Transparência e Ouvidoria são tema de palestra para servidores da Cagece

8 de novembro de 2016

A palestra fez parte da programação do Seminário de Ouvidoria da Cagece, que teve como tema central “Compreendendo a missão da ouvidoria”

 

Com o objetivo de sensibilizar os servidores da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) sobre a importância do Controle Social e o papel da Ouvidoria, a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) participou, na manhã desta terça-feira (8), do Seminário de Ouvidoria da Companhia de Água e Esgoto do Ceará – Cagece. A palestra “Por que fomentar a Transparência e o Controle Social?” fez parte da programação do seminário, que teve como tema central “Compreendendo a missão da ouvidoria”. Na ocasião, estiveram presentes o secretário da CGE, Flávio Jucá, e o diretor-presidente da Cagece, Neuri Freitas.

Para o secretário da CGE, é importante se discutir a transparência para entender melhor as necessidades do cidadão. “Nós da CGE trabalhamos constantemente para desmistificar a visão de alguns gestores de que a transparência é apenas uma obrigação legal. A transparência na verdade vai bem além disso, ela se apresenta como uma forma do gestor saber o que o cidadão deseja da gestão. Com base nisso, eu fico muito feliz em ver que a Cagece possui essa preocupação, de conscientizar seus servidores da importância do controle social para melhorar o serviço que está sendo oferecido”, frisou.

A palestra ministrada pelo coordenador de Fomento ao Controle Social da CGE, Ítalo Brígido, abordou assuntos voltados para transparência e ouvidoria, fomento ao controle social, governança cidadã, gestão participativa, empoderamento da sociedade e legislações que tangem a ouvidoria. Além da apresentação sobre transparência e ouvidoria, os servidores puderam conferir a palestra Custos da Judicialização e conhecer os fluxos e dificuldades da Ouvidoria setorial da Cagece.

“Nós pretendemos, com a realização deste seminário, construir um conhecimento em torno da Ouvidoria e buscar soluções para melhorar nossos serviços. É importante que os servidores da Cagece entendam que a Ouvidoria deve ser vista como uma oportunidade de melhoria, assim como dito pelo secretário Flávio Jucá. É importante também que todos entendam que a Ouvidoria não se resume a uma pequena equipe dentro da Cagece, mas sim, a todos os servidores que compõe o órgão”, destacou a ouvidora da Cagece, Edênia Uchoa.

08.11.2016

Assessoria de Comunicação da CGE – 85 3101.3474
Flávia Salcedo – Coordenadora de Comunicação ( flavia.salcedo@cge.ce.gov.br)
Géssica Saraiva – Assessora de Comunicação ( gessica.saraiva@cge.ce.gov.br)
Camila Lins – Assistente de Publicidade ( camila.lins@cge.ce.gov.br)
Twitter: @ComunicacaoCGE
Facebook: www.facebook.com/CgeCeara

Expediente imprensa 10out-01