Seas institui novas ações de reordenamento no Centro Educacional Patativa do Assaré

9 de novembro de 2016

A Superintendência Estadual do Sistema de Atendimento Socioeducativo (Seas) realizou, na última terça-feira (8), atividades de reordenamento no Centro Educacional Patativa do Assaré. Os procedimentos fazem parte da intervenção que começou a acontecer em setembro.

O Cepa, que atualmente conta com 78 jovens, já mostra o resultado positivo das mudanças a partir de um quadro pedagógico, socioeducacional e organizacional reformulado. Os socioeducadores passaram por formação e estão realizando um trabalho de construção de novas normas de rotina com o conceito: Mais Educação e Mais Segurança.

Com o objetivo de socioeducar os jovens, foram instauradas novas atividades e reformas físicas no Cepa. Foi inaugurada uma nova estrutura de dormitórios e realizadas conversas coletivas e procedimentos de cursos educacionais profissionalizantes.

Nesse primeiro momento, 30 jovens tiveram a oportunidade de conhecer as normas de convivência nos novos dormitórios e passaram o dia inteiro em atividades educativas, culturais e esportivas. Para estabelecer a disciplina interna, foi feita uma reunião com os socioeducandos, os socioeducadores, equipe técnica e os gestores da unidade além da equipe da Seas.

“A unidade está sendo organizada por fases de atendimento socioeducativo, a Casa 6 terá nome escolhido pelos adolescentes, a rotina pactuada com eles em reunião semanal e será um espaço de progressão da medida socioeducativa de internação para o meio aberto. É uma aposta no jovem, um verdadeiro processo de socioeducação”, disse o coordenador especial de gestão e comunicação, Roberto Bassan.

Além das novas instalações, a unidade contará com Casa de Recepção, 5 Casas de Convívio e uma Casa de Medida Disciplinar, além dos atendimentos técnicos, visitas familiares e escolarização acontecerem no interior da unidade. Para início desse novo método, os adolescentes também começaram um curso profissionalizante de textura e pintura de parede. Os próximos passos são a conclusão das reformas no local e a continuidade das atividades de conversação e atividades de escolarização formal, além da participação de aulas culturais e esportivas (teatro, capoeira, educação física) que já ocorrem para todos os adolescentes.

09.11.2016

Governo do Estado do Ceará
Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo.
Lígia Duarte
Assessoria de Comunicação
(85) 3216-3716/3216-3714

Expediente coordenadoria-01