Parceria entre a Seduc e a SDA garantirá distribuição de leite para 80 escolas da rede estadual

23 de novembro de 2016

A ação tem o objetivo de incentivar o consumo de leite, contribuindo para a melhoria do cardápio das escolas, como dispõe o Programa Nacional de Alimentação Escolar

 

A parceria entre as Secretarias da Educação (Seduc) e do Desenvolvimento Agrário (SDA) vai garantir o fornecimento de leite para 80 escolas da rede pública estadual de ensino, em 37 municípios cearenses. Como parte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a ação tem o objetivo de incentivar o consumo de leite, contribuindo para a melhoria do cardápio das escolas, como dispõe o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).

Com essa política, a SDA ofertará às escolas, semanalmente, 8,3 mil litros de leite adquiridos por produtores cadastrados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Serão beneficiados mais de 41 mil alunos. “O grande objetivo é contribuir com a segurança alimentar e enriquecer a merenda escolar”, comenta o coordenador do PAA, Esaú Matos Ribeiro.

Cabe à Seduc, por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento da Escola e da Aprendizagem (Codea) – Gestão Escolar, o papel de gerenciar, em conjunto com cada Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede), o atendimento às escolas para assegurar o fornecimento efetivo de leite. O programa é executado com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social e de Combate à Fome.

Após a etapa de captação, o leite será entregue nas Escolas Núcleo, que serão responsáveis pelo acondicionamento e distribuição para as Escolas Vinculadas de cada município. Estas deverão transportar o leite, semanalmente, seguindo o calendário de entregas.

“Este convênio é mais uma oportunidade de complementação do cardápio e estímulo ao consumo de leite pelos jovens. Além disso, no período de férias escolares, os alunos mais carentes das escolas beneficiadas poderão continuar recebendo o leite para consumir em casa”, destaca a coordenadora da Codea – Gestão Escolar, Maria Elizabete de Araújo.

De acordo com Elizabete, atualmente a Seduc vem realizando a capacitação de todas as escolas para gerenciar o atendimento e a distribuição. O objetivo, segundo ela, é que o programa seja ampliado à medida que novos municípios garantam a produção de leite.

Sobre o Pnae

O Pnae tem princípios e diretrizes determinadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE/MEC para garantir o oferecimento de uma alimentação escolar saudável e adequada. Seu objetivo é contribuir para o crescimento e o desenvolvimento biopsicossocial, a aprendizagem, o rendimento escolar e a formação de práticas alimentares saudáveis.

A Secretaria da Educação (Seduc) adotou o modelo de gestão escolarizada que fortalece a autonomia escolar e favorece a participação da comunidade. A equipe de nutricionistas do PNAE/CE elabora sugestões de cardápios de acordo com as diretrizes estabelecidas pelo FNDE. Cada unidade escolar adequa essas sugestões conforme a preferência alimentar do aluno, sem, contudo, oferecer alimentos e preparações inadequados do ponto de vista da segurança alimentar e nutricional.

Essa mesma equipe acompanha as escolas, orientando os manipuladores e elaborando documentos (por exemplo, Manual de Boas Práticas e POP – Procedimentos Operacionais Padronizados) para fortalecer a execução desse programa nas escolas. A Seduc tem realizado também a formação dos manipuladores de alimentos e de representantes da gestão escolar como forma de reforçar as ações de segurança alimentar e nutricional.

Em 2016, o Governo do Ceará adotou o modelo de aquisição de gêneros alimentícios para as escolas, observando as calorias indicadas para os jovens atendidos na rede estadual. A aquisição e a distribuição de feijão, arroz, macarrão, massa de milho e açúcar acontece durante o ano letivo, para todas as escolas estaduais, além dos recursos já garantidos para a alimentação escolar.

23.11.2016

Assessoria de Comunicação da Seduc
imprensa@seduc.ce.gov.br
(85) 3101.3972

Expediente imprensa 23nov 2016-01