenções para que possam se estabelecer nas normas previstas pelo Sistema de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

Além do superintendente, o representante do Ministério Público do Rio Grande do Norte, Marcus Aurélio de Freitas Barros e o juiz da 5º Vara da Infância e Juventude, Manuel Clístenes de Façanha Gonçalves estiveram presentes na mesa de debate. O VII Encontro da Magistratura, do Ministério Público e da Defensoria Pública da Criança e do Adolescente do Estado do Ceará, se encerra nesta terça-feira (1º), com outros temas relacionados à área da criança e adolescente.

31.10.2016

Assessoria de Comunicação da Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo
Lígia Duarte – (85) 3216-3716 ou 3216-3714

Foto: Acervo / Seas

Expediente imprensa 10out-01