Ceará lança plano de controle da dengue, chikungunya e zika

29 de novembro de 2016

Nesta quarta-feira (30), a Secretaria da Saúde do Estado realizará o Encontro Estadual de Lançamento do Plano de Vigilância e Controle das Arboviroses (dengue, chikungunya e zika). O encontro, que terá a participação de gestores e profissionais de saúde, ocorrerá das 8h30 às 12 horas, no Hotel Plaza Praia Suítes, Rua Barão de Aracati, 94, Praia de Iracema. Serão apresentadas as ações programadas pela Sesa para o combate ao Aedes aegypti e o controle das doenças transmitidas pelo mosquito, concluindo com apresentação do Comitê Estadual de Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika.

Este ano, 111 dos 184 municípios cearenses concluíram em novembro o terceiro Levantamento Rápido de Índice para Aedes aegypti (LIRAa), que identificou 10,81% (12) dos municípios com alta infestação, 32 municípios (28,83%) em situação de média infestação e 67 (60,36%) com índice de infestação satisfatório. Com a aproximação da quadra chuvosa, é importante a população ficar em alerta sobre os cuidados no combate aos focos do mosquito Aedes aegypti, especialmente ao armazenar água em cisternas, tambores e tanques. Esses depósitos de água localizados ao nível do solo foram os que registraram mais focos do mosquito (60,62%), seguidos pelos depósitos móveis, com 11,73% (vasos ou pratos de plantas, bebedouros de animais etc.).

Os municípios são responsáveis pelo planejamento e pelas ações de combate ao mosquito, como por exemplo, as visitas de casa em casa, feita pelos agentes de endemias, e a pulverização de inseticidas. Mas cada cidadão também é corresponsável e precisa fazer vistorias periódicas em seus imóveis para evitar focos do mosquito, como evitar que água de chuva se acumule sobre a laje e calhas, guardar garrafas sempre de cabeça para baixo, encher até a borda os pratinhos dos vasos de planta e eliminar adequadamente o lixo que possa acumular água, como pneus velhos, latas, recipientes plásticos, tampas de garrafas e copos descartáveis.

Conforme planilha da atualização semanal de doenças de notificação compulsórias, referente à semana epidemiológica 46, este ano o Ceará tem 35.389 casos confirmados de dengue, com 25 óbitos; 27.790 casos confirmados de chikungunya, com 14 óbitos, e 1.947 casos de zika, 103 deles em gestantes.

29.11.2016

Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel  (85) 3101.5221 / 3101.5220
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara