#Cogerh23anos: Companhia gerencia sistema hídrico do Ceará há mais de duas décadas

18 de novembro de 2016

A Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) é responsável, há 23 anos, pelo gerenciamento e disciplinamento de mais de 90% das águas acumuladas no Ceará, de forma descentralizada, integrada e participativa. Vinculada à Secretaria dos Recursos Hídricos do Ceará (SRH), a Cogerh foi criada pela Lei nº 12.217, de 18 de novembro de 1993, com a finalidade de implantar um sistema de gerenciamento da oferta de água superficial e subterrânea do Estado, compreendendo os aspectos de monitoramento dos reservatórios e poços, manutenção, operação de obras hídricas e organização de usuários.

Composta por oito Gerências Regionais nos municípios de Fortaleza, Crateús, Crato, Iguatu, Limoeiro do Norte, Pentecoste, Quixeramobim e Sobral, a Companhia administra os mais importantes açudes públicos estaduais e federais, além de reservatórios, canais e adutoras das 12 bacias hidrográficas do Estado. Atualmente, são monitorados, no aspecto quantitativo e qualitativo, 153 açudes, sendo 78 de domínio estadual e 66 da União, em parceria com o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Os demais são reservatórios municipais e/ou particulares.

A organização e integração dos usuários de água bruta, um dos aspectos fundamentais para o sucesso dessa nova política de recursos hídricos, é realizada por meio da criação dos Comitês de Bacia. Pescadores, vazanteiros, irrigantes e indústrias reúnem-se em assembleias para deliberarem sobre o uso e a distribuição da água, otimizando o uso dos recursos hídricos de acordo com as ofertas disponíveis e tipo de utilização ao longo do ano. Participam também das assembleias representantes da sociedade civil organizada: sindicatos, associações e prefeituras, que são os legítimos moderadores dos conflitos inerentes ao processo.

Um importante componente da área operacional da Cogerh é a manutenção das obras hídricas, com ações preventivas e corretivas nas estruturas físicas e hidráulicas de reservatórios, canais, adutoras e estações de bombeamento, por exemplo. Atualmente, a infraestrutura operada e mantida pela Companhia inclui, além dos açudes, cerca de 180 km de adutoras, 422,6 km de canais, incluindo os grandes eixos de transferência, como o Canal do Trabalhador, com 102 km de extensão, e o Eixão das Águas, com 253 km. Além disto, a Cogerh tem uma contribuição importante na construção e projeto de adutoras emergenciais do Programa de Adutoras de Montagem Rápida e opera 23 Estações de Bombeamento, sendo em sua grande maioria integrante do Sistema de Abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza.

Gestão Estratégica

Com a visão de ser reconhecida pela sociedade cearense como instituição de excelência no gerenciamento dos recursos hídricos, por meio do envolvimento dos seus colaboradores, são implantados, na Companhia, Valores como transparência, compromisso, ética, qualidade, responsabilidade e valorização. Desde o ano de 2007 tem desenvolvido a cultura de Planejamento Estratégico, utilizando indicadores e metas de desempenho no seis Eixos de Atuação: Desenvolvimento Institucional, Estudos e Projetos, Gestão Participativa, Instrumentos de Gestão, Monitoramento e Operação e Manutenção.

A Cogerh já conquistou o Prêmio ANA 2014 – 1º lugar – Categoria Governo: Plano de Gestão Participativa dos Aquíferos da Bacia Potiguar; Prêmio Ceará Gestão Pública 2014 – Faixa Prata e Prêmio Internacional Socioambiental Chico Mendes 2013.

18.11.2016

Assessoria de Comunicação e Marketing
Rafaele Esmeraldo Menezes
Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Cogerh
Fone: + 55 85 3195. 0718
rafaele.esmeraldo@cogerh.com.br
Twitter: @Cogerh_ce

Expediente imprensa2-01